Quadro em titânio (gama média)

#21
@trepadores da Figueira
obrigado pela dica pois não conhecia esta marca, já passei os olhos pelo site e gosto dos quadros mas também não baratos e para além disso a garantia é de apenas 5 anos.
 
#22
Não te consigo fundamentar porque não tenho perfil de utilizador de quadros desse tipo.
Não é a minha praia.

Pelos que já vi ao vivo e por mero gosto, eu preferia a Lynskey.
Agora dentro desses, vê a geometria que mais convém ao que procuras.

Não consegues encaixar dentro desses 2500€, uma forqueta Enve? Grupo 105 ou Ultegra e umas rodas em conta, até 400/500€?
A geometria é muito idêntica (inclinação da testa e tamanho da mesma, comprimento da escora horizontal).
Em relação à cx de direcção, BB são diferentes:

Linskey R140
Headtube Design: 1-1/8" Standard
Bottom Bracket Type: 68mm Standard English
Seatpost Diameter: 27.2mm
Seat Tube Diameter: (Front Derailleur Clamp Size) 31.8mm
Wheel Size: 700c
Max Tyre Width: 28c
Dropouts: w/ Replaceable Aluminium Hanger
Rear Spacing: 130mm
Brake Type: Caliper

Litespeed T7 Frame 2015
Super Sportive geometry designed for long endurance rides
Seamless cold-worked 3Al/2.5V titanium with a satin finish
PF30 BB technology
33mm head tube designed to accept 1.125" headsets and forks
Optimized for comfort and stiffness with longer chain stays and taller head tube
Seatpost Diameter: 27.2mm
Seat Tube Diameter: (Front Derailleur Clamp Size) 31.8mm
 

jppina

Well-Known Member
#23
Bem, o Linskey está de facto a um preço incrível para entrega em França. Não se percebe é por que custa o dobro para entrega em Portugal... A maior parte dos sites já aplica o IVA do país de destino, mas aqui não é isso.

Voltando ao assunto, eu escolhia o T7, apenas porque já vem com forqueta e porque usa um BB mais "moderno", mas parece-me que já esgotou no Wiggle, pelo menos já não o vejo...
 
#24
Bem, o Linskey está de facto a um preço incrível para entrega em França. Não se percebe é por que custa o dobro para entrega em Portugal... A maior parte dos sites já aplica o IVA do país de destino, mas aqui não é isso.

Voltando ao assunto, eu escolhia o T7, apenas porque já vem com forqueta e porque usa um BB mais "moderno", mas parece-me que já esgotou no Wiggle, pelo menos já não o vejo...
@jppina
o T7 esgotou há um par de horas atrás... deixa de ser hipótese pelo menos na Wiggle.
 
#25
Quadro em Titanio...
Forqueta ENVE...
Montagem final que não ultrapasse os 2.500€...

Está tudo um bocadinho esticado de mais, não?!?!

Se não vejamos:

Um quadro muito razoável de titânio não fica por menos de 1.300€, a forqueta ENVE encosta nos 300€.

Para as rodas não destoarem muito na montagem final, e porque é dos principais componentes, convém reservar uma fatia generosa do orçamento (400€).

Para o grupo, mesmo que seja de gama de entrada (XIIIMANO 105, CAMPAGNOLO VELOCE ou SRAM RIVAL) números redondos, nunca menos de 400€.

Sobram 100€ para:

- pneus e câmaras
- fita de guiador
- grades de bidão
- pedais
- espigão de selim e selim
- avanço e guiador

humm, tenho muitas dúvidas, talvez seja melhor orçamentar isso mais perto dos 3.000€...

Cumprimentos,
 
#26
Quadro em Titanio...
Forqueta ENVE...
Montagem final que não ultrapasse os 2.500€...

Está tudo um bocadinho esticado de mais, não?!?!

Se não vejamos:

Um quadro muito razoável de titânio não fica por menos de 1.300€, a forqueta ENVE encosta nos 300€.

Para as rodas não destoarem muito na montagem final, e porque é dos principais componentes, convém reservar uma fatia generosa do orçamento (400€).

Para o grupo, mesmo que seja de gama de entrada (XIIIMANO 105, CAMPAGNOLO VELOCE ou SRAM RIVAL) números redondos, nunca menos de 400€.

Sobram 100€ para:

- pneus e câmaras
- fita de guiador
- grades de bidão
- pedais
- espigão de selim e selim
- avanço e guiador

humm, tenho muitas dúvidas, talvez seja melhor orçamentar isso mais perto dos 3.000€...

Cumprimentos,
@ERIC CANTONA
concordo contigo que não é fácil fazer uma montagem Ti com 2500€, ainda mais se for com uma forqueta Enve mas essa ideia não partiu de mim e sinceramente não estou inclinado a gastar uma pipa de massa numa forqueta.
Se conseguir arranjar uma Easton EC90 slx como tenho na BMC, já ficava muito satisfeito até porque muito provavelmente vou comprar o espigão de selim Easton EC90 e o guiador EC90 ou EC70.
O selim, rodas e pneus ainda não decidi o que quero e em relação à transmissão à partida será Sram Rival\Force mas também poderá ser Shimano 105\Ultegra.

Abc
 
#27
Boas,
apesar de no ano de 2015 ter feito poucas saídas longas, ando a recolher informação com o intuito de adquirir um quadro em titânio que me permita ter um pouco mais conforto que o BMC (especialmente em termos de geometria) em "voltinhas" de 3 dígitos.
Não pretendo investir muito $ no quadro porque quero montar uma bicicleta de raiz, mantendo a BMC para voltas mais curtas e rápidas.
Quem quiser opinar sobre estes 2 modelos e eventualmente outro modelo e mesmo marca, agradeço desde já porque neste material não tenho muito conhecimento.

http://litespeed.com/our-bikes/titanium/t-series/2015-t7

https://lynskeyperformance.com/r150-frame-only/
Se calhar os tubos do LS são produzidos por Lynskey:

https://books.google.pt/books?id=P8...IYzAK#v=onepage&q=litespeed o lynskey&f=false

Otimos preços na ChainReaction!!....acho que a diferencia de preço entre Pt e o resto da Europa pode ser um erro do sistema?...as vezes nos e-commerce's acontece, ideal é enviar um mail e perguntar.
O mais barato que tenho a mente na Italia é REWEL mas acho que precisa sempre uns 1800/1900 euros pelo quadro...depois há Passoni e Legend mas custam caro ..tubos em grado 9 ( é o famoso Ti 3AL – 2,5V...junta-se um 3% de aluminio e um 2.5% de Vanadio...o grado 5 ao invez tem um 6AL e 4V) são mais dificeis de moldar e de soldar! Mas são aqueles que ofrecem grande resistencia mecanica e resistencia a corrosão!...em fim as vezes não é o custo de material que faz a diferencia mas a tipologia da lega ( i mean alloy) que requer uma atenção particular e cada tecnologia utilizada na soldatura proporciona resultados diferentes!!....soldar o titanio não é como soldar o aço;-).
Atenção que não é dito que um quadro em titanio seja sempre.."mole"...a secunda do tipo de Ti e sobretudo da forma e espessura ( as vezes pode ser diferenciadas a secunda das areas...triple butted..double butted etc ) dos tubos podes ter um monstro de rigidez:) sempre que a soldatura seja feita em "campana"..sim porqué é fundamental na soldatura não ter presencia de ossigeno, uma soldatura normal no titanio equival a um 40% em meno de rigidez na mesma soldatura!!...eheheh.....no triangulo traseiro usa-se o grado 2 que é titanio puro e facil de soldar e mais "elastico".

Não juntai nada aos modelos especificos porqué não tenho bike em titanio ( é um dos sonhos...) mas estudai algumas coisa a respeito deste material e dos compositos há uns anos se calhar pode dar jeito na escolha dos tubos...oopps da bike;-).

Eu cumprava logo no CR!! otimo preços....

ciao

Ps: há sempre a possibilitade de cumprar um usado....o titanio é um material com grande resistencia a fatiga por isso um quadro de 3-4 anos é sempre novo;-)...isso não val com o Aluminio!!
 

duchene

Well-Known Member
#28
Ora uma segunda bicicleta para longas distâncias sem passar os 2500€...

Contas redondas:

Lynskey 150: 880€
Cx direcção cane creek forty: 40€
Forqueta Ritchey Comp: 180€
Grupo 105 11v completo: 460€
Rodas Zonda: 330€
Espigão EC70: 130€
Avanço EC70: 93€
Guiador EC70: 160€
Selim à escolha: 150€
Cabos Jagwire: 35€
Pneus e câmaras de ar: 60€
Fita de guiador: 15€
Grades de bidão: 30€

Total: 2563€

Uma pequena derrapagem face à estimativa inicial... :eek:
Contudo, poderá existir uma poupança significativa consoante o local de compra e os preços que conseguires entre material novo e material semi-novo (aplicável sobretudo aos periféricos).

Se conseguires o quadro ao preço que indicas, é daqueles negócios que não devem sequer ser muito pensados. Dificilmente compras um quadro usado de marca por esse preço, fará novo...

Quanto aos fabricantes... há para todos os gostos. Eu gosto de pensar que os tipos que já andam nisto há 30 anos percebem uma ou duas coisas acerca do material e daí a opção...
Mas já tinha dissertado sobre isto --> aqui.

Boas escolhas!
 
#29
Isso são contas muito redondinhas mesmo, e um Lynskey 150 a esse preço talvez seja ou usado ou um achado... https://lynskeyperformance.com/r150-complete-1/

E já não estamos a falar da forqueta ENVE... por aí até se consegue uma toda em carbono por 150€!

E não precisa de gastar 40€ numa caixa de direção, quaisquer 25€ se conseguem da RITCHEY / FSA... igualmente para o selim: há rabos e rabos e no mercado há muitos e bons selins a rondar os 100€.

Faltam é os pedais, e a coisa já derrapa mais um pouco.

São perspectivas, e o mais importante é que se consiga um conjunto homogéneo e ao gosto!

Cumprimentos,
 
#30
Se calhar os tubos do LS são produzidos por Lynskey:

https://books.google.pt/books?id=P8...IYzAK#v=onepage&q=litespeed o lynskey&f=false

Otimos preços na ChainReaction!!....acho que a diferencia de preço entre Pt e o resto da Europa pode ser um erro do sistema?...as vezes nos e-commerce's acontece, ideal é enviar um mail e perguntar.
O mais barato que tenho a mente na Italia é REWEL mas acho que precisa sempre uns 1800/1900 euros pelo quadro...depois há Passoni e Legend mas custam caro ..tubos em grado 9 ( é o famoso Ti 3AL – 2,5V...junta-se um 3% de aluminio e um 2.5% de Vanadio...o grado 5 ao invez tem um 6AL e 4V) são mais dificeis de moldar e de soldar! Mas são aqueles que ofrecem grande resistencia mecanica e resistencia a corrosão!...em fim as vezes não é o custo de material que faz a diferencia mas a tipologia da lega ( i mean alloy) que requer uma atenção particular e cada tecnologia utilizada na soldatura proporciona resultados diferentes!!....soldar o titanio não é como soldar o aço;-).
Atenção que não é dito que um quadro em titanio seja sempre.."mole"...a secunda do tipo de Ti e sobretudo da forma e espessura ( as vezes pode ser diferenciadas a secunda das areas...triple butted..double butted etc ) dos tubos podes ter um monstro de rigidez:) sempre que a soldatura seja feita em "campana"..sim porqué é fundamental na soldatura não ter presencia de ossigeno, uma soldatura normal no titanio equival a um 40% em meno de rigidez na mesma soldatura!!...eheheh.....no triangulo traseiro usa-se o grado 2 que é titanio puro e facil de soldar e mais "elastico".

Não juntai nada aos modelos especificos porqué não tenho bike em titanio ( é um dos sonhos...) mas estudai algumas coisa a respeito deste material e dos compositos há uns anos se calhar pode dar jeito na escolha dos tubos...oopps da bike;-).

Eu cumprava logo no CR!! otimo preços....

ciao

Ps: há sempre a possibilitade de cumprar um usado....o titanio é um material com grande resistencia a fatiga por isso um quadro de 3-4 anos é sempre novo;-)...isso não val com o Aluminio!!

@Lo Scalatore
Antes de mais agradeço-te a pequena aula sobre o Ti pois apesar de ter andado a fazer umas pesquisas ainda tenho muito que aprender.
Aproveito para te perguntar se um quadro com simple butted não será demasiado flexível para um utilizador (eu) com 90kg.
Ando a tentar confirmar qual a espessura do quadro Lynskey R140 mas julgo que será simple butted...
 

duchene

Well-Known Member
#31
João

Eu parti do pressuposto que o quadro efectivamente se consiga comprar aquele preço, embora fique mesmo muito admirado se assim for. Obviamente que se o valor for mais perto dos 1250€/1500€, não há orçamento de 2500€ que resista...

Os pedais foram de facto um lapso, e isso acarreta mais 50€ para o orçamento. Ultegra ou Time Expresso 4, com a minha preferência a ir para os últimos pelos cleats mais amigáveis (embora mais caros na substituição e com desgaste mais acentuado).

Quanto à caixa de direcção e forqueta. É uma questão de opção pessoal não fazer 15€ de poupança em algo que tem rolamentos e muito menos equacionar forquetas que não sejam de renome. Contudo, se o Xavier tiver a mesma sorte que eu, consegue comprar a Easton EC90 SLX nova por 150€... ;)

O selim tem a tal margem para fazer descer o orçamento. Na dúvida, equacionei o preço de um SPM ou de um Brooks Cambium dado o cariz da montagem.

Já a Enve, foi puxada ao barulho pelo René mas acho que é uma extravagância só se justificada numa montagem que esteja num degrau acima. E mesmo aí, só se estiverem esgotadas as excentricidades noutros componentes.

É claro que tudo isto é um mero exercício de aproximação. Portes, promoções e usados poderão facilmente fazer desequilibrar a balança. Para menos gasto final, acredito...
 
#32
Se calhar os tubos do LS são produzidos por Lynskey:

https://books.google.pt/books?id=P8...IYzAK#v=onepage&q=litespeed o lynskey&f=false

Otimos preços na ChainReaction!!....acho que a diferencia de preço entre Pt e o resto da Europa pode ser um erro do sistema?...as vezes nos e-commerce's acontece, ideal é enviar um mail e perguntar.
O mais barato que tenho a mente na Italia é REWEL mas acho que precisa sempre uns 1800/1900 euros pelo quadro...depois há Passoni e Legend mas custam caro ..tubos em grado 9 ( é o famoso Ti 3AL – 2,5V...junta-se um 3% de aluminio e um 2.5% de Vanadio...o grado 5 ao invez tem um 6AL e 4V) são mais dificeis de moldar e de soldar! Mas são aqueles que ofrecem grande resistencia mecanica e resistencia a corrosão!...em fim as vezes não é o custo de material que faz a diferencia mas a tipologia da lega ( i mean alloy) que requer uma atenção particular e cada tecnologia utilizada na soldatura proporciona resultados diferentes!!....soldar o titanio não é como soldar o aço;-).
Atenção que não é dito que um quadro em titanio seja sempre.."mole"...a secunda do tipo de Ti e sobretudo da forma e espessura ( as vezes pode ser diferenciadas a secunda das areas...triple butted..double butted etc ) dos tubos podes ter um monstro de rigidez:) sempre que a soldatura seja feita em "campana"..sim porqué é fundamental na soldatura não ter presencia de ossigeno, uma soldatura normal no titanio equival a um 40% em meno de rigidez na mesma soldatura!!...eheheh.....no triangulo traseiro usa-se o grado 2 que é titanio puro e facil de soldar e mais "elastico".

Não juntai nada aos modelos especificos porqué não tenho bike em titanio ( é um dos sonhos...) mas estudai algumas coisa a respeito deste material e dos compositos há uns anos se calhar pode dar jeito na escolha dos tubos...oopps da bike;-).

Eu cumprava logo no CR!! otimo preços....

ciao

Ps: há sempre a possibilitade de cumprar um usado....o titanio é um material com grande resistencia a fatiga por isso um quadro de 3-4 anos é sempre novo;-)...isso não val com o Aluminio!!

@Lo Scalatore
Antes de mais agradeço-te a pequena aula sobre o Ti pois apesar de ter andado a fazer umas pesquisas ainda tenho muito que aprender.
Aproveito para te perguntar se um quadro com simple butted não será demasiado flexível para um utilizador (eu) com 90kg.
Ando a tentar confirmar qual a espessura do quadro Lynskey R140 mas julgo que será simple butted...
 

jppina

Well-Known Member
#33
João

Eu parti do pressuposto que o quadro efectivamente se consiga comprar aquele preço, embora fique mesmo muito admirado se assim for. Obviamente que se o valor for mais perto dos 1250€/1500€, não há orçamento de 2500€ que resista...
E custa, para entrega em França, onde está o Delamadera! Curiosamente se mudarmos a entrega para portugal, passa a custar 1419€... Vá-se lá perceber o CRC...
 
#34
Ora uma segunda bicicleta para longas distâncias sem passar os 2500€...

Contas redondas:

Lynskey 150: 880€
Cx direcção cane creek forty: 40€
Forqueta Ritchey Comp: 180€
Grupo 105 11v completo: 460€
Rodas Zonda: 330€
Espigão EC70: 130€
Avanço EC70: 93€
Guiador EC70: 160€
Selim à escolha: 150€
Cabos Jagwire: 35€
Pneus e câmaras de ar: 60€
Fita de guiador: 15€
Grades de bidão: 30€

Total: 2563€

Uma pequena derrapagem face à estimativa inicial... :eek:
Contudo, poderá existir uma poupança significativa consoante o local de compra e os preços que conseguires entre material novo e material semi-novo (aplicável sobretudo aos periféricos).

Se conseguires o quadro ao preço que indicas, é daqueles negócios que não devem sequer ser muito pensados. Dificilmente compras um quadro usado de marca por esse preço, fará novo...

Quanto aos fabricantes... há para todos os gostos. Eu gosto de pensar que os tipos que já andam nisto há 30 anos percebem uma ou duas coisas acerca do material e daí a opção...
Mas já tinha dissertado sobre isto --> aqui.

Boas escolhas!

@duchene
Obrigado pela tua opinião que para além de seres utilizador Ti, normalmente antes de adquirir material documentas-te com rigor.
Andei a consultar opiniões sobre o Lynskey R140 no bikeforuns.net e alguns "foristas" acham que o quadro não é tão rígido como o R230 o que para o meu peso, o R140 poderá não ser adequado ainda para mais que pedalo com cadência baixa. Que achas?
Já agora o R240 é igual ao anterior R230? ou existem diferenças?
 

duchene

Well-Known Member
#35
O meu R230 está bem cotado na escala de rigidez muito por culpa da ovalização das escoras traseiras bem como do tubo diagonal do triângulo principal. Melhor, supostamente, só as versões Helix.

Contudo, a questão da rigidez poderá ser sobrevalorizada, como aliás muitas das características nas bicicletas. Pessoalmente, por via das minhas opções em termos de abordagem ao ciclismo, cada vez mais me identifico com o Richard Sachs, na visão plasmada aqui -->"I don’t ever consider stiffness in my frame. I wouldn’t even know how to define it. When people talk to me about it, I’ve no clue what they are talking about."

Quanto às diferenças entre R230 e R240, prendem-se essencialmente com a inclusão de um headtube tapered e respectiva caixa de direcção integrada, na versão 240.
 
#36
@Lo Scalatore
Antes de mais agradeço-te a pequena aula sobre o Ti pois apesar de ter andado a fazer umas pesquisas ainda tenho muito que aprender.
Aproveito para te perguntar se um quadro com simple butted não será demasiado flexível para um utilizador (eu) com 90kg.
Ando a tentar confirmar qual a espessura do quadro Lynskey R140 mas julgo que será simple butted...
Bom tarde Delamadera,
esta é uma pergunta muito dificil de responder porqué ha demasiados elementos "no meio":).
Em geral pelo que lembro no aço e no Titanio podemos utilizar tubos com espessura costante ( straight gauge) ou com espessura variavel ( eu lembro-me bem do meu quadro de aço Scapin Triple Butted do inicio 90's!)...double butted temos dois niveis de espessura no tripple temos 3....osseja o target é eliminar material eccedente nas areas onde não precisa ao invez ter mais espessura nas zonas de maior stress meccanico....a vantagem é menor peso do sistema sem perder caracteristicas mecanicas da estruttura e ter junçoes mais rijas...mas a respeito da rigidez/ flexibilitade eu acho que esta diferencia de espessura tem pouco impacto. O diametro dos tubos ao invez é mais importante e tem grande influencia na rigidez ( se calhar há aquí um engenheiro mecanico para confirmar; no carbono por exemplo podemos utilizar fibra mais baratas com carateristicas mecanicas mais fracas e aumentando o diametro temos uma compensação!:)..reparai nesta tendencia ultimamente;-)...mas é um outro assunto.
Agora realmente a tipologia do titanio utilizado, e a sua esecuçaõ tem impacto no resultado final por isso em minha modesta opinião quando se cumpra um quadro em titanio devemos escolher nomes conhecidos com esperiencia neste tipo de esecuções!....de certeça que na sua escolhe não pode optar para um quadro muito leve em titanio!! O Ti tem modulo de Young que é a metade do aço por isso dizemos que é um material "mole" e mesmo por isso que precisamos de Alumino e Vanadio para endurecer!!....
Ideal em minha opinião é escrever ao costrutor e perguntar qual seria o quadro ideal pelo uso pretendido e com o seu peso....em todos os casos há forum americanos onde há reviews a respeitos dos varios quadro em Ti e talvez encontra info mais detalhadas para ter uma ideia em relação a um determinado quadro!.
Mas se o teu objetivo é ter uma bike com confort que utiliza em percursos endurance o aspecto flexibilitade pode ser secundario....e depois quando falamos de rigidez do que estamos a falar? De rigidez lateral? Da rigidez da caixa da pedaleira? Da rigidez do triangulo traseiro?...e tudo muito complesso este assunto!!...e estamos certos que um quadro rijo é sempre melhor? Para fazer o que??:)...Sean Kelly ( outra epoca ) ganhou competições e sprint com Vitus de aluminio que usavam tubos com diametro pequeno e que eram praticamente "alforrecas" em comfronto as carbonicas de hoje.....quero dizer que a rigidez é um termo abusado hoje em dia. Para viagem longas é bem melhor uma quadro "mole" que "rijo" isso é!.
 

RTC

Moderador
Staff member
#37
Atenção, eu falei na forqueta Enve não como fosse um "must-have" mas como uma opção que iria melhorar esteticamente a montagem, sendo certo que não é uma forqueta barata. E falei nisso porque o preço do quadro sem forqueta que foi aqui falado está tão "barato" que com jeito, podia haver plafond para essa aquisição.
Claro que para uma montagem até 2500€ não vai deixar-lhe grande espaço para devaneios. Até porque não se encontram forquetas Enve em promoção...
Ao passo que como o André referiu, com sorte pode-se encontrar uma Easton, uma 3T ou uma Ritchey com preço mais em conta e certamente qualquer uma destas apresenta boa qualidade.
 
#39
...muito menos equacionar forquetas que não sejam de renome. Contudo, se o Xavier tiver a mesma sorte que eu, consegue comprar a Easton EC90 SLX nova por 150€... ;)
Renome, renome não sei se é (para alguns) mas estava a falar de DEDACCIAI, apenas...

Obviamente que o orçamento final vai pender muito da escolha do quadro, mas 2.500€ é um cenário muito optimista ou então arrisco a dizer que vai resultar numa montagem muito desequilibrada ou pouco homogénea...

Cumprimentos,