GIRO 2021

cou7inho

Well-Known Member
Independentemente do grande resultado do João, mais uma vez é lamentável ver os comentários dos portugueses nas redes sociais...é vergonhoso mesmo! :mad: Se os belgas são chauvinistas, nós somos o quê?
Os tugas que vão para lá mandar bitaites são, em grande parte, uma cambada de artistas que percebe tanto de ciclismo como eu percebo de ténis.
Quando não se percebe do assunto fica-se calado.
Se não gostaram da forma como o João foi "tratado" neste Giro tudo bem. Mas deviam comentar com cabeça. Fazer comentários construtivos. Mas não, vão para o Facebook da DQS destilar ódio, como já é típico no futebol. Eu poucas vezes lá vou ver os comentários, mas quando os vejo até me sinto envergonhado. Fico a pensar " o que é que os estrangeiros vão pensar dos portugueses?".
 

Velhadas

Well-Known Member
Remco chegou 24 min depois do Bernal.

Não estava claramente preparado ainda para a dureza de um GT, para mais o Giro, que, na minha opinião, é o mais duro dos 3 GT's.

O Lefevere depositou demasiados esperanças nele... ou tb pode ter sido o Remco a levar a crer que estaria em condições de fazer um grande Giro. Mas não é normal um suposto candidato à vitória demonstrar debilidades tão cedo como ele o fez.
uma coisa é o Remco dizer que está, outra é o Lefevere acreditar. Ele tem algo que nó não temos, tem os numeros. Ele sabe como o ciclista está melhor que o próprio ciclista. É evidente que se vais perguntar a um gajo de 20 anos se ele está em condições de ser líder é evidente que ele vai dizer que sim.
Agora se nós que somos meros espectadores já tínhamos percebido que o Remco nao estava bem como é que um tipo que tem dezenas de anos de ciclismo e tem os numeros todos nao percebe isso?

independentemente de isso tudo eu acho que o Joao está melhor que o ano passado na montanha. Hoje numa etapa normal em que ele nao tivesse ter de fazer uma fuga para ganhar tempo acho que ele teria disputado o segundo lugar da etapa.
Nao esquecer que a start list do Giro este ano é muito mais forte que a do ano passado
 

MiGuEl_82

Well-Known Member
O Remco não tem de levar nada a crer. Ele é um miúdo de 21 anos. Se há alguém a culpar é a DQS pela má gestão que fez da equipa.
Claro, a DQS é a principal culpada pela má gestão/estratégia... quando falo do facto do Remco levar a crer é na sua postura ou palavras, do género perguntarem-lhe como se sente e ele dizer que está bem, recuperado e a 100% para o Giro.
 

Carolina

Well-Known Member
Pelo que vi até hoje do Remco, nada leva a indicar que seja um ciclista para discutir GTs, é um excelente ciclista, mas não para este tipo de provas.
É difícil concluir o que quer que seja, veio sem preparação nenhuma. Até digo mais, da forma como veio, até acho que tem estado bem. O maior problema dele nem foi tanto a falta de pernas, mas sim o medo das descidas (o que é perfeitamente natural) e a falta de jeito na terra batida.

Se fosse outro ciclista qualquer a passar pelo mesmo que o Remco, estava tudo a aplaudir. O problema é que andam a criar hype como se nunca tivessem visto ciclismo na vida e depois dá nisto. Ele próprio deve ter sentido uma enorme pressão.
 

kostaviks

Well-Known Member
O Remco pode nunca vir a ser um corredor de três semanas. Pelo menos para ganhar!
Nem percebo muito bem tanta histeria em volta de alguém que, sendo muito bom, só tinha corrido provas de uma semana.
Para além disso, vem de uma queda grave, sem competir durante imenso tempo...
Enfim... a DQS dá um tiro enorme no pé e tira uma lição da história!
Acho mesmo que a bem da condição psicológica do Remco, deve ser retirado da corrida, continuar a trabalhar no sentido de recuperar plenamente e voltar, talvez, na Vuelta ou em 2022.
Atenção que as mazelas psicológicas da queda poderão ser muito maiores que as físicas.
 

MiGuEl_82

Well-Known Member
uma coisa é o Remco dizer que está, outra é o Lefevere acreditar. Ele tem algo que nó não temos, tem os numeros. Ele sabe como o ciclista está melhor que o próprio ciclista. É evidente que se vais perguntar a um gajo de 20 anos se ele está em condições de ser líder é evidente que ele vai dizer que sim.
Agora se nós que somos meros espectadores já tínhamos percebido que o Remco nao estava bem como é que um tipo que tem dezenas de anos de ciclismo e tem os numeros todos nao percebe isso?

independentemente de isso tudo eu acho que o Joao está melhor que o ano passado na montanha. Hoje numa etapa normal em que ele nao tivesse ter de fazer uma fuga para ganhar tempo acho que ele teria disputado o segundo lugar da etapa.
Nao esquecer que a start list do Giro este ano é muito mais forte que a do ano passado
Eles têm os números todos, é um facto. Mas acredito que tb já enraizaram a ideia que o Remco tem que ser O tal, sim ou sim. E talvez isso lhe tenha toldado um pouco a frieza na analise e definição de estratégia. É um corredor belga numa equipa belga. N sabemos que tipo de pressões possam ter existido por parte dos próprios patrocinadores. São várias as perguntas que podemos colocar e cujas respostas nunca teremos.

Quanto ao João, está a meu ver a fazer um excelente Giro. Teve uma má 4ª etapa, na qual perdeu alguns minutos mas tirando isso tb fico com a clara sensação que está melhor na montanha. N sei se algum dia ganhará um GT mas creio que já será muito bom se for um daquelas que andará a discutir um top-5 ou top-10.
 

kostaviks

Well-Known Member
É difícil concluir o que quer que seja, veio sem preparação nenhuma. Até digo mais, da forma como veio, até acho que tem estado bem. O maior problema dele nem foi tanto a falta de pernas, mas sim o medo das descidas (o que é perfeitamente natural) e a falta de jeito na terra batida.

Se fosse outro ciclista qualquer a passar pelo mesmo que o Remco, estava tudo a aplaudir. O problema é que andam a criar hype como se nunca tivessem visto ciclismo na vida e depois dá nisto. Ele próprio deve ter sentido uma enorme pressão.
Levar as marretadas que tem levado e ainda só a terminar a segunda semana, não me parece que tenha sido um bom regresso :rolleyes:
 

s0me0ne

Well-Known Member
uma coisa é o Remco dizer que está, outra é o Lefevere acreditar. Ele tem algo que nó não temos, tem os numeros. Ele sabe como o ciclista está melhor que o próprio ciclista. É evidente que se vais perguntar a um gajo de 20 anos se ele está em condições de ser líder é evidente que ele vai dizer que sim.
Agora se nós que somos meros espectadores já tínhamos percebido que o Remco nao estava bem como é que um tipo que tem dezenas de anos de ciclismo e tem os numeros todos nao percebe isso?
Estamos todos a pensar "apenas" no fator desportivo, mas se calhar mais importante que o resultado desportivo é a envolvente mediática para a equipa e patrocinadores que este regresso do Remco trouxe.
O Lefevere parece ser um tipo que gosta de criar polémicas e atrair visibilidade.
 

Carolina

Well-Known Member
Levar as marretadas que tem levado e ainda só a terminar a segunda semana, não me parece que tenha sido um bom regresso :rolleyes:
A marretada na etapa do sterrato foi por ter de se esforçar demasiado sempre que perdia o grupo por falta de jeito. No Zoncolan nem quebrou muito, mas teve desgaste extra porque perdeu tempo na descida anterior. A de hoje acaba por ser normal se virmos que veio sem preparação nenhuma e entrou logo a matar armado em campeão.

Se a equipa o tivesse mandado fazer uma primeira semana calma, perder tempo, etc, ele conseguia fazer as 3 semanas e ir numas fugas.
 

s0me0ne

Well-Known Member
Se a equipa o tivesse mandado fazer uma primeira semana calma, perder tempo, etc, ele conseguia fazer as 3 semanas e ir numas fugas.
A manter-se em prova será para descansar o máximo e tentar ganhar o ITT final. O Gana vai ter de trabalhar bastante na última semana e não vai chegar com muita frescura a domingo.
Tenho muitas dúvidas que vá trabalhar alguma coisa para o João.
 

Carolina

Well-Known Member
Ninguém na equipa vai trabalhar. Parecia tão boa no papel, mas foi um flop. Não percebo, qualquer montanha por mais pequena que seja e ficam todos para trás.
 

Bruso

Well-Known Member
Nem percebo muito bem tanta histeria em volta de alguém que, sendo muito bom, só tinha corrido provas de uma semana.
A histeria é porque quando assinou com a DQS, saltando o escalão sub'23 por completo, era concenso que iria precisar de anos para se adaptar ao WT. No entanto acabou o ano com:
Camisola da Juventude na Vuelta San Juan e 9º na CG
1º CG do Tour Belgica
1º Clássica San Sebastian
1º Europeu de ITT
2º Mundial ITT

O ano passado ganha na Polonia, ganha no Algarve, ganha San Juan e ganha VOlta a Burgos. Como dá para perceber ele não é um ciclista normal e sempre queimou etapas. A expetativa era que fizesse o mesmo aqui.
O Pog também nunca tinha feito um GT até a Vuelta 2019.
Mas claro que vindo de uma paragem tão longa, seria sempre uma aposta muito arriscada e por isso é que a liderança era partilhada.

Agora tenho duas coisas a adicionar:
1 - O João se não tivesse esperado pelo Remco estaria no minimo em 8º com o top 5 ao alcance (é muito melhor no ITT)
2 - O João teve que esperar pelo Remco porque errou na etapa 4 e levou com 4min. O erro aí foi dele e já se sabia de antemão que o 1º a quebrar perdia a liderança e aí a DQS foi coerente. O João só tem que aprender com os erros para não voltar a repetir e provar que é um ciclista candidato aos GT's.

Em relação aos restantes, o melhor Bernal está de volta e provou que é claramente o melhor de todos. Claro que ainda falta a ultima semana mas já estou entusiasmado com a Vuelta deste ano - Pog, Rog e Bernal....
 

Carolina

Well-Known Member
O ponto 1 não é bem assim. Se o João tivesse mais perto na geral, hoje provavelmente não teria saído para a fuga ou o pelotão não deixava.