pedrolobo7: Os meus videos cicloturistas

#Dia 3: O olimpo do ciclismo, subida ao Angliru - 07 de Junho de 2015#


picu´l Gamonal

O grande objectivo, a verdadeira razão desta odisseia, o alto do Angliru.
Não sabia como estariam as pernas depois da prova mas cedo constatei que estavam bem, mesmo muito bem.
Chegados a Riosa o esplendor das montanhas era impressionante, nunca vi tal igual. Cedo constantamos também que mais uma vez o tempo não era muito favorável via-se claramente a névoa que pairava a montanha, ou pelo menos pensavamos nos assim. Ainda haveria muitas surpresas.....


Vista do parque de estacionamento em La Vega

Após um ligeiro aquecimento lá começamos nós. Até Pórcio nada de anormal, pendentes na casa dos 6 / 7%. Após o corte de Pórcio deparamos com esta beleza, a placa com os vencedores da Vuelta.




A partir daqui é uma outra subida, após o parque de merendas de Pórcio existe uma ligeira descida para a seguir começar o inferno. Les Cabanes, média de 22% e apenas 200 mts começou uma verdadeira brutalidade. Para ajudar á festa a calçada estava uma lástima com Vacas a pairar na estrada o que nos obrigava a contorna-las. A descer vem um espanhol que dizia: "Fuerza, Animo" " Lá arriba está sol". O quê? Sol? Deve estar bêbado com certeza pensava eu.......

Após Les Cabanes, começo a arfar com o calor e após 200mts deparo-me com este cenário após passar o nivel das nuvens



De repente a temperatura subiu de 12º para cima de 20º IMPRESSIONANTE, nunca vi tal.
A dureza continuava, vinha aí Cobayos, outra aberração 500 mts a 19%. Podem ver no video o meu comentário "18%, vamos aproveitar para descansar aqui". Nunca pensei dizer isto, uma subida de 18% e aproveitar para descansar no selim..... só visto.

Passado este segmento vinha o Adamastor La Cueña Les Cabres



ATERRADOR. Nunca vi tal. 700mts a 18% media onde o máximo atinge 23,5%.



É demolidor a vista, pelo meio encontramos 2 Espanhois que quase desmaiavam com a dureza (eles iam em BTT, podem ver no video). Nunca pensei um dia haver algo mais duro que a subida de Sobradinho para o Montemuro. Esta subida fez-me pensar nisso "Quem me dera estar no sobradinho". Como é que eu vou fazer isto????

Muito muito duro. Mas após os 700mts a vista era esta. IMPAGAVÉL!




O pior estava passado, aqui tem-se um vislumbre da conquista com pendentes de 15% o que, na altura parecia fácil, muito fácil. Pelo meio encontra-se gravado na estrada "Guardianes del Paraíso". Parecia isso mesmo que estavamos a subir ao paraíso.
Agora não era tempo pois faltava ainda o Aviru, com pendentes de 19%, no entanto a média era apenas 8% nos 1ºs 200mts.


Apos o Aviru

Agora estava quase, veio-me à mente tudo o que passei, os sonhos de menino de vir cá um dia, a conquista, a lesão no joelho que quase, quase não me deixava vir, A minha avó que está no céu que sempre me dizia para ir de encontro aos meus objetivos. Pensei nela e no meu avô essencialmente.

Agora foi "descer" até ao topo e conquistar o Alto. SUBLIME




VEJAM AGORA O VIDEO:

[video=vimeo;130191783]https://vimeo.com/130191783[/video]
 
Fonix meu... comecei a ler o post do 3º dia e pensei... fodasse já me estragou o dia (para quem não sabe era suposto eu ter subido o Angliru na semana passada), bem a verdade é que as imagens me acalmaram e os últimos parágrafos deixaram-me emocionado... eu conheço essas sensações!
Parabens pela aventura.
Agora vou ver o video e... quem sabe chorar um bocadinho :(
 

duchene

Well-Known Member
Parabéns Pedro!

O Angliru é certamente uma das subidas mais míticas da europa, tal a forma como esses 1200m de ascensão foram compactados. O vídeo revela bem a dificuldade em vencer a gravidade mas também a enorme recompensa que a vitória nesse jogo de forças produziu.

A clássica dos lagos é uma forma rápida e guiada de conhecer pela rama os picos da europa. Contudo, para a total espectacularidade, nada como dares lá um salto e embrenhares-te nas maravilhosas estradas de montanha daquela região...

Agora resta desejar que continues a perseguir e a conquistar os teus objectivos! Aqui só temos a ganhar com isso!

Um abraço!
 
Obrigado a todos companheiros!

Skyforger Eu por acaso gosto mais das fotos, o video não faz jus às pendentes e à dificuldade do dia aliado ao facto de ter levado a GoPro no capacete e foi + 1 extra de peso ....:mad::mad::mad:

Morg e SantosDaCasa Obrigado! Foi realmente um realizar de um sonho ... com muitos e muitos anos. Quando chegamos ao topo pensamos nesses momentos todos, mas pelo meio pensamos "o que é que eu ando aqui a fazer?" :p:p

desmo13 Não é preciso chorar. Não sei o que se passou mas se tinhas o objectivo de lá ir acima e por qualquer razão não pudeste/conseguiste ir concerteza irás novamente. Ah .... e se calhar até apreciarás melhor o momento. ABraço e força nessas aventuras!!:D:D:D

duchene Obrigado André. Os Lagos foram realmente uma forma rápida, não de conhecer mas de concretizar um pequeno objectivo. Terei de lá voltar pois o tempo estava horrível e nomeadamente a minha esposa não consegiu "ver" nenhum dos lagos :mad::mad:.
A viagem foi programada em forma relâmpago pois só tinha 3 dias disponiveis.
Agora confesso que abri uma caixa de pandora e nada será como dantes. Já tenho bem delineado o explorar daquelas montanhas num proximo objectivo e dessa vez será com bastante mais tempo.
Quanto ao Angliru foi tudo dito, uma brutalidade.
 
#2015-06-27#: "Souto / Fátima - Passeio anual Associação Roda Souto Team"

No longinquo e passado ano de 2011, junto com 3 amigos tivemos um sonho de formar uma associação, associação de cicloturistas onde o mote seria o CONVIVIO, a AMIZADE e claro o PRAZER de pedalar. Eram estas a 3 premissas da ideia.
Muito tempo passou, foram lançadas a bases para o projecto e é com muito agrado que vejo que finalmente o projeto nasceu. Nasceu e está muito vivo, com os ideais bem fortes que um dia eu, e os meus amigos Renato e Jorge sonhamos.
Foi lançada a ideia, foi criada uma prova de BTT já de referencia na zona e é com agrado que vejo o projeto VIVO e a crescer.
Agora eu do outro lado sinto-me feliz por isso.
Parti como uma andorinha, para encontrar outras paragens quando vi que o meu trabalho estava feito. Era tempo de passar a pasta a outros....
Todos os anos efetuamos um passeio anual a Fatima. O deste ano foi ... sublime muito muito bom.
Alvorada as 03:00 para pedalar as 04:45. O dia foi um dia bem entregue de convivio e ainda pude "desviar" o meu amigo Pedro petrix batista, igualmente user aqui do forum a acompanhar-nos...
Só pode vir até à tocha pois ia ver o "banco do noca"....
Muito bom obrigado Pedro pela companhia e obrigado á ARST pelo dinamismo evidenciado.
Fica o video.....

[video=vimeo;132253203]https://vimeo.com/132253203[/video]
 

petrix

Well-Known Member
Obrigado eu pela companhia, foi muito bom. :)
O video está excelente. :)
Quando quiseres ir á Freita, já sabes.
Grande abraço.
 
#2015-07-09#: "A maior de 2015 - 232Km: Figueira / Mira e Furadouro"



Na ausência de vídeo, vejo-me forçado novamente a escrever uma crónica ... buff que chatice!!!
A ideia à muito estava na mente, só era preciso o timing correcto. A ideia era ir até à Figueira e regressar pela costa. No entanto não era fácil de concretização pela razão simples que me dou muito mal com o calor, péssimo mesmo. Por outro lado se tentasse levar a cabo esta aventura numa época mais fresca correria o risco certo de as fotos das paisagens sairem más, quer pela chuva, ou nevoeiro dessa época.
Sendo assim só haveria uma hipótese ... madrugar, e madrugar a sério!
Foi o que fiz. 3h alvorada, pequeno almoço e às 4h arranque em direcção à N109.


Arrifana - 04h:10m

Nunca tinha quer acordado, quer saido tão cedo para uma uma volta a estas horas. A logística tinha sido pensada cuidadosamente no dia anterior e não levei mais do que 1/2 hora a prepará-la. Sendo assim levei:
- Camelback
- Corta-vento
- 2 luzes trazeiras
- 1 luz dianteira de presença
- 1 luz dianteira (3500 lumens) + bateria
- Gps + bateria auxiliar de 3h
- Alimentação / hidratação
- Gopro

Penso que não me esqueci de nada ... pensava eu.


O cockpit

Incrível o sossego que se vive a esta hora. Encontrei à saída de casa alguns feirantes a acordar e ... até Aveiro foi isto. Não vi viva alma! Presenciei com agrado os primeiros raios de luz na ponte de Ílhavo, foi mágico!


Ponte de Ílhavo

Daqui até à Tocha foi um pouco monótono .... Presenciei com desconforto que me doíam um pouco as costas mas decidi continuar até ao Km 80, altura em que tomei o meu bolo de arroz+café na "princesinha da tocha".
Ao sair constatei que tinha aparecido uma neblina preocupante dado eu estar a apenas 30km da costa ......
Lá continuei e .... a 5km da Figueira veio o bom tempo. Sol e um sossego absoluto as 8h da manhã.


Figueira da Foz - 08H10m

Que calmaria, que fantástico cenário! Lembrei-me dos muitos amigos que tenho aqui mas a odisseia que tinha premente não me permitia muitas paragens, pois tinha o objectivo de "fugir ao calor" e ao mesmo tempo de passar por todos os locais que tinha planeado ....
Proximos destinos, subida à serra da Boa Viagem, com paragem a 1/2 no miradouro.


Miradouro do Cabo Mondego

Este spot encheu-me as medidas. Que visão! Já valeu a pena vir cá, pensei eu.




De seguida lá segui eu até ao topo ...




Aqui veio o martírio da viagem. A terrível estrada que me leva de volta até à N109 via Quiaios. Com já disse o skyforger aqui no seu post do FC recentemente Este paráiso "já merecia melhor estrada". Confesso que cheguei a um ponto que não sabia de continuava se virava para trás. Prefiro um qualquer steratto a esta estrada miserável!
Lá continuei e na viragem para Mira encontrei-me com a verdadeira razão desta viagem o "pequeno paraíso esquecido". mais do que comentar deixo-vos algumas imagens ....


Acesso ao "paraíso"




É mesmo um pequeno paraíso esquecido .... Encontro-me nesta fase com outro lugar maravilhoso, já apelidado por "banco do noca", uma vez que nos foi dado a conhecer pelo Noca Ramos agora tb user do FC. No meu caso foi-me dado a conhecer pelos meus bons amigos petrix e marcos2000. Um obrigado a eles.


"Banco do Noca"


Não consigo esprimir por palavras o que me ia na alma. Só digo que a sensação de tranquilidade é enorme. Como me disse o amigo duchene são estes sítios que nos enchem a alma. Bem verdade ...
Eram 10h20m e estava em CRI, já que tinha que estar na barra as 11h45m para o ferry. Foi sempre a abrir até à Vagueira com passagens pela Costa Nova e Praia da Barra, locais já bem conhecidos de mim.


Costa Nova

Praia da Barra

Navio-Escola Sto. André

Eram 11h32m e cheguei ao cais. Ao longe via a cale de aveiro a partir de S. Jacinto. Ainda teria de esperar uma boa 1/2 hora e no final só ás 12h10m parti em direcção a S. Jacinto.


cale de aveiro


Aqui deparo-me com um problema, verifico a caixa das ferramentas e vejo que está .... VAZIA!!!
Ou seja, fiz o trajeto todo sem desmontas, sem camaras suplentes, sem elos rápidos e apenas com a mini bomba de ar !!!! Meu Deus....

Agora era rolar o mais rápido possivel até ao Furadouro pois o sol já vinha bem alto. Chegado ás 13h20m, comi um belo dum cachorro molhado, abasteci com uma garrafa de água e partir em direcção a Santa Maria da Feira.

DADOS FINAIS:
*232,40Km
* 8H55m22s tempo de movimentação
* 1.443 mts d+
* 2 barras
* 1 gel
* 1 saqueta de magnésio
* 1 sandes com panado de frango ( em MIRA)
* 3 Bidons de Agua c/ sais
* MUITA MUITA Diversão
 

petrix

Well-Known Member
Estás de parabéns amigo Pedro, quer pela volta, como pelas fotos e relato. :)
Vê o lado positivo de te teres esquecido de todo esse material, assim foste mais leve. :D
Grande abraço.
 
Estás de parabéns amigo Pedro, quer pela volta, como pelas fotos e relato. :)
Vê o lado positivo de te teres esquecido de todo esse material, assim foste mais leve. :D
Grande abraço.
Obrigado Pedro, mas olha que podia ter corrido muito mal ... quando me lembro daquela caixa das ferramentas vazia ..... Abraço
 
#2014-10-10#: II Volta da Posta (PORTO Cycling Team)

Apos muito, muito tempo eis que ... voltei!

No passado sábado foi dia da II Volta da Posta, organizada pelo PORTO Cycling Team. Decidi anuir prontamente ao convite efetuado pois teria a certeza de 3 coisas:

a) Seria um dia bem passado;
b) Boa companhia garantida;
c) Iriamos comer a posta, ou como se diz na minha terra ...a VAAAAAACA!!

Foi uma dia soberbo, pingado aqui e ali por alguns devaneios do S. Pedro mas que não fez desistir ninguem. Foi igualmente bom (re)ver algumas caras que só temos oportunidade de o fazer nestas alturas.

Parabens ao Rui Abrantes pelo trajeto escolhido, pois se o regresso foi efetuado pela movimentada R108, a ida foi destinada para alguns conhecerem estradas desertas e fascinantes escondidas. Apesar de já conhecer, gostei particularmente pela escolha da subida ao alto do Viso e a passagem por Lázaro.

Obrigado a todos mais uma vez.~~~~~~~~~

Aqui fica o [video=vimeo;142129719]https://vimeo.com/142129719[/video]
 
Pedro, a posta estava boa, mas nem que não estivesse. Valia a pena lá ir pelo convívio, pelo percurso... E pela oportunidade de ver mais um dos teus excelentes vídeos. Sou suspeito, porque estava lá, mas este está muito, muito bom.
 

JPLopes_73

Well-Known Member
Boas,
antes de mais agradeço o convite, mas por algum motivo não consegui arranjar um gajo que fosse comigo até ao Porto no sabado passado. Também tenho andado a abusar ... os meus filhos já mal veêm o Pai ao fim de semana.

este fim de semana foi mais moderado. Conheço bem a estrada e a Posta ... e um dia destes tenho de voltar à serra da Freita para acabar aquilo que não foi concluído.

Muito bom rescaldo e para o ano 2016 tenho esta data reservada ... avisem com a antecedência possivel.

Abraço e força no pedal ...

JPLopes
 
As duas grandes imagens deste vídeo:

- O Rui a coçar a perna com grande estilo utilizando a parte traseira do sapato;

- O Paulo com os chocolates numa mão e o garrafão na outra.

Agora mais a sério... A descida à garganta do Paiva. Zona fantástica.

Obrigado pela tua presença, roda e companhia.