Provas/Granfondos Amadoras Estrada 2020

cou7inho

Well-Known Member
#81
Provavelmente o destino de muitas provas este ano vai ser igual a este

Esta é uma comunicação que não desejaríamos fazer, nós, o Presidente da Câmara de Cinfães, Armando Mourisco e a Bikeservice, decidimos adiar o evento Montemuro Granfondo 2020 para 11 de Abril de 2021
 

gfrmartins

Well-Known Member
#83
Pena que algumas organizações andem a arranjar subterfúgios para que não permitam pedir o reembolso de inscrições pagas.

Mas são acções que ficam com quem as faz, receber o dinheiro é fácil, permitir que se peça a devolução do dinheiro pago quando os eventos são adiados ou cancelados é que não me parece correcto, nem todos podem/querem ir nas novas datas.
 

NULL

Moderador
Staff member
#84
Pena que algumas organizações andem a arranjar subterfúgios para que não permitam pedir o reembolso de inscrições pagas.

Mas são acções que ficam com quem as faz, receber o dinheiro é fácil, permitir que se peça a devolução do dinheiro pago quando os eventos são adiados ou cancelados é que não me parece correcto, nem todos podem/querem ir nas novas datas.
Eu percebo isso mas a solução que sugeres poderá significar a insolvência de grande parte das empresas organizadoras de eventos de ciclismo.
 

gfrmartins

Well-Known Member
#85
Eu percebo isso mas a solução que sugeres poderá significar a insolvência de grande parte das empresas organizadoras de eventos de ciclismo.
Não me convence sinceramente.

Deveriam permitir essa opção a quem assim o desejava.

Mas ficam as ações, ficam com este não ficam com mais nenhum meu
 

NULL

Moderador
Staff member
#86
Não me convence sinceramente.

Deveriam permitir essa opção a quem assim o desejava.
Eu como cliente também acho!

Mas também me sei colocar do outro lado, sei o que é a responsabilidade de ter uma empresa aberta com despesas fixas, salários de pessoal, impostos, material que passa de prazo, seguros, viaturas, manutenções, combustíveis, etc.

Os GF são de Abril a Outubro mas a Outubro do ano anterior já se trabalha a preparar os de Abril do próximo ano. Há recursos humanos dessas empresas que têm contrato o ano todo.

Como já disse por aqui, eu não queria estar na situação deles.
 

gfrmartins

Well-Known Member
#87
Eu como cliente também acho!

Mas também me sei colocar do outro lado, sei o que é a responsabilidade de ter uma empresa aberta com despesas fixas, salários de pessoal, impostos, material que passa de prazo, seguros, viaturas, manutenções, combustíveis, etc.

Os GF são de Abril a Outubro mas a Outubro do ano anterior já se trabalha a preparar os de Abril do próximo ano. Há recursos humanos dessas empresas que têm contrato o ano todo.

Como já disse por aqui, eu não queria estar na situação deles.
Sim eu sei, mas também sei que o dinheiro das inscrições foi todo recebido e que grande parte dos custos como Seguros, policiamento, abastecimentos, licenciamentos etc não foram pagos, e mesmo que permitissem a devolução uma percentagem dos atletas pagos até nem queriam e continuam com a inscrição para o evento no ano a seguir, ou um voucher para outra prova agora não permitirem sequer a opção da devolução não concordo.

Dificuldades estão todos a passar e vão passar, mas essas acções ficam e a maneira como tratam os seus "clientes".

E andarem com este tipo de resposta:

"Ao abrigo do Art. 48º, o evento foi cancelado, tendo sido definida uma nova data para o mesmo. Utiliza-se o termo “adiado” apenas para efeitos de comunicação." apenas por causa do que estava no regulamento.

Para mim é pena que o de Torres Vedras é aqui na zona, concelho vizinho, passava por aqui, era o primeiro por estas bandas mas assim é para esquecer, para mim claro, é apenas a minha opinião
 

NULL

Moderador
Staff member
#88
Sim eu sei, mas também sei que o dinheiro das inscrições foi todo recebido e que grande parte dos custos como Seguros, policiamento, abastecimentos, licenciamentos etc não foram pagos, e mesmo que permitissem a devolução uma percentagem dos atletas pagos até nem queriam e continuam com a inscrição para o evento no ano a seguir, ou um voucher para outra prova agora não permitirem sequer a opção da devolução não concordo.

Dificuldades estão todos a passar e vão passar, mas essas acções ficam e a maneira como tratam os seus "clientes".

E andarem com este tipo de resposta:

"Ao abrigo do Art. 48º, o evento foi cancelado, tendo sido definida uma nova data para o mesmo. Utiliza-se o termo “adiado” apenas para efeitos de comunicação." apenas por causa do que estava no regulamento.

Para mim é pena que o de Torres Vedras é aqui na zona, concelho vizinho, passava por aqui, era o primeiro por estas bandas mas assim é para esquecer, para mim claro, é apenas a minha opinião
Possivelmente um meio termo seria a solução mais justa. Devolver uma parte da inscrição e ficar com outra para despesas assumidas. Não sei...
 

gfrmartins

Well-Known Member
#89
Possivelmente um meio termo seria a solução mais justa. Devolver uma parte da inscrição e ficar com outra para despesas assumidas. Não sei...
Mas depois iam vender a minha inscrição outra vez?

É que ao permitirem a opção da devolução a quem quiser podiam vender essas inscrições na mesma depois, ou seja não é necessariamente dinheiro perdido.

Nem permitir essa opção a quem precisa, a quem não poderá usufruir, quem não quiser e preferir ficar com o dinheiro e passar o "risco" ou o "custo" todo para os atletas que pagaram é que me parece muito mal
 
#90
O que está a ser feito com as agências de viagens parece-me correcto e podia bem ser adaptado para os eventos desportivas que são adiados para uma nova data:

1 - As inscrição são automaticamente transferidas para a nova data.
2 - Se o participante não quiser participar na nova data, tem até x tempo antes do evento para pedir um voucher, que pode usar para inscrições noutros eventos da mesma empresa até final de 2021.
3 - Se não usar o voucher, o valor é devolvido em Janeiro de 2022.
4 - Em casos comprovados de desemprego ou grande perda de rendimentos devido à Covid, o dinheiro deverá ser devolvido de imediato.

Assim as empresas não ficam descapitalizadas e o participante, se não poder participar no evento ou noutro da mesma empresa, acaba sempre por receber o valor de volta.
 

s0me0ne

Active Member
#91
Pena que algumas organizações andem a arranjar subterfúgios para que não permitam pedir o reembolso de inscrições pagas.

Mas são acções que ficam com quem as faz, receber o dinheiro é fácil, permitir que se peça a devolução do dinheiro pago quando os eventos são adiados ou cancelados é que não me parece correcto, nem todos podem/querem ir nas novas datas.
É verdade que para nós "clientes" por vezes é difícil de aceitar, mas eventos existe um regulamento que estamos obrigatoriamente a aceitar onde nos quais na grande maioria consta uma alínea que a organização não é obrigada a devolver o dinheiro das inscrições no caso de cancelamento ou adiamento dos eventos.

Regulamento Douro Granfondo 2020:
Art. 26 - A organização não assumirá qualquer responsabilidade, nomeadamente indemnizar os participantes, caso o passeio (prova aberta) seja adiado ou cancelado por motivos de força maior.
Se não estou em erro o Grandfondo serra da estrela de 2014 foi cancelado/percurso significativamente alterado, no dia anterior ao evento por motivo de mau tempo. São riscos que se correm o efetuar a inscrição, que muitos nem têm ideia disso.
 

gfrmartins

Well-Known Member
#92
É verdade que para nós "clientes" por vezes é difícil de aceitar, mas eventos existe um regulamento que estamos obrigatoriamente a aceitar onde nos quais na grande maioria consta uma alínea que a organização não é obrigada a devolver o dinheiro das inscrições no caso de cancelamento ou adiamento dos eventos.

Regulamento Douro Granfondo 2020:


Se não estou em erro o Grandfondo serra da estrela de 2014 foi cancelado/percurso significativamente alterado, no dia anterior ao evento por motivo de mau tempo. São riscos que se correm o efetuar a inscrição, que muitos nem têm ideia disso.
Pois compreendo mas são as acções e a forma como lidam com isso que ficam.

E quando têm no regulamento se o evento for cancelado pelas diversas razões descritas, mas depois passam o tempo a dizer e a indicar que o evento foi adiado, mas o adiamento nao está previsto no regulamento como não permitindo a devolução.

Ou seja cancelam o evento mas comunicam como adiamento.

Mas não quero estar a encher este topico de mais off topic (que comecei), só acho que devido a toda esta situação e o tempo de antecedencia etc essa opção deveria ser dada.
 

cou7inho

Well-Known Member
#93
No email da Bikeservice são apresentadas estas soluções que na minha opinião são vão ao encontro daquilo que a grande maioria queria.

As inscrições que já se encontravam confirmadas, bem como os respectivos dorsais, transitam automaticamente para o evento de 2021.

Além disso, será possível trocar qualquer inscrição para outro evento por impossibilidade de participação na nova data, 11 de Abril de 2021, ou mesmo, troca de titularidade entre participantes sem custos adicionais.
 

s0me0ne

Active Member
#94
Pois compreendo mas são as acções e a forma como lidam com isso que ficam.

E quando têm no regulamento se o evento for cancelado pelas diversas razões descritas, mas depois passam o tempo a dizer e a indicar que o evento foi adiado, mas o adiamento nao está previsto no regulamento como não permitindo a devolução.

Ou seja cancelam o evento mas comunicam como adiamento.

Mas não quero estar a encher este topico de mais off topic (que comecei), só acho que devido a toda esta situação e o tempo de antecedencia etc essa opção deveria ser dada.
Eu pessoalmente, com a situação atual que vivemos, acho que foi a melhor decisão que tomaram.

Em termos económicos para a empresa, se tivesse de devolver o dinheiro da inscrição a todos, de certeza que a empresa ia à falência. Se pensarmos nos gastos que já tiveram para o evento de 2020 (salários e impostos, publicidade e marketing, e possíveis adiantamentos) que para o ano de 2021 vão voltar a ter e não vão receber muitas mais inscrições.
 
#98
A Organização da Aveiro Spring Classic mandou ontem email também:

Olá Atletas,

Como estão?
Esperamos que esteja tudo bem convosco e com os vossos

Há medida que a data do Aveiro Spring Classic se vai aproximando, começa a aumentar a ansiedade e compreendemos que do Vosso lado aconteça o mesmo, principalmente por não haver ainda um comunicado de realização ou não desta edição.

Gostaríamos de Vos fazer um resumo do ponto de situação atual:
- Temos trabalhado incessantemente à procura de respostas sobre a possibilidade de realização ou não dos eventos desportivos de ciclismo para todos. Reunimos com a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto e com a Secretaria de Estado do Turismo (uma vez que estes eventos são considerados eventos de Turismo Desportivo), de forma a obtermos feedback e diretivas para a realização do evento.
- Temos estado em contacto e articulação com os Município de Aveiro;
- Elaboramos o Protocolo Sanitário para a realização dos eventos;

As entidades acima são unânimes no seguinte feedback:
“Na sequência da terceira fase do processo de desconfinamento, foi readmitida, a partir de 1 de junho de 2020, a prática de atividade física e desportiva em contexto não competitivo de modalidades desportivas individuais, não só ao ar livre mas também em espaços fechados, desde que no cumprimento das orientações definidas pela Direção Geral de Saúde (cfr. Resolução do Conselho de Ministros n.º 40-A/2020, de 29 de maio, em particular o artigo 19.º do regime da situação de calamidade anexo a tal resolução, acessível em: https://dre.pt/application/file/a/134889478). No mesmo sentido, veja-se que foi igualmente readmitida a prática de atividade física e desportiva ao ar livre ou em ginásios e academias, desde que sejam respeitadas as orientações definidas pela Direção Geral de Saúde.

Por outro lado, destacam ainda que, mesmo no que respeita às competições de modalidades desportivas individuais e sem contacto físico, bem como à 1.ª Liga de Futebol Profissional, tais apenas podem ser realizadas ao ar livre, sem público, e desde que respeitem as orientações especificamente definidas pela DGS (cfr. n.º 2 do artigo 19.º do regime da situação de calamidade)."


Assim, após as diretivas das entidades competentes estamos a analisar as possibilidades de implementação de todas as medidas de higiene e segurança e consequente realização do evento.
Reforçamos que o Aveiro Spring Classic apenas será realizado se se conseguir assegurar o cumprimento de todas as orientações especificamente definidas pela DGS.

Gostaríamos de vos pedir a Vossa opinião sobre uma questão que enviamos no seguinte link: https://forms.gle/YPS5sN5PQYC5p2n39
Caso tenham alguma sugestão, enviem-nos por favor, as Vossas opiniões são muito importantes para nós!

Queremos tranquilizar todos os atletas, e dizer-vos que compreendemos e respeitamos quem não se sinta confortável e/ou confiante em participar nesta edição, pelo que caso o evento se realize este ano, os atletas poderão decidir em consciência se querem participar nesta ou na próxima edição.

Tal como começamos o email, sabemos que a data fica cada vez mais próxima pelo que até à próxima semana, será enviado comunicado oficial sobre o Aveiro Spring Classic.

Agradecemos muito a Vossa compreensão e qualquer questão que surja, temos todo o gosto em ajudar.
 

jlr

Well-Known Member
#99
Acho que o resto das organizações vão seguir. Já ontem a Aveiro Spring Classic mandou mail a perguntar se preferimos o evento em Outubro ou só em 2021.
E já vi que o Cabreira anda a testar viseiras que se colocam no capecete, mas isso parece-me uma solução muito pobre.