Tamanho da bicicleta

#1
O eterno problema do tamanho da bicicleta dependendo do nosso corpo. Pernas curtas? Pernas compridas? Abro a discussão com um artigo dos espanhóis ciclismoafondo onde conseguem que 4 tamanhos diferentes sejam perfeitamente confortáveis para os ciclistas do teste: http://www.ciclismoafondo.es/biomecanica-ciclismo/articulo/biomecanica-talla-cuadro-bicicleta

Por outro lado comento-vos o estranho caso do forum weightweenies. Quando aconselham um quadro mais confortável aconselham grande (porque mais alto), quando mais racing aconselham pequeno. Ora exactamente o oposto do que vejo por aqui.
 

cenazia

Active Member
#2
O facto de um fabricante decidir construir as suas (ou estas) bicicletas assim, não quer dizer que que dê para fazer isso com qualquer modelo de bicicleta e muito menos entre modelos e geometrias diferentes. Alem disso um ciclista do mesmo tamanho do usado no artigo mas com menos flexibilidade poderia ter de variar o avanço entre 80mm e 100mm, ou menor, e aí o caso mudaria de figura, tal como um pro freak com excelente flexibilidade poderia ter de variar o avanço de 120mm a 140mm ou maior.

De qualquer maneira quem sabe o tamanho ideal da sua bicicleta não vem para aqui perguntar, quem vem, por norma, é o ciclista inexperiente ou o ciclista a quem lhe foi vendido um "54" e que mesmo depois de colocar um avanço de 80 ainda se sente demasiado esticado. Em ambos os casos é mais seguro aconselhar tamanhos menores porque é mais fácil fazer crescer uma bicicleta do que encurtá-la. Primeiramente e mais importante é escolher a geometria apropriada.


Quanto ao weightweenies e este forum é necessário reunir uma amostra larga de ambos para poder chegar a alguma conclusão, eu por exemplo não me lembro da ultima vez que alguém aconselhou um tamanho grande numa geometria racing ou aero, mas posso andar a prestar pouca atenção. E de certeza que em ambos existirão bons e maus conselhos.
 

joseruivo

Active Member
#3
Em ambos os casos é mais seguro aconselhar tamanhos menores porque é mais fácil fazer crescer uma bicicleta do que encurtá-la. Primeiramente e mais importante é escolher a geometria apropriada.
Mas não fica bonito fazer aumentar o stack. Sim, a geometria, dependendo da flexibilidade e dos objetivos!! Agora, às vezes não dá para perceber a altura que necessária para um indivíduo usar um 56, quando para alguém com 1,75 o ideal seria um S...
 

joseruivo

Active Member
#5
Mas não fica bonito fazer aumentar o stack.
Entenda-se a altura do guiador, que não é a mesma coisa que o stack, mas espero que tenham compreendido a ideia.

A Giant há uns anos valentes tinha um modelo de estrada em apenas 3 (ou 4?) tamanhos, que era suposto ajustar de forma idêntica à feita neste exercício da revista para todos os clientes.

PS - Design de Mike Burrows https://en.wikipedia.org/wiki/Mike_Burrows
"In the 1990s, Burrows worked for Giant Bicycles and designed the compact frame TCR road bike among others, the bike design was truly revolutionary, to minimise bike manufacturing cost."
 
#6
Sim esse foi o inicio das compact, revolucionou os quadros e introduziu os S, M, L. e muita confusão. Por exemplo uma S da canyon (os alemães são todos cavalões):

Tubo superior: 543
Reach: 385
Stack: 546

Segundo o site é o meu tamanho. A minha CAAD tamanho 54:

Tubo superior: 545
Reach: 385
Stack: 546

então eu com 178 e perna muito curta (cavalo 78) estou como tamanho correto? Ou devia andar com uma bicicleta 53, 52? Claro está consegue-se sempre ajustar modificando o avanço. Mas eu fiz um bit fit e segundo o mesmo não mudamos nada (só se retirou um espaçador da direcção).

O feeling é que é ligeiramente grande mas pouco, normalmente a posição mais comoda é com as mãos 1cm atrás dos punhos das manetes. Mas é fixe ter esse 1cm para esticar-me às vezes e mudar de posição.

Por outro lado já li em qualquer lugar que a malta de perna curta tem tronco comprido e portanto não é tão má ideia ter um tubo superior algo comprido.

De qualquer forma:
Estou de acordo que é melhor quadro pequeno que grande (a minha questão é pequeno relativamente a quê).

O reach e o stack são tentativas de ter umas medidas constantes que permitam comparar quadros.

O ponto dos weightweenies é quadro mais pequeno stack mais baixo e então:
- posição mais agressiva (ou espaçadores na direcção coisa que aquelas prima dona têm horror :))
- se tens perna comprida é mau pois podes ter demasiado tubo do selim à vista. Mas essa é outra questão.

Bem de qualquer forma, espero aprender da malta, e se possivel ajudar a malta que está apensar em comprar uma bicicleta ou tem duvidas se a que tem é o tamanho correto.

Um abraço.
 

cenazia

Active Member
#8
Entendo que queres dizer, mas não é bem a mesma coisa pois o reach é medido entre o centro do bb e o centro do headset, como no caso do tamanho menor essa posição de headset deve ser 10mm a 20mm abaixo do 54 ao aumentares o stack com espaçadores na direcção para ficar á altura da 54, ficas na pratica com um reach inicial menor do que os 382 anunciados. Não é fácil olhar para os números dos fabricantes e decidir, eu uso isto:

http://gearinches.com/blog/misc/bike-geometry-comparator
 

joseruivo

Active Member
#13
...o reach é medido entre o centro do bb e o centro do headset, como no caso do tamanho menor essa posição de headset deve ser 10mm a 20mm abaixo do 54 ao aumentares o stack com espaçadores na direcção para ficar á altura da 54, ficas na pratica com um reach inicial menor do que os 382 anunciados.
Nesse caso posso sempre montar um avanço de guiador 1 (ou 2) cm mais comprido.. Certo?
 

cenazia

Active Member
#14
Sim, para ficarem com o mesmo reach real, faz-se isso.

Pessoalmente, como ainda só treino há menos de 3 anos, se fosse comprar uma bicicleta agora, comprava uma com geometria que me permitisse ter 110mm ou no mínimo 100mm de avanço e que tivesse de usar para aí 1cm de espacadores (um pouco mais também estava ok) na direcção, isto na esperança de vir a aumentar a minha flexibilidade e vir a alongar e baixar o cockpit, mas isto sou eu