Volta a Portugal 2014

O que eu percebi que o Carlos Pereira disse é que não precisava de ganhar nada para ter os patrocínios assegurados .Que vendia 800 equipamentos da equipa na volta .

O projeto é composto por várias empresas . Aqui :http://www.fullracing.pt/

A Fullwear ,FW, é a fábrica dos equipamentos faz os deles e personaliza o que nós quisermos .Preço qualidade muito bons.Este ano o jersey e calções 85 e o ano passado era 95 com meias e manguitos.
A Fullracing é a gestora da equipa e da loja na Lourosa .Tens equipamentos com vários mod ,bicicletas ,acessórios ,etc ,tudo para ciclismo.
A Fullsport organiza eventos .
Se medido o tempo nos média verificamos que a Efapel /Glassdrive tem um tempo de antena muito superior a qualquer outra equipa.
de 800 para 5000 ainda faltam 4200! e claro que a empresa dos equipamentos vende durante o ano todo esse valor mas para várias equipas...até os da minha equipa foram feitos lá...
e sim eles têm a melhor estrutura da Volta mas deportivamente tanto este ano como o ano passado deixaram muito a desejar...
 
É o estilo do Carlos Pereira .Quer ver aquilo sempre a mexer e por vezes deviam ficar quietos mas não .Mas é isso que motiva os patrocinadores .O ano passado no final falaram mais da Efapel porque não ganhou a volta tendo a melhor equipa do que da OFM.E este ano a OFM quase não arrancava por falta de dinheiro e não sabe se vai continuar apesar de ganhar.Para mim este ano a OFM tinha a melhor equipa e quando disse isto ao Nuno Ribeiro na volta por terras de Santa Maria ele sorriu e disse que não mas aí temos os resultados. Eu sou fã da Efapel .
 
Exatamente

No que respeita á EFAPEL, tenho um amigo que fez uma encomenda á FW e já lá vai quase 1 ano das pré encomendas e até ao momento nada, como estão cheios de €€ nos bolsos, nem se preocupam em ganhar mais algum e ter um bocado mais de consideração pelos clientes mas isto sou eu a falar.. este ano estavam a 39€ mas a categoria da camisola é superior ao ano passado.

O Banco BIC, ao qual faz a "patroa" se trata da sr.ª Isabel dos Santos, Angolana, com um vasto património, uma sr.ª com classe e bastante bonita até (...)
O ano passado na Volta em que terminava na Sr.ª da Graça, estavam a vender os equipamentos, apenas os jerseys a 55€, quem os fabricava o ano 2013 era a Pacto na mesma :) acho um valor exagerado
 
Este ano pela primeira vez vi um final de etapa da volta.
Fui ontem ao Marquês ver o espectáculo da volta e queria aproveitar para adquirir um equipamento, que faz sempre falta, para as minhas voltas.

Equipamentos à venda, apenas vi da RP-Onda-Boavista, Efapel (já só tinham calções), LA Antarte e Banco BIC.

Tirando os da Onda, eram todos caríssimos, sempre pensei que os preços fossem mais baixos, e tendo os preços mais baixos a Onda tinha equipamentos que me pareceram não ter uma boa qualidade.

O que vi foi um artista a roubar equipamentos do Camião do Banco BIC, espero que o tenham apanhado, pelo menos atrás dele foram.
 
Já que falamos na Efapel/GlassDrive na minha opinião eles têm 2 atletas com enorme potencial: o Joni Brandão e o Rafael Silva (eu se fosse Director Desportivo de uma equipa World Tour ia busca-los)
 
Pesquisei mas não encontrei nada acerca da ausência do Edu Prades da Volta a Portugal.
Alguém sabe porque não participou?
O Prades teve problemas na altura com o José Barros, que afirmava que o espanhol não estava em forma para correr a volta a Portugal e assim. Isso é um pouco verdade, até porque ele não recebia salários e deve ter propostas do estrangeiro.
E o Prades é só o melhor ciclista a correr cá em Portugal.
 
O Prades já estava transferido antes de começar a Volta e pouco motivado para participar. E basta olhar aos nove que correram para verificar que alguém pouco motivado não tinha ali lugar. Mesmo chamando-se Edu Prades.