Treino de pré época

Bruso

Well-Known Member
#1
Hoje li este artigo interessante na Velonews e achei por bem criar um tópico sobre treino de pré-epoca. Eu não faço ciclismo de competição mas considero interessante esta matéria e acho que seria útil para discutirmos as várias abordagens que são feitas.

Put another way, the best thing we can do in November is prepare our bodies for the real training that begins in January. And much of preparing the body for a successful season happens off the bike.
Read more at http://velonews.competitor.com/2014...le-make-gym-friend_353358#u4rqt52d56LYbxaQ.99
 
#2
Boa ideia como tu partilho dessa mesma opinião nao faço pre épocas nem nada que se pareça a minha época e o ano inteiro ando de fininha por prazer mas gosto de fazer um mês sem bike com ginásio e corrida só para desanuviar um pouco e depois começar o Novembro e Dezembro com treinos de cadencia e prato grande nem velo mas isso e para mim super amador que só adora andar de bicicleta e desfrutar dos locais por onde anda.
 

Carolina

Well-Known Member
#3
no outro dia li um texto interessante onde referiam um estudo em que comparavam dois grupos de ciclistas: uns só faziam ginásio na pré-época e os outros faziam na pré-época e durante a época. o segundo grupo apresentou melhores resultados em todos os testes, mesmo ao longo da época!

não encontro agora o texto exacto que li, mas este diz basicamente o mesmo e até está mais completo: http://breakingmuscle.com/cycling/why-serious-cyclists-should-consider-strength-training

no trainig peaks têm um plano de treino para o ano todo: http://home.trainingpeaks.com/blog/article/year-round-strength-training-for-cyclists
 
#5
Pa os pesos ajudam mas nem todos conseguem mentalizar-se disso. Uns ou têm medo de ganhar peso outros de ficarem cansados, desculpas nao faltam. Mas ainda bem que assim é porque assim ha gente que pode tirar grande proveito disso.
Este rapaz por exemplo passa a vida a fazer os outros parecerem amadores. Porque será? :cool:



 
#8
Isso é uma pré-época.
Nao sei eu faço assim e como nao sou nem sequer amador sou dou umas voltas de vez em quando ,faço assim e assim é que me sinto bem vou pondo horas em cima da fininha e rotação nas pernas para depois fazer outras coisas mais especificas como series etcetce
 
#9
Eu tenho estado a ler um livro que o Morg me recomendou: "The Cyclist's Training Bible" do Joel Friel, onde são abordados de forma bastante aprofundada várias vertentes do treino. Eu nunca segui um plano de treinos (também só ando há pouco mais de um ano) decidi fazê-lo no final de Agosto, início de Setembro deste ano. Escolhi objectivos que me pareciam relevantes e atingíveis e elaborei um plano de treinos. Os objectivos escolhi-os para o final do ano, o que é bastante curto, mas para a experiência serve bem.

Quando criei o plano, não tinha lido ainda o livro todo, apenas algumas partes, pelo que o plano tem vários erros mas esses erros também servem para aprender. Falando de pré-época, a minha pré-época (tendo em conta o pouco tempo) foi de um mês apenas e limitei-me a rolar sem grande esforço, contudo isso é apenas uma parte do treino, quando comecei a pôr mais intensidade senti que de alguma forma tinha perdido força por ter estado um mês inteiro sem fazer grande força nos pedais, ou seja senti falta de treino de ginásio que ajudaria não só a manter a força como a aumentá-la. E sim, também sou da opinião que se deve continuar a fazer pesos ao longo do ano, embora com menos frequência, apenas numa lógica de manutenção de força.

Outra coisa que não acho muita graça é a ginásios, acho preferível treinar em casa. Estive a ver e com pouco mais de 200 euros compro tudo o que preciso para fazer um treino de força adequado em casa, valor que iria gastar em 5 meses num ginásio em mensalidades (acho eu). Deixo aí os links dos artigos que ando a "namorar" para o efeito, talvez venham para cá morar no início do ano, quando acabar esta minha mini-época de inverno, para iniciar uma época a sério:
http://www.decathlon.pt/halteres-50kg-conjunto-id_8194065.html

http://www.decathlon.pt/banco-de-musculacao-bm210-id_8193221.html
 

Carolina

Well-Known Member
#10
há muita gente que treina em casa, no entanto eu prefiro sempre a opção de ir para um ginásio por dois motivos:
- material de qualidade e adequado para fazer todos os exercícios
- instrutor que te sabe corrigir se tiveres a fazer alguma coisa mal

claro que depois há o problema de muitos ginásios não cumprirem nenhum dos pontos que referi acima lol. por exemplo, se quiseres fazer agachamento, deves usar uma técnica como a que o sagan está a usar nas fotos, porque com a barra às costas é perigoso se estiveres sozinho a treinar em casa.
depois vem a parte da técnica: é importante treinares em frente a um espelho ou então convém gravares-te durante algumas repetições e depois corriges. os exercícios mais importantes para nós (agachamento, lunges, etc) são dos mais fáceis de errar e que a maioria das pessoas faz mal. (também são dos mais fáceis para te lesionares se começares a acrescentar peso sem ter a técnica bem).

sinceramente, para começares nem precisas de halteres, podes fazer calisténicos. no link que eu meti do training peaks tem um plano de treino simples e é tudo sem pesos se não estou em erro.
 
#12
tens toda a razao o que muita gente utiliza e eu tambem gosto muito de fazer e com o trx treino em suspensão utilizas o teu proprio corpo para fazeres o teus treino e olha k e bem fixe depois de teres a tecnica
 

Carolina

Well-Known Member
#13
o trx também é uma excelente alternativa. no decathlon também encontras à venda, sai-te mais barato e dá para fazeres mais coisas. com o conjunto de halteres e o banco não dá para fazeres quase nada para as costas por exemplo.

só tens de ter em atenção a regulação do tamanho das fitas e a técnica, como disse o PRocha.
 
#16
Posso adiantar do que já conheço pelo que o meu treinador da ADRAP me adiantou que treinos de bike no duro é muito cedo, os conselhos e o que devemos fazer agora são:
-Corridas ou caminhadas de modo a melhorar o cardio;
-Treinos de bicicleta sempre abaixo das 160pulsações ou menos até;
-Natação de modo a trabalhar na mesma os músculos;
-Trabalho de ginásio;
-Exercícios básicos como agachamentos, flexões e tudo mais são importantes;
 
#17
Boas,

Este tópico está adormecido a quase um ano, contudo gostaria de dar alguns conselhos a quem interesse.

O trabalho de força é importante para qualquer desportista ao longo de toda a época, agora tem que adaptar o tipo de treino de força às necessidades. Pessoalmente utilizo o TRX, freeletics e faço os meus circuitos personalizados, Já não faço exercícios de força propriamente ditos (utilização de 70 à 100% do peso máximo em poucas repetições 1 à 8) pois já estou praticamente nos 50 e após mais de 40 anos de desporto, chegou a hora de descansar um pouco. Contudo nunca deixo de fazer este tipo de trabalho, pelo menos 2 vezes por semana, estes nunca vão além dos 40 minutos, muitos nem passam dos 20 minutos, mas acreditem que vale muito a pena independentemente da modalidade.

Um reparo em relação ao exercício que o Sagan está a realizar (peso morto ou deadlift, como lhe queiram chamar), este é um exercício base nos anéis das musculação e gostaria de salientar que apesar de parecer que apenas as pernas são solicitadas, para quem já realizou este exercício sabe que todas as costas, ombros e braços são mobilizadas e não é por acaso que um sprinter está a fazê-lo, mas aconselho a dominar primeiro a técnica e só depois carregar se se pretender um trabalho de potência ou pouco peso e altas repetições de for mais para a resistência.

Para a maioria do pessoal aqui que apenas anda para se divertir. 2 treinos de TRX, freeletics ou HIIT e umas voltas de bicicleta (pelo menos duas por semana) e andámos bem o ano todo.

Um abraço,

A. Duarte
 

DMA

Well-Known Member
#18
Sim, o exercício "peso morto" exige uma postura impec, principalmente quando começamos a subir nas cargas.
Mas fortalece muito a lombar, é um must em termos de treino com pesos (para mim).
 

DMA

Well-Known Member
#20
Mas porque? Não vês valor em treinar lombares?
Por exemplo no BTT, ponho as minhas mãos no fogo, que muita malta que sofre com dores nas costas melhoraria, e muito, em aumentar a força lombar e abdominal.