Ajuda com dor no pescoço / ombros quase insuportavél

#21
Essa dica dos óculos também é de prestar atenção, e até mesmo o capacete sem pala pode estar a obstruir a visibilidade, de modo a que o obrigue a esforçar demasiado o pescoço. Por vezes são pequeníssimos pormenores que ao fim fazem toda a diferença. ;)

...já agora, qual é a emonda que comprou!? Ando com a sl6 debaixo d'olho. Como estamos ainda no início do ano, e tenho eu bike para pedalar, estou a aguardar a época oficial dos saldos. :p
 
#22
Eu acho que deves ter a bike mal regulada. Talvez seja de passares por uma loja e explicares pode ser que eles te emprestem outro avanço para experimentares. Ao principio é normal teres dores pois a posição do corpo é mais racing.
Não querendo parecer mal educado, mas é ler uns 3 posts acima! :)

Essa dica dos óculos também é de prestar atenção, e até mesmo o capacete sem pala pode estar a obstruir a visibilidade, de modo a que o obrigue a esforçar demasiado o pescoço. Por vezes são pequeníssimos pormenores que ao fim fazem toda a diferença. ;)

...já agora, qual é a emonda que comprou!? Ando com a sl6 debaixo d'olho. Como estamos ainda no início do ano, e tenho eu bike para pedalar, estou a aguardar a época oficial dos saldos. :p
Comprei a S5... Também vi a SL6, mas é muito guito e o carbono dizem que não é muito bom pra comer! :D


Ah! outra coisa que não mencionei e também vou fazer hoje. Vou passar um segundo enrolamento de fita no guiador para ficar mais "fofo" (à falta de melhor palavra). Li algures pela net ou no youtube, talvez no canal GNC, que para ciclistas altos, ter uma fita por cima da outra ajuda no amortecimento das irregularidades da estrada.
Será que pode ajudar o pescoço um amortecimento extra nas mãos?
 

moshinho

Well-Known Member
#23
Essa dores nos ombros e pescoço é de ires muito esticado, em princípio.
Tenta colocar um avanço mais curto e meter mais espaçadores por baixo do avanço de modo a subires o guiador. Ficarás numa posição menos agressiva.
A elasticidade tb é importante.
 

jpacheco

Well-Known Member
#24
No teu caso Daniel foca-te no fit. Pelo que li, percebi que já reparas-te na importância do ângulos, e das posições para andares mais confortável. Se tens os braços "muito esticados" possivelmente com um avanço mais curto como referis-te, ou até mesmo subir "um anel" (se possível) a altura do guiador... Vê a posição do selim, se está à altura certa e na posição certa. Imagina que deverias meter o selim 2, 3 cm para a frente? ficarias logo menos esticado na condução. Confirma essas posições que na net e aqui no forum irás encontrar muitas dicas de como efectuar o fit para bicicleta de estrada.

Boa sorte!! e vai mantendo-nos atualizado da evolução.
 

GMQ

Well-Known Member
#25
Não querendo parecer mal educado, mas é ler uns 3 posts acima! :)



Comprei a S5... Também vi a SL6, mas é muito guito e o carbono dizem que não é muito bom pra comer! :D


Ah! outra coisa que não mencionei e também vou fazer hoje. Vou passar um segundo enrolamento de fita no guiador para ficar mais "fofo" (à falta de melhor palavra). Li algures pela net ou no youtube, talvez no canal GNC, que para ciclistas altos, ter uma fita por cima da outra ajuda no amortecimento das irregularidades da estrada.
Será que pode ajudar o pescoço um amortecimento extra nas mãos?
Ler até li. A questão que te lanço é: Essa ideia de experimentares um avanço novo é tua ou falaste com alguém? Alías vendo bens as coisas até pode a bike estar toda bem montada mas teres por exemplo um bloqueio na coluna! Para ser sincero esse genero de situações requerem a intervenção de um técnico. Normalmente ao final de poucas voltas não existe qualquer desconforto. Eu também faço BTT e ao inicio também sentia o mesmo mas depois passou. Posso estar 1 a 2 meses sem pegar na fininha e quando o faço não me doi nada e falo em voltas a rondar os 3 digitos. Por isso queres minha opinião procura alguém com formação na matéria.
 
#26
No teu caso Daniel foca-te no fit. Pelo que li, percebi que já reparas-te na importância do ângulos, e das posições para andares mais confortável. Se tens os braços "muito esticados" possivelmente com um avanço mais curto como referis-te, ou até mesmo subir "um anel" (se possível) a altura do guiador... Vê a posição do selim, se está à altura certa e na posição certa. Imagina que deverias meter o selim 2, 3 cm para a frente? ficarias logo menos esticado na condução. Confirma essas posições que na net e aqui no forum irás encontrar muitas dicas de como efectuar o fit para bicicleta de estrada.

Boa sorte!! e vai mantendo-nos atualizado da evolução.
Eu fiz o bikefit na semana passada, mas foi bem feito? Foi feito assim assim? Fui medido, e depois filmado a pedalar. A altura e posição do selim foram ajustados e foi-me dito que os angulos dos meus membros estavam corretos. E também me corrigiram a forma como estava a por as mãos nos guiador.
De qualquer forma, com o avanço de 100mm custa-me sentir-me natural em cima de bicicleta. Sinto que os braços têm dificuldade em ir ligeiramente fletidos nos cotovelos.

Ontem, depois de montar o avanço de 90mm, dei umas voltas pela garagem apenas para ver como ficavam os braços e pareceram-me mais fletidos, como seria de esperar. Mas agora só quando for pra estrada é que vou mesmo verificar como me sinto.
De toda a forma, senti-me mais natural no poucos minutos que estive na bicicleta.

Aliado a isto, também sei que a posição nesta bicicleta é muito diferente da minha BTT e para ajudar, quando estiver com os ombros bons, já tenho planeado uma rotina de reforço muscular dos musculos do pescoço e trapézio...
 

jpacheco

Well-Known Member
#27
Independentemente daquilo que te meçam e façam querer que está correcto... vê, lê, e tira as tuas próprias conclusões. pergunta / questiona depois..

O corpo é teu e as tuas sensações vão dizer-te muito de como deverás ajustar a bicicleta. É possível que vás ajustar pequenas coisas ao longo do tempo e nada melhor que seres tu conhecedor :p

Já agora foi feito em loja onde te venderam a bicicleta? E pagas-te alguma coisa extra por isso?
 

pratoni

Well-Known Member
#28
Eu fiz o bikefit na semana passada, mas foi bem feito? Foi feito assim assim? Fui medido, e depois filmado a pedalar. A altura e posição do selim foram ajustados e foi-me dito que os angulos dos meus membros estavam corretos. E também me corrigiram a forma como estava a por as mãos nos guiador.
De qualquer forma, com o avanço de 100mm custa-me sentir-me natural em cima de bicicleta. Sinto que os braços têm dificuldade em ir ligeiramente fletidos nos cotovelos.

Ontem, depois de montar o avanço de 90mm, dei umas voltas pela garagem apenas para ver como ficavam os braços e pareceram-me mais fletidos, como seria de esperar. Mas agora só quando for pra estrada é que vou mesmo verificar como me sinto.
De toda a forma, senti-me mais natural no poucos minutos que estive na bicicleta.

Aliado a isto, também sei que a posição nesta bicicleta é muito diferente da minha BTT e para ajudar, quando estiver com os ombros bons, já tenho planeado uma rotina de reforço muscular dos musculos do pescoço e trapézio...
Se te fizeram o fit e te sentes desconfortável vai lá "reclamar"...

Digo reclamar com aspas porque não penso que devas ser agressivo mas sim assertivo e tentar explicar melhor as dores. Se for pessoal honesto e com conhecimento de certeza que te arranjarão uma alternativa.

Isto porque o fit não é só aplicar umas fórmulas e já está. Nem todos temos a mesma flexibilidade e podem haver problemas de coluna ou mebros que te possam provocar isso.

Por exemplo, no meu caso, sei que tenho uma escoliose logo não posso estar demasiado esticado e convém mudar de posição com frequência, para não massacrar muito o corpo...
 
#29
Sim, fiz o bikefit na loja que comprei a bicicleta e não paguei nada extra... Nem pelo avanço que trouxe ontém. quando chegar a alguma conclusão ou devolvo o original ou o mais curto! :)
 
#31
Ora bem... Hoje foi dia de teste. E acho que a nota é positiva! Acho, porque pedalei menos que o habitual, pois o ombro esquerdo ainda dói e chateia.
No entanto, corrigindo a minha postura na bicicleta (percebi que estava a andar o pescoço enterrado nos ombros) e com o avanço mais curto 1cm, senti-me bem. Hoje só andei 50km, mas na semana passada e na anterior, aos 30 já ia a ganir!!!!
Sentia-me bem pra fazer uma distância maior, mas achei mais prudente não forçar os ombros a um esforço mais longo não vá isto agravar ou demorar mais tempo a desaparecer esta dor chata... :-\
 
#33
tenta manter a coluna direita de modo a não teres que fletir o pescoço para poderes ver o caminho.
Talvez com o avanço mais curto, consigas uma melhor postura.

1 abraço
 
#34
Curiosamente comigo passa-se o mesmo desde que troquei a minha Madone por uma Emonda. Em todas as voltas que tenho feito, a partir dos 40/50 km, começo a sentir uma dor chata nos ombros. No domingo passado, numa volta de 70 km, cheguei a casa com a sensação de ter dois ferros espetados nas costas.
Como não queria estar a fazer alterações à sorte na bike, estou a pensar fazer um bike fit, porque certamente que terei de fazer alguma rectificação na bicicleta.
Se alguém souber onde o poderei fazer aqui perto de Braga, agradecia a informação.
 
#35
Caro camarada Bracaro, já agora se me permite, qual a sua altura, qual a medida da sua Bike, e já agora, qual emonda comprou!? :)

....tenho uma para estrear nos próximos dias..... falando dessa forma, até já me assustam. :p
 
#36
Caro camarada Bracaro, já agora se me permite, qual a sua altura, qual a medida da sua Bike, e já agora, qual emonda comprou!? :)

....tenho uma para estrear nos próximos dias..... falando dessa forma, até já me assustam. :p
Não é razão para ficar assustado porque a bike é excelente, eu é que ainda não apanhei a posição correcta.
Tenho uma SL6 tamanho 54 e meço 1,75.
 
#38
Boas,

pois, compreendo sim, mais dia menos dia lá encontrará a sua posição ideal. Eu tenho 1,73, 82 entre pernas, comprei o 52 (aconselhado pelo vendedor), ainda não andei nela, deve dormir cá em casa hoje, ainda nem a vi ehehehe, vi uma red, comprei em preto, também uma sl6. :)

Testarei hoje, daqui a pouco, uma (trek qualquer coisa, talvez uma "Madone"...) é o 54, farei o teste para ver se fico ou não com os pratos 50/34 que a emonda traz de origem... estou numa de trocar por 52/36. Será a minha 1ª bike de estrada! Tenho umas boas centenas de kms nas pernas, mas só em BTT!

Em estrada, a pequena experiência que tenho, é numa velhinha com pratos 53/42, e k7 12/23. Por isso é que me parece que com o compact seja leve de mais. A ver vamos. :s
 

moshinho

Well-Known Member
#39
Essas dores nos ombros e no pescoço, deve-se a vários factores.
Contudo, as dores nos ombros deve significar que está muito "peso" sobre os mesmos.

- deve-se nivelar o selim (pois se estiver a desnivelado; a frente mais baixa; implica que o corpo "escorregue" para a frente, fazendo com que o peso recaia sobre os ombros)
- colocar um ou mais espaçadores por debaixo do avanço, de modo a elevar o guiador
- encurtar o avanço

A medida da bicicleta pode estar grande em relação à fisionomia da pessoa.
Braços e tronco curtos; falta de flexibilidade; etc

ps: just my 2 cents
 
#40
Bracaro, o tamanho 52 estaria mais adequado, não!!?
Eu estou entre os dois tamanhos, mas já a minha anterior Madone era tam. 54.

Tal como já referi anteriormente, penso que que fazendo um bike fit poderei eliminar este desconforto. No entanto, vou avançar o selim 1 cm, pode ser que esteja a pedalar com os braços muito esticados.