Uma foto da tua volta

pedrodbo

Well-Known Member


Parte do treino de ontem, num dos equipamentos de cardio que mais gosto, Concept 2 Bike erg. Para quem nunca experimentou e se andarem nalgum ginásio onde tenham experimentem...acho que é dos melhores a replicar o andar numa bicicleta em estrada.

P.s Não sei quão preciso é este medidor de potência mas um dos sprints que fiz ele contou 900 e poucos watts por isso duvidei um bocado daquilo ahaha :p:eek:
 

pratoni

Well-Known Member


Entrada a pes juntos nos 46 anos com mais uma valente dor de dentes... ainda assim com brufeno nos buchos fui pedalar...e fui ver as meninas na 3ª prova da taça de portugal femenina! :) tudo grandes maquinas :)
Quando estava quase a chegar a casa elas passaram por mim. Um pelotão jeitoso, nem sabia que era tão grande...:)
 

DaniCarmo

Well-Known Member
Porra que cena do mal :p:eek: parabéns, isso realmente é um feito incrivel. Foste sozinho a pedalar? Foi tudo pela Nacional 1?
Desde já obrigado!

Posso fazer um breve resumo de esta aventura... Tudo começa como qualquer outra aventura em que dois amigos vêm ter contigo e pergunta, "vamos fazer Porto-Lisboa", "vamos lá embora então, quando?"
E a resposta deles é simples... "Para a semana..." :D:D:D


Ou seja isto foi tudo marcado em cima do joelho, foi uma questao de arranjar a rota e marcar o comboio para o regresso!

Então sendo assim lá arrancamos os 3 para esta grande tirada.

A rota que usamos foi basicamente a N109 até quase Leiria, viramos para Monte Real antes de chegar a Leiria, e depois é seguir pela N242 e entrar em Lisboa pela N10.

O dia de sábado em si foi simplesmente perfeito para uma tirada destas, céu nublado com aquela brisa fresca e o vento sempre de costas, só começamos apanhar sol e o tempo mais quente a partir das Caldas da Rainha.
Quanto a paragens fizemos 5, também não tínhamos nada programado para estas paragens... Sendo assim paramos em Aveiro, Figueira da Foz, Marinha Grande (aqui a pausa mais longa para almoco), Caldas da Rainha e a última já quase na entrada de Lisboa!

E basicamente foi isto, e fica provado que não é preciso nada programado ao pormenor para se ter uma boa e longa aventura!

Abraço