troca de cassete e corrente

#1
Boa noite a todos os membros deste forum
A minha dúvida prende-se com o facto de saber ou não saber quando se deve mudar peças como a corrente e a cassete.
No meu caso, o que estava a acontecer, era a determinada altura e principalmente a pedalar de pé em esforço a velocidade saltava, nem sei se para uma mudança inferior ou superior, sei que apanhei alguns sustos...
Fui ao mecânico, o o mesmo disse-me que devia mudar a cassete e a corrente, tudo bem meti cassete igual, ou seja campagnolo veloce de 10 velocidades e a corrente da mesma marca. O que é certo, é que hoje e passados quase 200 km ainda não consegui afinar a bicicleta sem que as velocidades saltem, entrem retardadas e burulhos infernais na corrente, na altura fui ao mecanico e disse que as velocidades não estavam sincronizadas, ele limitou-se a mexer naquele esticador que tem no carrinho... Acho estranho, pois depois de gastar 126 euros talvez fosse de esperar um melhor comportamento dos componentes. Quando sai da oficina o mecanico disse-me tambem que mais cedo ou mais tarde teria que trocar o pedaleiro, pois a corrente poderia começar a saltar. Como não percebo muito disto espero a vossa opinião em relação a isto, pois eu estava habituado a andamentos suaves sem barulhos e mudanças a saltar, assim não tenho confiança alguma para impor andamentos mais pesados sujeito a acontecer algo.
Obrigado
 

klaser

Well-Known Member
#2
Pois,talvez deixou a corrente se desgastar até ao ponto de saltar,tendo igualmente desgastado a cassete e os pratos do pedaleiro...Em estrada compensa muito verificar o desgaste da corrente e substituí-la na altura correta,isso faz com que cassete e pratos durem muito mais....Eu já vou em 20.000 kms com a mesma cassete,e já vou na 4ª corrente.... Como disse que mudou corrente e cassete,deve ser mesmo os pratos que estão desgastados demais e não "casam" com a corrente nova...
 
#4
Antes de gastar mais dinheiro, não será o desviador traseiro que está mal ajustado...?

Dá uma vista de olhos aqui:
[video=youtube;uEy9-wIq4lg]https://www.youtube.com/watch?v=uEy9-wIq4lg[/video]

Tenho Campagnolo Mirage (9v, inferior ao Mirage) e uma das coisas boas é a facilidade com que as mudanças entram. E a minha bicicleta é velha...
Pratos desgastados deviam dar "saltos em falso" na corrente, mas dificuldade em meter mudanças, pelo que percebi atrás, parece ser outra coisa não? Se as mudanças estão a saltar quando usas a manete direita não será mais provável ser desviador traseiro mal ajustado?
 
#5
Obrigado schwarz, ja combinei com um colega que percebe de afinações bem melhor do que eu, aliás, a ultima vez que a minha bicicleta foi afinada foi por ele, depois de ter mudado a corrente numa outra oficina. Parece-me que tenho um problema com as oficinas, pois já experimentei várias, e os seus proprietarios não se interessam minimamente por solucionar problemas, mesmo tendo sido eles a provocarem-nos. O que sei é que é terrivel a gente treinar e a pensar que a bike não está a 100%, perde-se até a vontade.
Obrigado
 

Lyp

Active Member
#6
Plenamente de acordo com o Schwars, o problema estará atrás e não no pedaleiro (não digo que não esteja desgastado, mas penso que se estivesse não te brindava com esses sintomas que referes). Se mudaste cassete e corrente, mesmo dando o desconto que o material precisa de alguma acomodação, não faz sentido que as velocidades saltem (nem no próprio carreto, nem para cima ou para baixo). Poderá o desviador traseiro estar de facto mal afinado, mas também acho estranho o mecânico não meter isso em condições...
 
#7
O mistério acho que será resolvido amanha, hoje levei a bike á loja e disse que a mesma estava toda desafinada, o dono da loja olhou e constactou que o cepo estava com folga, ou melhor, mal apertado... e por quem? por muito afinada que a bike estivesse, a cassete andaria sempre aos "sss" Não percebo tambem como fiz cerca de 120 km quase todos numa tirada e não aconteceu nada... Vamos ver como fica amanha a coisa
 
#10
Bem, a novela continua... ao bocado passei na loja para levantar a bicicleta, disseram-me para ir lá dentro e estava ainda desmontada, mostraram-me 3 rolamentos minusculos e disseram que estavam desgastados os ditos rolamentos da roda traseira, não percebo muito, mas não seria o facto do cepo ou a cassete estar com folga (mal apertada) que tivesse provocado esse desgaste dos rolamentos, e seria possivel acontecer isso em apenas 120 km em piso bom e andamento normal?... o que é certo é que vou gastar mais 39 euros por três rolamentos, e já agora, a roda traseira leva três rolamentos?
 

pratoni

Well-Known Member
#11
Mas não está na garantia? Quanto tempo tem? Se tiver menos de seis meses, mesmo podendo ser considerado material de desgaste, faz barulho para activarem a garantia...
 

Morg

Well-Known Member
#12
O número de rolamentos depende da roda, as minhas têm 4.
Talvez tenhas o do lado oposto à cassete ainda bom. Há quem diga que quando se troca se deve fazer a todos.

Já andei com folga no cepo e na cassete muito mais do que esses kms e não afectou os rolamentos, acho que para estragar os rolamentos era preciso haver uma folga mesmo muito grande que de certeza ias notar nos travões.
 

jpacheco

Well-Known Member
#14
Então, ficou afinada? :D Desenterro o tópico para descrever o que se está a passar na minha.

Fui trocar a cassete e corrente porque já era altura e a folga bem grande. Confesso que a andar não sentia nada nem saltos nem ressaltos mas por motivos até de segurança decidi avançar já para a troca.

Meti uma cassete ultegra 11v e uma corrente KMC, salvo erro mas tenho que confirmar mais tarde.

Mudanças entram perfeitas... mas tudo ressalta quando estou a pedalar em pé e em força. A ideia que me deu é que seria quando estou no pedaleiro maior sendo que no mais pequeno não senti esses ressaltos.

E pelo que percebi havia uma certa regularidade no ressalto com o pé esquerdo na parte baixa do crank e o direito na posição superior. Vou passar na oficina a ver o que me dizem..qq das formas alargo a discussão e a solução quando a tiver :)
 
#18
O prato pequeno fica mais afiado e mais profundo, o prato grande vai gastado e alargando os espaços entre os dentes, a corrente vai alargando até começar a fazer chupões no prato pequeno
 
#20
Eu aproveitava e metias os dois pratos, até porque o prato pequeno custa 5 a 10 euros
Pode acontecer os chupões no prato pequeno velho com corrente nova, os dentes estão mais altos "e ás vezes não querem deixar sair a corrente com medo de não serem precisos mais vez nenhuma"
O entre aspas já foi na cowboyada