Giro de Itália 2020

Goste-se ou não temos que admitir que a Ineos é uma equipa do cacete!! Líder fora de prova logo no início. Ainda assim ganham 1/3 das etapas e levam a geral com alguém que vinha como mero gregário... Chapeau!!
Sim eu não estou a tirar o mérito à Ineos, apenas acho que se não têm perdido o Thomas tinham dominado a corrida de inicio ao fim e ia ser uma Giro mais aborrecido.
E também uma nota para o Gana, com um gajo destes nos ITT quem lhe vai ganhar um?
 

{the_crow}

Well-Known Member
E hj confirmar-se que se faz história no ciclismo português!! João Almeida faz 4 lugar na classificação geral da volta Itália... Melhor classificação de sempre de um ciclista português numa das 3 grandes voltas do circuito profissional!! E o Rúben Guerreiro conquista a camisola de rei da Montanha algo inédito também na história do ciclismo português!!! ENORMESSSSSS!!!!!!!
Parabens ao Tao pela vitoria... muito facilitada pela desastrosa tatica colectiva da Sunwebb... nao se pode ser perfeito.. mas falharam redondamente na opcao de levar o Hinley a rosa em vez do Kelderman ( que obviamente hj faz um CRI bem abaixo do que faria caso estivesse a lutar para a vitoria e nao para o 3º lugar )
 
analisando o tempo final do joão, verifica-se que aqueles 5' no stelvio foram demasiado. foi apenas ai que ele perdeu o giro. ao ficar em 3º nos pontos e apenas ficaram à frente dele dois sprinters, foi o ciclista mais regular. falta-lhe treinar mais em altitude, e com esta prestação nos CRI, temos um caso serio
 

Wawando

Well-Known Member
só para relembrar na etapa de hoje apenas ficam à frente do João o campeão do mundo de TT, um duplo campeão do mundo de TT e um duplo campeão da Europa de TT... posto isto… tirem as vossas conclusões
Com 63kg(!!!!!!!)
O Joao tem um grande motor. Neste momento parece um alaphilippe mas com mais power na zona ftp vs o Alaphilippe que é mais explosivo. Apesar do Joao tb ser explosivo.
Nao fica claro que o joao tenha algum prob com a altitude mas parece-me ser mais com subidas muuuuiiitttooo looongaaasss. Talvez (espero) que seja falta de treino especifico.
Vamos ver!
Para já chapeau! Temos homem e com muita cabeça e leitura de corrida, o que falta a muitos com boas pernas!
Parabéns ao Tao, Hindley e Kelderman, deram o que tinham. E nunca vamos saber mas aposto que o resultado tinha sido o mesmo ou pior, o Hindley nunca teria a capacidade de rolar do Dennis (basta ter o itt) e por isso a Sunweb so tinha um gajo no podio. Pelos tempos, o Kelderman nao tinha pernas para ganhar isto. Mesmo agora, depois do jogo, continuo a achar que a sunweb tomou a opcao acertada.
É a minha opiniao, claro, que vale tanto como as outras.
 
Parabéns ao Tao, Hindley e Kelderman, deram o que tinham. E nunca vamos saber mas aposto que o resultado tinha sido o mesmo ou pior, o Hindley nunca teria a capacidade de rolar do Dennis (basta ter o itt) e por isso a Sunweb so tinha um gajo no podio. Pelos tempos, o Kelderman nao tinha pernas para ganhar isto. Mesmo agora, depois do jogo, continuo a achar que a sunweb tomou a opcao acertada.
É a minha opiniao, claro, que vale tanto como as outras.

Eu também não critico de todo, as ações tomadas na equipa da Sunweb na etapa do Stelvio. De longe, Hindley demonstrou ter muito mais pernas que o Kelderman e ficando no seu apoio na dita etapa, poderia ter muito bem deixar decidida a prova mais cedo. A mim neste caso o que mais me deixa espantado é o diretor desportivo da equipa... o australiano disse uma coisa, o holandês outra e o diretor por fim apenas limitou-se a deixar a lareira acesa.

Em relação ao João, não acho que haja algo mais acrescentar pelo que os user's muito bem ao João se referiram. Perde a volta no Stelvio não por ter andado mal ( raras devem ter sido as vezes que o português andou acima dos 2300m altitude) mas porque simplesmente os outros três estavam melhores ( fechar em 7º perante um lote de ciclistas já batidos, que desempenho!).

Como a Carolina afirmou, igualmente acredito que o Julian não é um real ciclista para lutar pela prova de três semanas, de certo que o português estaria idealizado para ser um dos braços direitos do Remco mas este desempenho do João mudou completamente o jogo.
Pelas palavras do diretor da equipa, esse paradigma inicial desenhado para os atletas será mudado. O João demonstrou nesta prova todas as qualidades e potencialidades para ser um grande ciclista e igualmente um líder nato.

Assim, acredito que num futuro próximo e por mais acreditar que a Quickstep após esta prova fantástica do João, a estratégia da equipa será criar um bloco em torno do João e este de novo atacar o Giro e outro para a estreia do Remco nas grandes voltas( neste caso do belga, no Tour).