Volta a Portugal 2014

Bruso

Well-Known Member
Repararam que a OFM colocou as máquinas com os ciclistas mais atrasados. Parece que não faziam muita questão que tivesse exposição...w52 deve ter pago pouco.

Gustavo Veloso estava fantástico. Vamos lá ver se alguma equipa de top vem buscá-lo. Merece!!
 

Carolina

Well-Known Member
o marque deve voltar para a OFM não? foi ilibado e tem estado no carro deles nas últimas etapas.

não consegui ver nada da volta, mas amanhã vou à av. da liberdade ver o final. espero que seja tão bom como no ano passado.
 
A Ofm com os problemas que tem tido esta época, dificilmente continuará para 2015. A não ser que apareça um sponsor importante. Carlos Pereira parece que está de saída da Efapel, e pelo que se consta para a nova equipa do FC Porto.
 

Carolina

Well-Known Member
são eles que têm os ordenados em atraso?

no outro dia o correio da manhã trazia um artigo sobre o possível envolvimento do sporting e do porto no ciclismo nacional. infelizmente, o único interesse dos 2 clubes é darem o nome à equipa. os acordos que estão a ser estudados não vão ter dinheiro envolvido. será uma coisa do género "nós damos o nome e a equipa ganha notoriedade".
 

sickflick

Well-Known Member
Vou andar pelo Marques pelas 16.30

Grande Rui Sousa

Retirado do Record
O ciclista da Rádio Popular reconhece que não entrou “bem” na Volta, lamentando, no entanto, não terem existido mais “etapas seletivas como a da Torre”. E fez uma revelação. “Três semanas antes de a Volta começar, na serra da Estrela, sofri uma queda. Passei uma tarde no hospital com dores nas costelas. Treinei consoante as minhas possibilidade e demonstrei, aos 38 anos, que não existe idade para sonhar.”
 
Quanto à questão da Carolina sobre o Porto e o Sporting no ciclismo sei responder a isso.
O Porto estava previsto alinhar com a OFM já nesta VaP. Como se fosse um teste para entrar no ciclismo no futuro. O problema é que o porto desistiu da ideia devido aos problemas financeiros da OFM, ou melhor, devido ao sr. José Barros que não pagava aos corredores para ficar com o dinheiro.
Quanto ao Sporting, à muito que se diz que pode fazer uma parceria com a LA, deixando a Antarte de parte, ficando a equipa de Miguel Rocha como LA-Sporting ou Sporting-LA.
Desde o problema da OFM, que não tenho sabido mais nada acerca do envolvimento do Porto no ciclismo. Espero mesmo que o Porto entre para puxar outros clubes também de volta para a modalidade. E espero que quando entrarem metam algum dinheiro (isto é mais um sonho do que realidade).

Não sei se já foi dito aqui mas a Efapel com um bocadinho de mais esforço e se calhar se se unisse a outra equipa/ outro patrocinador com mais dinheiro conseguia à vontade criar uma equipa Pro Continental. Eles antes de chegarem à volta a Portugal conseguiram obter 500 e poucos mil euros só em vendas de equipamentos e assim. Por isso acredito que um patrocinador de nome nacional e que metesse mais meio-milhão que seja, aposto que conseguiam pelo menos tentar correr a Vuelta sendo Pro-continentais
 
A entrada dos clubes no ciclismo pode ser muito positiva.

Investimento, visibilidade, notoriedade, financiamento.

Mas por outro lado pode significar algo péssimo, se eventualmente se transportar a rivalidade que existe em modalidades como o futebol, basquetebol, andebol ou hóquei para as estradas.
 
Não sei se já foi dito aqui mas a Efapel com um bocadinho de mais esforço e se calhar se se unisse a outra equipa/ outro patrocinador com mais dinheiro conseguia à vontade criar uma equipa Pro Continental. Eles antes de chegarem à volta a Portugal conseguiram obter 500 e poucos mil euros só em vendas de equipamentos e assim. Por isso acredito que um patrocinador de nome nacional e que metesse mais meio-milhão que seja, aposto que conseguiam pelo menos tentar correr a Vuelta sendo Pro-continentais
500 mil euros em equipamentos só da Efapel não acredito...era doce
Pro Continental? Não fizeram nada na Volta quanto mais...
 

Carolina

Well-Known Member
A entrada dos clubes no ciclismo pode ser muito positiva.

Investimento, visibilidade, notoriedade, financiamento.

Mas por outro lado pode significar algo péssimo, se eventualmente se transportar a rivalidade que existe em modalidades como o futebol, basquetebol, andebol ou hóquei para as estradas.
o problema é que os clubes não querem meter dinheiro. só estão interessados em dar o nome, o que é ridículo...

o fã normal de ciclismo gosta de ciclistas em particular e não de equipas, portanto acho que o problema da rivalidade não vai existir. além disso o ciclismo não é uma competição num recinto fechado, o que dificulta potenciais "batalhas" de claques.

se as equipas tentassem mostrar os ganhos de patrocinar uma equipa em termos publicitários a uma empresa grande (sonae, jerónimo martins, etc) provavelmente até conseguiriam alguma coisa. tenho a sensação que as equipas esperam que os patrocínios venham até eles, quando devia ser a equipa a procurar os patrocinadores.
 

pratoni

Well-Known Member
Carolina penso que não é bem assim.

Se os clubes entrarem ao barulho a maioria dos adeptos nem vai ligar se é o ciclista A ou B, o que interessa é que ganhe o clube dele.

Ainda me lembro do 1° regresso do Benfica ao ciclismo e vi muita gente a torcer pelo ciclista do Benfica em detrimento do Gamito só porque era do Benfica e nem interessava que era espanhol...

Lembro-me de muitos comentários "ah até gosto do Gamito mas o outro é do Benfica..."

Quanto aos patrocínios duvido que eles não andem a tentar as empresas grandes mas essa já estão muito formatadas para TVs e afins...