Mega Sondagem Legislativas 2022 Forum Ciclismo

intenção de voto do Forum

  • PS

    Votes: 8 12.5%
  • PSD

    Votes: 21 32.8%
  • Chega

    Votes: 5 7.8%
  • BE

    Votes: 2 3.1%
  • CDU

    Votes: 1 1.6%
  • IL

    Votes: 15 23.4%
  • PAN

    Votes: 3 4.7%
  • CDS/PP

    Votes: 1 1.6%
  • Livre

    Votes: 6 9.4%
  • Não vou Votar

    Votes: 2 3.1%

  • Total voters
    64
  • Poll closed .

Jazz

Well-Known Member
Só tenho duas perguntas:

O GNR sabia que era uma criança? Quase sempre é usado esse argumento para causar um sentimento de pena
Se tivesse sido atropelado algum familiar teu devido à fuga e tivesse ficado paraplégico ou mesmo morto manterias a tua opinião?

Obviamente que ninguém queria que morresse uma criança, agora acho que depois de ser condenado, ter cumprido a pena continuarmos a crucificar o homem que estava ao serviço do país por uma decisão, um erro, uma coisa de segundos considero que é errado.
Duas respostas:

É ridículo vir discutir "se fosse família, se fosse não sei o quê". Ridículo.
Quando se analisam casos destes, olha-se da parte da Lei, da Justiça. Não é da parte pessoal. A Lei serve para isso. Para não vivermos na selva.

Só falta perguntares se alguém matasse um membro da minha família, se eu não o queria morto, também. Se eu quisesse, ou se eu próprio o fizesse por vingança, então eu teria de responder na Justiça pelos meus actos. E provavelmente seria condenado. E muito bem. Porque não estamos na selva. A Justiça serve para isso, percebes? Para olhar para os casos de forma imparcial.
Senão andávamos todos aos tiros e às catana das pela rua fora.


Se o caso for de risco, a polícia não deve actuar. Se havia o risco de atingir alguém dentro do carro, não podia disparar.



Que pena é que ele cumpriu, já agora? Sabes?
 

jcca

Well-Known Member
No Porto, há uns anos era um homicida condenado, pelo assassinato dum miúdo de 13 anos. Aquela situação do carro em fuga, depois dum assalto, em que o GNR matou o pendura, que era filho do condutor.

Mas o que acho abominável é que um agente da autoridade atire a matar para dentro dum carro, quando não sabe quem lá vai dentro, e ainda por cima atira a matar.
Por norma não discuto política, estamos num estado de direito, todos os que cumprem as regras deste estado têm direito a representação e a ter opinião, sejam "faxos" ou "comunas" (historicamente ambos cometeram atrocidades a diferença uns foi na europa e outros na euroasia). Mas o que me traz aqui não é a ideologia mas sim a correção dos factos eu qd não sei vou me informar se quero falar, e se não sei nao uso o que outros disseram ou que eu percebi e deturpo.
Basicamente estas tuas duas afirmações não correspondem à verdade.
1⁰ não ia de pendura
2⁰ não atirou a matar
3⁰ nada justifica uma morte e aqui existem mtas culpas.
O 1⁰ ia deitado na traseira da carrinha.
O 2⁰ atirou "à cowboy" ficou a saber que a vida real não é filme, atirar às rodas de um veículo em movimento não se acerta nas rodas mas em outros locais e estava lá uma criança deitada.....
Em Portugal o chega será uma ditadura no dia que 66% dos portugueses assim o quiserem, tal como portugal foi uma extensão da cortina de ferro pelo PCP e pelo MRPP ou pelas FP25 de Abril, ou seja, nunca 66% dos portugueses o quiseram.....
Por isso discutam ideologias, ideias para melhorar esqueçam os PAPÕES.
Mas lembrem-se sempre que para distribuir riqueza é preciso produzi-la antes de a distribur é precido recompensar quem a faz quem investiu para a criar e só dp por quem precisa e nada fez, pois sem isso não há nada para distribuir.
Todos nós queremos o mesmo agora uns acreditam nuns "artistas de circo", outros acreditam em "artistas de teatro", outros em "cantores líricos"
Acima de tudo, não sejam demagogos e digam verdades.
E para não se virem para aqui justificar as vossas afirmações repito o que já escrevi antes e que não é o tema da minha intervenção "nada justifica a perda de uma vida humana"
 

francisco

Well-Known Member
Sim, claro. Foi o buraco na estrada. Que risota.

"Quando disparou para o pneu direito, um solavanco na estrada fez a bala atingir a traseira da carrinha. Só quando os assaltantes finalmente pararam é que o militar percebeu que havia uma criança escondida na parte de trás da carrinha. Tinha-a atingido.
O rapaz de 13 anos não sobreviveu."


Acho que através da noticia da Visão se torna mais claro os contornos da situação.

Aquilo depois deve ter ido para pena suspensa que é o clássico em Portugal. Quantos casos temos de penas suspensas em casos de homicídio e tentativas do mesmo? Talvez demais sem dúvida
Para além disso deve ter pago os 55 mil euros e ainda ficou o período da suspensão a receber 1/3. Claro que foi considerado culpado e concordo com tal. Agora leva com rótulo de homicida de uma criança para a vida toda.
 

Jazz

Well-Known Member
Por norma não discuto política, estamos num estado de direito, todos os que cumprem as regras deste estado têm direito a representação e a ter opinião, sejam "faxos" ou "comunas" (historicamente ambos cometeram atrocidades a diferença uns foi na europa e outros na euroasia). Mas o que me traz aqui não é a ideologia mas sim a correção dos factos eu qd não sei vou me informar se quero falar, e se não sei nao uso o que outros disseram ou que eu percebi e deturpo.
Basicamente estas tuas duas afirmações não correspondem à verdade.
1⁰ não ia de pendura
2⁰ não atirou a matar
3⁰ nada justifica uma morte e aqui existem mtas culpas.
O 1⁰ ia deitado na traseira da carrinha.
O 2⁰ atirou "à cowboy" ficou a saber que a vida real não é filme, atirar às rodas de um veículo em movimento não se acerta nas rodas mas em outros locais e estava lá uma criança deitada.....
Em Portugal o chega será uma ditadura no dia que 66% dos portugueses assim o quiserem, tal como portugal foi uma extensão da cortina de ferro pelo PCP e pelo MRPP ou pelas FP25 de Abril, ou seja, nunca 66% dos portugueses o quiseram.....
Por isso discutam ideologias, ideias para melhorar esqueçam os PAPÕES.
Mas lembrem-se sempre que para distribuir riqueza é preciso produzi-la antes de a distribur é precido recompensar quem a faz quem investiu para a criar e só dp por quem precisa e nada fez, pois sem isso não há nada para distribuir.
Todos nós queremos o mesmo agora uns acreditam nuns "artistas de circo", outros acreditam em "artistas de teatro", outros em "cantores líricos"
Acima de tudo, não sejam demagogos e digam verdades.
E para não se virem para aqui justificar as vossas afirmações repito o que já escrevi antes e que não é o tema da minha intervenção "nada justifica a perda de uma vida humana"

Vou-te responder, porque me citaste duas vezes.

Tudo óptimo no teu post.

Quanto a demagogia, como me citaste, presumo que seja para mim, rejeito totalmente. Nesse aspecto não tens razão nenhuma.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Essa situação especifica com o Assaltante que leva o puto escondido na carrinha durante o assalto mas o assunto principal é o Policia diz muito sobre a nossa justiça e autoridade.

Mas enquanto isso temos Ministros como o Cabrita em alguns governos a serem seguros durante anos e sairem de lá para ir para bons cargos.

Temos o que merecemos
 

Jazz

Well-Known Member
Essa situação especifica com o Assaltante que leva o puto escondido na carrinha durante o assalto mas o assunto principal é o Policia diz muito sobre a nossa justiça e autoridade.

Mas enquanto isso temos Ministros como o Cabrita em alguns governos a serem seguros durante anos e sairem de lá para ir para bons cargos.

Temos o que merecemos
O assunto não é o polícia.

O assunto é a acção negligente, desmesurada e contra as normas da corporação, por parte do polícia.


É completamente diferente.
 

Jazz

Well-Known Member
Naquele caso, matou o miúdo que ia escondido no carro.

Mas podia ter morto alguém que ia no passeio, por exemplo.

Ou alguém dentro da casa ao lado do carro, quando ia a passar.

Ele disparou quando não podia. As regras são para isso mesmo. Para evitar este tipo de tragédias.
 

MiGuEl_82

Well-Known Member
Se o caso for de risco, a polícia não deve actuar. Se havia o risco de atingir alguém dentro do carro, não podia disparar.
N sou a favor da pena de morte porque considero que ninguém tem o direito de tirar a vida a outra pessoa. Mas não concordo que os nossos polícias só andem com armas a servir de enfeite. Se a situação o exigir, sou da opinião que a polícia deve agir e se necessário tomar uma posição de força. Nunca de forma proativa mas sim reativa.

Não concordo com a tua perspetiva sobre este incidente. Pelo que conheço da situação, parece-me que o guarda acabou por ser vitima da situação. Teve que agir, tentou imobilizar o veículo furando um pneu, lamentavelmente acabou do matar uma criança de 13 anos que estava no sitio errado à hora errada. O maior responsável por esta situação é o pai.
 

pratoni

Well-Known Member
Penso que pela lei eleitoral este topico deverá ser encerrado às 24h de hoje e só ser reaberto às 19:01 de domingo para refletir o período de reflexão, certo?
:p:p:p:cool::cool::cool::D:D:D
 

Jazz

Well-Known Member
N sou a favor da pena de morte porque considero que ninguém tem o direito de tirar a vida a outra pessoa. Mas não concordo que os nossos polícias só andem com armas a servir de enfeite. Se a situação o exigir, sou da opinião que a polícia deve agir e se necessário tomar uma posição de força. Nunca de forma proativa mas sim reativa.

Não concordo com a tua perspetiva sobre este incidente. Pelo que conheço da situação, parece-me que o guarda acabou por ser vitima da situação. Teve que agir, tentou imobilizar o veículo furando um pneu, lamentavelmente acabou do matar uma criança de 13 anos que estava no sitio errado à hora errada. O maior responsável por esta situação é o pai.
Compreendo o teu argumento, Miguel.

Não concordo totalmente, mas o que dizes faz todo o sentido.

De qualquer forma, não me parece um tema relevante para este tópico. Fui eu que o mencionei, culpa minha, mas não pretendia discutir este assunto polémico.




Amanhã é dia de reflexão e ainda não sei em quem votar. Está difícil.
 

jcca

Well-Known Member
Vou-te responder, porque me citaste duas vezes.

Tudo óptimo no teu post.

Quanto a demagogia, como me citaste, presumo que seja para mim, rejeito totalmente. Nesse aspecto não tens razão nenhuma.

És citado porque falas duas coisas que não são verdade de forma leviana sobre duas vidas humanas uma que infelizmente já cá não está e outra que terá de viver com o sucedido até ao final da sua.

Sobre a demagogia é para todos os "Fachos " (usada por ti) e "comunas" (usada por mim) que são os extremos mas serve para todos, que não discutem as sua ideologias forma de as aplicar as suas virtudes e os seus problemas estruturais mas sim lançam atuardas e esperam que não sejam verificadas de forma a que sejam repetidas muitas vezes pelos seus seguidores papagaios com défice de inteligência (que não vão verificar o que andam a repetir) de forma a que se torne em verdade de tanto ser repetido.

Se ainda não percebeste que neste assunto pelo meu ponto de vista não tens razão pois não foste verificar o que propagaste e é só, não é pela opinião politica que como já referi antes tens tanto direito de a ter como eu e se achas que a deves divulgar deves ser respeitado como deves respeitar a dos outros.
A todos pedalem mais teclem menos.
 

Jazz

Well-Known Member
És citado porque falas duas coisas que não são verdade de forma leviana sobre duas vidas humanas uma que infelizmente já cá não está e outra que terá de viver com o sucedido até ao final da sua.

Sobre a demagogia é para todos os "Fachos " (usada por ti) e "comunas" (usada por mim) que são os extremos mas serve para todos, que não discutem as sua ideologias forma de as aplicar as suas virtudes e os seus problemas estruturais mas sim lançam atuardas e esperam que não sejam verificadas de forma a que sejam repetidas muitas vezes pelos seus seguidores papagaios com défice de inteligência (que não vão verificar o que andam a repetir) de forma a que se torne em verdade de tanto ser repetido.

Se ainda não percebeste que neste assunto pelo meu ponto de vista não tens razão pois não foste verificar o que propagaste e é só, não é pela opinião politica que como já referi antes tens tanto direito de a ter como eu e se achas que a deves divulgar deves ser respeitado como deves respeitar a dos outros.
A todos pedalem mais teclem menos.
Respeito perfeitamente.

Mas discordo totalmente.

Fachos, sim. Quem faz a saudação fascista, é um facho. Não é demagogia, não é mentira. É um facto. Tentar normalizar gente dessa terá sempre a minha oposição frontal e clara.


Quanto ao que citaste, não é verdade, para ti.

Para mim é. Nunca me hei-de acreditar na desculpa do buraco. É uma treta. Faz lembrar a cena do Pulp Fiction. Se calhar foi daí que tiraram a ideia.
 

Jazz

Well-Known Member
Mas também sei reconhecer que a memória me traiu quanto a esse acontecimento e pensei que a vítima ia no lugar do pendura.

Devia ter ido confirmar antes, por não o ter feito, as minhas desculpas.
 

cou7inho

Well-Known Member
O hospital de Penafiel paga 1 milhão de euros anuais em média ao hospital privado da Boa Nova, para fazer ressonâncias magnéticas. Há anos que o hospital de Penafiel tenta comprar uma máquina de rm, que custa sensivelmente 1,5 milhões de euros. Mas não há maneira de sair o concurso para conprar a máquina.
Vi agora uma noticia e lembrei-me deste post que fizeste.
Parece que felizmente isto está a andar para a frente.
https://averdade.pt/instalacao-da-r...DJ7NK2BNSDAN6GN_E7euk6AxFeheLgIyAeN3c1zGc6M0M
 

Jazz

Well-Known Member

cou7inho

Well-Known Member
Eu sabia que o PS ganhava. Mas nunca pensei que desse uma porrada tao grande no PSD. Estou completamente sem palavras. A ver vamos como isto se traduz em número de deputados eleitos
 

marcos leal

Well-Known Member
desde já os parabéns e o meu obrigado a todos o que exerceram o seu direto de voto e/ou participaram neste ato eleitoral.

Grande vitória do Partido Socialista, parabéns a António Costa conseguiu mobilizar os seus eleitores de sempre e boa parte do eleitorado do BE e com isto está ao pé de uma maioria absoluta (acho que pouca gente ainda se deve lembrar de como acabou a última maioria do PS). É o grande vencedor da noite.

quando à derrota dos partidos de direta, é incontestável. não conseguiram passar a sua mensagem e apesar dos pequenos partidos terem cumpridos as suas metas (Chega >7% e IL + de 5 deputados) saem todos derrotados no seu (e meu) principal objetivo, tirar o PS do poder. encaro esta derrota como uma derrota pessoal as well, apesar de não fazer parte de nenhum partido.

os resultados são claros e os portugueses não deixaram de ser portugueses na hora de votar e confiaram na velha máxima tuga "vamos fazer como sempre fizemos porque agora, agora é que vai ser…"

posto isto, no futuro vão olhar para o dia de hoje e verão o dia em que se perdeu mais uma oportunidade para efetivamente mudar de rumo para melhor e se deu o pontapé de saída para a 4ª pré-bancarrota… ou mesmo bancarrota desta vez, quem sabe… (gostava mesmo, mas mesmo mesmo de estar errado e não ter razão nenhuma na afirmação que acabei de fazer :confused:).

cumprimentos, a todos, desculpem qualquer coisa se fui rude ou indelicado com alguém em algum comentário, foi um gosto discutir e trocar ideias convosco para além das biclas é claro ;)

(p.s. @francisco tomei essa decisão durante a campanha eleitoral de 2019, se o pais ficasse nas mãos da esquerda dava o baza. alguns meses depois consegui concretizar a ideia. Até aos dias de hoje, já lá vai ano e meio, só tenho um arrependimento… foi de não ter abandonado mais cedo)
 
Top