Subir Serra Estrela

scalator

New Member
Boa Noite

Queria saber qual a opinião dos amigos das duas rodas a pedal para fazer a primeira subida da Serra da Estrela.
Tenho bastante preparação física mas a nivel de corrida.... a bicicleta é apenas ao domingo para desfrutar de alguns kilometros, 60/90km sem grande preocupação de médias....o ultimo grande passeio foi ir a fátima, cerca de 150km em 5h30...
Pretendo fazer subida da Serra e começar na ordem dos 40/50km de distância porque vai ser em autonomia e tenho q subir e dp regressar ao ponto inicial q vai ser onde deixo carro.
Obg
Scalator
 

Armando

New Member
Boas Scalator

A vontade é meio caminho andado para o sucesso, como tal só tens que por mãos à obra.

Começa por escolher uns andamentos que tornem a tua pedalada bastante fácil e deixa-te embalar pela tua vontade e sonho, não descurando nunca a dificuldade que a serra te vai conferir.
Vai sem pressa, mas com o objectivo para cumprir e depois vem cá fazer o relato final.

Boa sorte
 
Boas companheiro, dou-te a minha opinião pessoal. Depende muito do que tu queiras fazer.
A 1ª vez que subi apenas parti de Nelas e regressei. No fim, ficou aquele sentimento de "sabor" a pouco. "Ah e tal, se soubesse teria feito mais km...", mas como tinha medo fiquei-me por esses.
Ou seja, depende muito da tua forma fisica e o que tu queiras fazer, será sempre uma decisao que só tu saberás.

Abraço e força aí...
 

Hetfield

Member
Boas,

Vou-te relatar a minha experiência. Não sei porque lado pretendes subir, mas eu fiz sempre saindo de Seia e para primeira vez é o que recomendo. A subida pelo lado da Covilhã parece-me bem mais difícil, algo que pretendo comprovar a curto prazo.

A primeira vez que subi a Torre, com medo da dificuldade decidi ir de carro até Paranhos, que fica a uns 3 ou 4km de Seia, para fazer practicamente só a subida e o regresso, num total de 60km. Conclusões dessa primeira vez... É muito má ideia subir a Serra logo a frio! Só mais ao menos a chegar ao Sabugueiro é que me senti melhor e a coisa começou a fluir. Até lá parecia que as pernas não respondiam e achei que a coisa ia correr mal.

A tentativa seguinte foi completamente diferente... Sair de casa (Mortágua) e fazer tudo de bike até à Torre, ou seja começar a subir já com 70km feitos. Resultado, cheguei à subida muito melhor fisicamente e foi muito mais fácil. Tão fácil que me entusiasmei com o andamento e resolvi dar uma de Contador ao resto do pessoal que ia comigo, mas esqueci-me que os "Team Cars" não estavam na Torre mas sim em Seia e era preciso voltar para baixo, algo que já não correu assim tão bem porque o regresso não é sempre a descer... :)

O ano passado voltei a subir na prova das Serras Míticas e mais uma vez comprovei que aquilo se sobe melhor se já levarmos um bom aquecimento.

Resumindo, não aconselho ninguém a iniciar a volta mesmo no início da subida. Senão a parte inicial, sobretudo na zona da Aldeia da Serra vai ser complicada. Depois claro, é manter sempre um ritmo confortável ou próximo disso, porque há zonas mesmo complicadas e são 26 ou 27km practicamente sempre a subir. Só se descansa um bocado a descer para o Sabugueiro e há depois uma zona mais fácil a seguir à Lagoa Comprida, mas esta se já lá chegares mal nem notas que a subida acalmou. :)

Outra coisa... Não sei que andamentos tens mas isso pode ter muita influência. Eu subi sempre com pedaleiro 53/39 e cassete 11/26. Sobe-se, mas não te vou dizer que se tivesse por exemplo cassete 11-28 não me dava jeito. Subi muito km em 39-26, por isso se tivesse mais leve usava. Em função da tua condição física vê se o que tens "chega" para a subida.

Último conselho, mas não menos importante. Não te metas a fazer isto sozinho! A estrada tem algum movimento, sobretudo nesta altura, mas aquilo não deixa de ser um ermo onde se passam km sem ver ninguém e isso não é muito bom. Se não arranjares companhia de bike, arranja quem te acompanhe de carro. Nunca sabes quando pode algo correr mal e aquilo está longe de tudo. Eu sem carro de apoio não arriscava.

Ficam as minhas dicas e agora força nisso e boa sorte. Vais ver que a sensação de chegar lá cima vale bem o esforço. :)
 

Bruno Gomes

Member
Eu também acho que deverias começar um pouco antes, para que inicies a subida já quente! Eu subia-a poucas vezes, julgo que três, e soube-me sempre a pouco. Eu disto a uma distância de duas horas e pouco da Serra da Estrela e acho a viagem mal empregue só para fazer a subida. Para a próxima começarei um pouco antes.
Também só subi pelo lado da Covilhã! Já o fiz, foi de btt e também gostei bastante.
O ano passado propus um desafio a um colega meu, com mais 22 anos que eu (um kota dos rijos, com força a subir), que era subir pelos três lados diferentes, tudo seguido. Ainda não o fizemos, mas pelos menos vamos tentar. Quem perder paga o jantar! :p A ver se temos juízo, nos preparamos e ainda este ano o vamos fazer.
Também dou o conselho de todos os nossos amigos, que é o de escolher um andamento fácil, constante e ter calma, que progressivamente chegamos ao cume!!
 

jofari

New Member
Já agora, aqui o otário só fez uma vez a Serra da Estrela, pelo lado da Covilhã e começou na... Covilhã.
Por isso, nada melhor que chegar lá com algum aquecimento, e depende sempre do lado que for para fazer.
Depois algo que não foi aqui referido, mas que acho de extrema importância, pois na Covilhã estava um calor danado logo de manhã, mas ia morrendo de frio, pois a chegar à Torre, frio, chuva, vento... carro com ele, pois já nem dizia coisa com coisa. Isto foi no inicio de Setembro.
Por isso tem em atenção a metereologia, e não o faças sózinho, mereces mais alguém para "sofrer" contigo! :D
Relativamente aos andamentos eu fui lá com 39 - 21 mas juro, que devia ter invertido os andamentos, por isso se fores com um 28 ou mais não se perde nada, mas também é verdade que isso depende de cada um.
Boa subida, e venham lá esses comentários.
Boa sorte!
 

grouk

Active Member
eu sexta fico de ferias (thank god) e quarta ou quinta vou subida pela 1ª vez e vou tentar Viseu torre ir e vir
tou a pensar ir por Seia, aqui ha uns tempos tentei subir por Gouveia por dentro da cidade há uma subida gigante em paralelo, estavam ai uns 40 graus eu ia sozinho e confesso e sem vergonha que tive que desistir e fazer os 60 km ate casa completamente desgostoso, por isso a moral é muito importante
desta vez vou tentar outra vez e vai correr melhor se alguém quiser ir digam alguma coisa
 

Paulo V.

New Member
Eu posso dar-te a minha experiencia de subida à Serra da Estrela, pelo menos umas 5 ou 6 vezes, tirando uma dessas em que tive de desistir por estar em muita má condição fisica e que pouco mais deu para subir depois da aldeia do Sabugueiro uns 3 quilometros no maximo.
Essas subidas foram sempre pelo lado Seia-Torre e a minha experiencia diz para se fazer um aquecimento antes de lá chegar, não entrar em loucuras com os ritmos, de preferencia manter sempre um ritmo baixo, constante e sem oscilações e descansar nas partes que são mais planas, são 29 Kms mais ou menos e em media dá para mais de duas horas e um quarto de subida. Eu já a subi sem parar, mas o conselho que te dou é que faças breves paragens sempre que começares a sentir alguma fadiga, uns minutos de repouso e retomar novamente, pois o importante é chegar lá acima.
Outro factor importante, os andamentos, se não te sentes à vontade, um pedaleiro compacto com um 26 ou 28 atrás ajuda bastante, se te sentes mais á vontade em subida o 39*26 ou 28 não te deve atrapalhar muito.
De preferencia, tenta arranjar companhia para a subida e manterem-se sempre juntos, a serra é um local um pouco deserto e ficar sozinho pode ser muito desmotivante se não existir aquela força e motivação para continuar.
Leva também alimento e bebida com fartura, pois vais precisar e lembra-te de comer e beber antes de teres fome e sede, pois se isso te acontecer na subida a factura que se paga é alta... geralmente é virar para trás.
Pronto, espero ter ajudado e depois conta como correu.
 

ajaneiro

New Member
Alguém dos conhecedores pode fazer uma análise rápida do percurso a ser efectuado no Audace da serra, no início de Setembro? Disponível aqui.

Vai ser a minha estreia e quaisquer conselhos serão benvindos...

Obrigado!
 

trepadores da Figueira

Well-Known Member
Eu também será a minha estreia no dia 1 de Setembro no Audace

Posso vos dizer que não estou minimamente preocupado, porque quando chegar o dia já terei muitos kms de acumulado em subida para não ter que sofrer muito.

E MAIS NADA.
 

ajaneiro

New Member
Folgo em saber, trepadores.

---------//-------------

Se alguém conseguir dar alguma dica sobre este percurso, agradeço. Não será uma subida curta nem fácil e toda a ajuda à gestão a fazer será pouca.
 

angel@

Member
Ja existem tópicos aqui no forum:
http://www.forumciclismo.net/showthread.php?3029-Subir-a-Serra-da-Estrela
http://www.forumciclismo.net/showthread.php?7122-Serra-da-Estrela-Seia-Torre
No ano passado fiz os dois dias do Audace da Torre e foram dois dias repletos de emoções, muitas lágrimas e alegrias também. Este ano a subida será por Manteigas e espero poder ir.
Acho que a subida é uma experiência muito pessoal e cada um deve fazê-la e desfrutar ao máximo. Difícil? Depende do treino e das expetativas de cada um. Eu não vou para conquistar o prémio da montanha :D
 

trepadores da Figueira

Well-Known Member
Ja existem tópicos aqui no forum:
http://www.forumciclismo.net/showthread.php?3029-Subir-a-Serra-da-Estrela
http://www.forumciclismo.net/showthread.php?7122-Serra-da-Estrela-Seia-Torre
No ano passado fiz os dois dias do Audace da Torre e foram dois dias repletos de emoções, muitas lágrimas e alegrias também. Este ano a subida será por Manteigas e espero poder ir.
Acho que a subida é uma experiência muito pessoal e cada um deve fazê-la e desfrutar ao máximo. Difícil? Depende do treino e das expetativas de cada um. Eu não vou para conquistar o prémio da montanha :D


É isso mesmo Ângela é com esse espírito que eu lá vou, irei para desfrutar a paisagem que circunda a Serra da Estrela mas também não quero ser o carro vassoura.

ENTÃO DIGO ASSIM HÁ QUE TREINAR PARA NO DIA 1 DE SETEMBRO O SACRIFÍCIO SEJA MENOR.

Assim sendo amanha lá vou eu mais o companheiro RUI ALFERES a caminho da Foia.

xau e boas subidas.
 

faneca78

New Member
boas....
também tenho a ideia de fazer a subida há serra da Estrela, não sei quando , mas eide...
sou da zona de Penacova e já fiz varias vezes há praia da Tocha e Mira....o percurso mais longo que fiz foi ir a Fátima e vir no mesmo dia, na altura ainda nao tinha bicicleta de estrada, foi numa de btt....grande maluco :)
iniciar a subida a partir de seia é um erro, é uma subida dura e o teu corpo não está (quente) para tal.......rebentas logo contigo
convém fazer a subida sempre acompanhado quer seja de bicicleta ou um carro de apoio...
há.....e uma boa alimentação :)

cumps
 

chumbo

Member
Nunca o fiz mas tb estou com alguma curiosidade em fazer em principio vou tentar e fazer no audace pq assim existe mais companhia,vamos ver como corre...
 

Devil

New Member
Boas meus caros!

A Serra da Estrela tem várias hipóteses para a sua ascensão, já tive a "satisfação:cool:" de as fazer todas, mas qt a mim a mais bonita é a do Vale Glaciar do Zêzere, "Manteigas-Penhas da Saúde-Torre". É uma paisagem magnifica e nem por isso é a hipótese de subida mais difícil. Este fsm, vou subir pelo lado de Gouveia mais uns amigos e como é óbvio parar num tasco da serra para comer a bela sandes de presunto, heee heee;)...
Devo dizer que este ano estou curioso no dia da subida à Torre na Volta a Portugal, visto que se eles subirem mesmo aqueles 8klm da rotunda de Loriga para o topo da Lagoa Comprida, aí sim meus amigos, isso é que vai ser trepar, no meu ponto de vista um valente empeno, haja pernas e peito, e convém também que levem um compact:D.

Cumps.
 

Devil

New Member
São estes os 8klm... que quero ver de camarote:), assim seja verdade!

qnt1.jpg


Cumps.
 

luisfoliveira

New Member
Também este verão tenciono subir a Estrela por Vide (http://www.gpsies.com/map.do?fileId=vnqchwhmaiceilnu), a subida com maior diferença de altitude em pt continental, partindo de Arganil pela EN342 e voltando, havendo pernas, pela aldeia do Piódão o que implica subir boa parte da Serra do Açor. No meu caso, que só subi à Torre uma vez por Seia na bina de BTT, tenho a dizer que o meu maio erro foi subestimar o troço menos inclinado entre a Lagoa Comprida e a Torre. Talvez influenciado pelo muito frio nesse dia, mas com calor não há-de ser melhor, custou-me muito esse bocado. Há a fadiga, e, pior, a altitude! (Com vento ficou o caldo entornado) Só lá é que sabemos como o corpo reage! De qualquer forma, levo o meu pratinho de 30 dentes, grande amigo e companheiro, para esse bocadinho ilustrado acima no post do Devil. Ainda no último fim de semana no Montemuro fui, mais uma vez, relembrado da sua grande utilidade...
 
Top