Viseu Dão Lafões Riders Challenge

TiagoLopes

Well-Known Member
#14
Só uma info, ao contrario do Serra da Estrela Challenge em que havia etapas, aqui apenas as subidas serão obrigatórias, apenas o percurso das subidas será obrigatório. O resto do percurso é livre.
 
#15
Montejunto? as 4 subidas? :)

"Lá em cima" é que estão os apoios, as câmaras que apostam, os patrocinadores, etc
O projecto das Bike Roads tem como base as Subidas Épicas, que têm de ter determinadas características para assim serem classificadas.

A sul do Tejo são muito raras. Montejunto em Alenquer/Cadaval, S. Mamede em Portalegre e Fóia em Monchique são as excepções.

A Norte do Tejo são aos montes.
 

gfrmartins

Well-Known Member
#16
O projecto das Bike Roads tem como base as Subidas Épicas, que têm de ter determinadas características para assim serem classificadas.

A sul do Tejo são muito raras. Montejunto em Alenquer/Cadaval, S. Mamede em Portalegre e Fóia em Monchique são as excepções.

A Norte do Tejo são aos montes.
Sim, é verdade.

Não quer dizer que "cá em baixo" não se pudesse criar desafios interessantes mas tinha que se ter mais criatividade, subidas em zonas diferentes, diferentes tipos de subidas, etc
 

gfrmartins

Well-Known Member
#18
As 4 subidas a Montejunto não funcionam?
Não é um desafio tão grande porque a altitude e os klms não são tantos como essas do bike Roads.

Mas pode ser o King do Montejunto, fazer um desafio com os segmentos das 4 subidas e depois a classificação :)

É preciso alguém querer perder tempo e tratar de organizar isso, tratar das classificações sem provavelmente ganhar nada em troca
 
#20
Agora deste-me uma bela ideia... e não preciso de um desafio oficial para lá ir tentar isto :cool:

Vou fazer aqui uns testes no criador de rotas...
É que é isso mesmo que já comecei a fazer.
No fundo isto dos challenges é só para dar um ar competitivo.
A diferença entre isto e ir sozinho é que existe uma tabela de classificações, ou seja, não se ganha nada e o pessoal mantém-se entretido. Ah, e dão os percursos para ser mais fácil as rotas, implica que não percamos tempo.

Eu sou a favor das iniciativas! Mas podemos fazer nós próprios também sem ser iniciativa de outrem.