Segurança na Marginal Cascais - Lisboa

Carvalhon

Well-Known Member
#21
Ciclovias por cá, é mesmo treta, servem para quem vai em passeio com bikes de cidade/BTT, no fundo é mesmo para cidade, andamento tranquilo. Para o ciclista que vai a fazer Km, que devem ser bem mais de certeza, é impensável... ainda deve ser mais arriscado. Em relação à marginal, e das poucas vezes que lá fui, também fiquei com a ideia que até tem alguma segurança. O facto de ter velocidade controlada, limita a velocidade dos automóveis, e as duas faixas dá espaço mais que suficiente para se afastarem de nós. Até acho que acaba por ser mais seguro que a maior parte das estradas secundárias, apenas com uma faixa para cada lado e sem bermas, onde os condutores até passam mais depressa e mais perto. Tem realmente a grande desvantagem de ter muito movimento.
 

Nuno

Well-Known Member
#24
Depende muito da hora e dia em que se usa, ao sabado e domingo sem ser no Verão é tranquilo andar na marginal e os automobilistas ja estao habituados, por isso ate respeitam e tirando um camelo ó outro deixam a faixa da direita p as bikes.
Durante a semana é mais arriscado, nao costumo andar.
Nos meses de Verao mesmo ao fds a partir das 10.00 também é p esquecer, sobretudo na reta de Carcavelos e nas rotunda pois fica transito compacto e andar no meio das filas é muito perigoso e stressante.
 

Velhadas

Well-Known Member
#25
sinceramente a Marginal era algo que eu fazia por ser o caminho para Sintra. Quando vivia na parede tinha a sorte de sair do trabalho as 17:00 assim que 17:45 o mais tardar ja estava na estrada e fugia a hora de ponta. E no regresso ja estava tudo em casa por isso era tranquilo.
mas se me atrasava 15 minutos a sair do trabalho já ia correr para o paredão
 
#26
@CrazyBiker ao longo dos anos tem havido imensas tentativas junto das câmaras municipais de Oeiras e de Cascais e da Infraestruturas de Portugal para tentar fazer da Avenida Marginal um sítio um pouco mais seguro para quem anda de bicicleta, procurando baixar o limite para 50km/h em toda a extensão ou no mínimo fazer cumprir os vários limites existentes na estrada. Basicamente as câmaras municipais e a IP "chutam" a responsabilidade de uns para os outros mantendo tudo na mesma.
A juntar a isto na zona de Oeiras (que conheço melhor) existe ciclovia partilhada com os peões mas que é proibido circular de bicicleta na primavera-outono e noutra parte que se gastou mais de 1milhão fica submersa na maré alta no inverno.
Se tiveres facebook segue a página "ciclovia na marginal" que costumam colocar várias situações e pedidos acerca da mobilidade em Oeiras. Esta página surgiu na sequência de 2 orçamentos participativos de Oeiras em que esta proposta ganhou de forma destacada mas que o vistas e o Tio Isaltino basicamente chutaram para canto.


Em relação à estrada propriamente dita na zona de Paço de Arcos faz-me especial confusão visto o nº de acidentes que acontece naquela curva que tem o "mega repucho" e a quantidade de pessoas a circular no passeio mesmo ao lado de carros a 70km/h ou mais.
Durante alguns anos fiz esse caminho Lisboa- Oeiras e ao fim de semana muitas vez também em passeio.
Já apanhei diversos sustos. O ideal é não encostar demasiado à berma para evitar os chicos espertos que fazem aquele cálculo matemático de quase tangente. A única zona que me assusta realmente é a subida do alto da Boa Viagem (direção Oeiras-Lisboa) onde a v máx é 50km/h mas os carros passam facilmente a 100km/h.
Como ponto positivo só mesmo o facto de andar muita gente de bicicleta e os automobilistas saberem bem que há muitas bicicletas e já não é aquele "obstáculo" inesperado (claro que não evita os chicos espertos).
 
#27
Se dúvidas houver acerca desta via https://www.cascais24.pt/p/marginal-condicionada-ao-transito-entre.html

"Recorda-se que a Marginal de Cascais foi eleita, há quatro anos, como a segunda melhor estrada europeia para viagens de carro no verão, logo a seguir à Estrada do Atlântico, na Noruega"

Gostava era de ver o ranking no que diz respeito à sinistralidade...deve estar na média do bangladesh.

E sim, podia ser das estradas mais bonitas do mundo...para andar de bicicleta :)
 

cconst

Well-Known Member
#29
"Recorda-se que a Marginal de Cascais foi eleita, há quatro anos, como a segunda melhor estrada europeia para viagens de carro no verão, logo a seguir à Estrada do Atlântico, na Noruega"
Por acaso é uma coisa que gosto de fazer em família: entrar em Lisboa pela Marginal ao fim de um dia de passeio/praia para os lados de Sintra... A 50km/h... de vidros abertos... na galhofa/converseta com a famelga... Já tenho saudades.

E sim, podia ser das estradas mais bonitas do mundo...para andar de bicicleta :)
Por acaso de bike (e tendo em conta que moro na zona Oriental de Lisboa) até a faço algumas vezes. E nunca gosto muito de a fazer e não é por causa do trânsito... (normalmente faço-a de regresso... e já com uns 60 a 70km nas pernas e a pensar que faltam cerca de 30!)

Eu sou um sonhador. E acho que na maioria das estradas é possível a co-existência entre todos os veículos, bicicletas incluídas. Até à data ainda não apanhei nenhum susto na Marginal, mesmo tendo esta alguns troços onde os enlatados gostam de pisar o acelerador.
 
#30
Eu sou um sonhador. E acho que na maioria das estradas é possível a co-existência entre todos os veículos, bicicletas incluídas. Até à data ainda não apanhei nenhum susto na Marginal, mesmo tendo esta alguns troços onde os enlatados gostam de pisar o acelerador.
Eu também acredito nessas utopias :) Por isso continuo lá a pedalar. Também é verdade que, como em muitos outros sítios, dependendo da hora do dia, assim varia o comportamento dos condutores...
Quando se fala em segurança é preciso pensar não somente em nós - muitos dos quais com largos milhares de kms na estrada - mas também nas pessoas que se iniciam na prática, sejam eles jovens ou pessoas mais "maduras" ou aquelas pessoas que simplesmente um dia lembram-se de ir dar uma volta de bicicleta com a família. Pergunto se esta estrada "das mais bonitas do mundo" não deveria também ser acessível a estes?

Por falha minha eventualmente não enquadrei devidamente o meu post anterior.
Pretendia vincar 1) obras realizadas pela IP na EN6 e a "segunda melhor estrada europeia para viagens de carro no verão" VS 2) Inadequação da EN6 face à quantidade de acidentes que ai ocorrem / fiscalização / Limites de velocidade mais adequados tendo em conta a quantidade de ciclistas e proximidade de passeios onde andam muitos peões.