Volta a Portugal 2014

MFMS

New Member
#1


Já são conhecidas as etapas

30 de julho – Prólogo C/RI em Fafe.

31 – 1ª etapa – Lousada – Maia

1 agosto – 2ª etapa - Gondomar – Braga

2 – 3ª etapa – Viana – Montalegre

3 – 4ª etapa – Boticas – Senhora da Graça

4 – 5ª etapa – Alvarenga – Assunção

5 -6ª etapa - Oliveira do Bairro – Viseu

6 . Descanso em Viseu – Etapa da Volta

7 – 7ª etapa – Belmonte – Torre

8 – 8ª etapa – Sabugal – Castelo Branco

9 – 9ª etapa – Oleiros – Sertã – C/RI

10 – 10ª etapa – Burinhosa – Lisboa

De uma forma genérica, os sprinters terão a sua oportunidade na chegada a Maia, Viseu, Castelo Branco e Lisboa, enquanto os trepadores terão a fatia de leão, com chegadas em alto em Montalegre, Senhora da Graça, Assunção, Torre, ficando no meio, pendendo a forma com que a etapa for atacada, a chegada a Braga, antecedida pela subida do Bom Jesus.

Um C/RI duro, a disputar no penultimo dia e a chegada triunfal a Lisboa, enquanto Viseu ficou a beneficiar com o dia de descanso, local da tradicional etapa da Volta para aficionados.

Os dias de descanso serão poucos, pois a fisionomia do percurso deverá proporcionar intensos espetáculos televisivos, devendo prender de forma permanente a atenção do público. O figurino do percurso parece bom, mas o conteúdo é que irá decidir se as etapas serão ou não competitivas. Na verdade, se forem etapas sem dificuldades e com apenas algumas chegadas em montanha,o espetáculo sairá defraudado, pois é reconhecido por todos que, sem dificuldades pelo meio, chegadas de etapa como a Senhora da Graça e a Serra da Assunção permitem chegadas sem grandes diferenças de tempo.

Disputada apenas em 11 dias e 10 etapas, as possibilidades de expressão das várias especialidades dos ciclistas parecem estar equilibradas: 4 etapas para sprinters, 4 etapas com chegada em alto, que poderá não significar etapas para trepadores, dois C/R e uma etapa de transição ( Braga).

In: Jornal Ciclismo
 

Carolina

Well-Known Member
#6
acaba em lisboa. maravilha!

o ano passado o TTT nos restauradores foi muito fixe. este ano tenho de ir lá espreitar outra vez.
 
#10
Acho triste a volta ser feita do centro para cima! Tanto no Alentejo como no Algarve havia sitios porreiros para se fazer etapas.

Quanto a volta a portugal, este ano vou tentar ir ver a etapa na serra da estrela.
 

Bruso

Well-Known Member
#11
Acho triste a volta ser feita do centro para cima! Tanto no Alentejo como no Algarve havia sitios porreiros para se fazer etapas.

Quanto a volta a portugal, este ano vou tentar ir ver a etapa na serra da estrela.
Já agora fazerem uma etapa na Madeira também ;)

Todos os anos é a mesma história...a Volta a Portugal vai para onde as Câmaras e o turismo os quer...O ALgarve como já tem a volta ao Algarve acha desnecessário gastar dinheiro com a Volta a Portugal...

O Tour também não passa em todo o país, a Volta à Suiça igual...e todas as outras provas!!
 

Carolina

Well-Known Member
#14
sim, mas podiam incluir o pais todo.

nas 3 voltas de 2 semanas já aconteceu começar noutros países. por cá podíamos fazer algo parecido: as primeiras 3 etapas nos açores ou na madeira e depois vinham para o continente.
 
#15
Carolina, tens sido tão concisa e assertiva em todos os teus comentários, que até me espanta, colocares os teus sonhos à frente da realidade. E ja não falo da realidade financeira, falo também da realidade desportiva.
Fazer ligações grandes no continente ja "Desgasta" enormemente os ciclistas, quanto mais das ilhas adjacentes.
 
#16
Sítios há muitos o problema é haver quem queira pagar.O ciclismo profissional cada vez está pior.Não há provas e com o preço do policiamento ainda vai haver menos(aspoucas são quase todas no norte).Os média parece que não sabem que existe ciclismo apesar de cada vez haver mais praticantes.
No ultimo fim de semana nunca vi qualquer referência á taça de Portugal com 2 provas em Oliveira de Azeméis e no próximo mais 2 em Albergaria.Quero ir ver e não consigo saber os itinerários nem as horas. Como pode haver espectadores ?

Nem no site da FPC consegui saber os percursos.
 
#17
Bruso, ora diz lá se melhor que uma etapa na Madeira, o que merecia ser devidamente explorado e com grande potencial internacional não seria uma Volta à Macaronésia. Tens que convencer o Alberto João porque, tal como dizes, o que conta é o dinheiro do turismo e das Camâras
 

Bruso

Well-Known Member
#18
Estou com o Armando... não há a minima hipotese da VOlta a Portugal vir para território insular.

Se houvesse interesse por parte das ilhas em receber a volta a Portugal tinham de começar por investir numa boa prova na região. A volta à Madeira (a ultima edição teve o nome Grande Premio da Madeira) e teve apenas 3 etapas participando apenas atletas da região. Este ano foram duas equipas da Madeira participar na volta ao Açores já este mês. Até foi um madeirense que ganhou. Mas também nesta não veio nenhuma equipa do continente...equipas profissionais!! Acho que é uma coisa a melhorar!!
 

Bruso

Well-Known Member
#19
Sítios há muitos o problema é haver quem queira pagar.O ciclismo profissional cada vez está pior.Não há provas e com o preço do policiamento ainda vai haver menos(aspoucas são quase todas no norte).Os média parece que não sabem que existe ciclismo apesar de cada vez haver mais praticantes.
No ultimo fim de semana nunca vi qualquer referência á taça de Portugal com 2 provas em Oliveira de Azeméis e no próximo mais 2 em Albergaria.Quero ir ver e não consigo saber os itinerários nem as horas. Como pode haver espectadores ?

Nem no site da FPC consegui saber os percursos.
Como tu próprio admites as próprias organizações deixam muito a desejar. Como se pode exigir que pessoas não afetas ao ciclismo divulguem a modalidade se dentro do ciclismo trabalha-se mal na sua divulgação?? A evolução vem sempre de dentro para fora e não o contrário!!!

Bruso, ora diz lá se melhor que uma etapa na Madeira, o que merecia ser devidamente explorado e com grande potencial internacional não seria uma Volta à Macaronésia. Tens que convencer o Alberto João porque, tal como dizes, o que conta é o dinheiro do turismo e das Camâras
O Alberto está mais preocupado com a festa do PSD no Chão da Lagoa e as férias no Porto Santo!!

Mas olha que uma volta á Macorronésia incluia muitas deslocações: Madeira, Açores, Canárias e Cabo Verde certo?
 

Carolina

Well-Known Member
#20
Carolina, tens sido tão concisa e assertiva em todos os teus comentários, que até me espanta, colocares os teus sonhos à frente da realidade. E ja não falo da realidade financeira, falo também da realidade desportiva.
Fazer ligações grandes no continente ja "Desgasta" enormemente os ciclistas, quanto mais das ilhas adjacentes.
ok, se calhar estava a pedir demais :p