Tugas no estrangeiro. Troca de experiencias ciclisticas

joao.ads

Well-Known Member
#1
Boas Pessoal,

Abri este tópico porque faz 2 anos que decidi emigrar para a Irlanda. Dois anos criaram muitas histórias e experiencias umas melhores que outras e tenho a certeza que por aqui pelo Forum nao faltam pessoas que fizeram o mesmo que eu, pelo menos o meu Strava está carregado de "emigras" hehe

Portanto venham daí essas experiencias.
 

joao.ads

Well-Known Member
#10
Uma coisa que eu estranhei aqui foi o timpo de alcatrao bem especifico para climas chuvosos. Bem puroso, escoa bem a agua mas provoca alem de algum ruido uma certa vibracao na bike.

Mas os 25 sao bastante eficientes para abafar isso e pelo menos nunca apanhei nenhum cagaco por aquaplaning
 
#11
Daqui a um ano conto entrar para este "clube", para o agrupamento do UK... :)
Uma coisa que já reparei é que por lá muitos ciclistas se queixam da qualidade do piso, o que possivelmente serão más notícias, mas eu vou habituado de Portugal - não há-de ser pior.
 
#12
Daqui a um ano conto entrar para este "clube", para o agrupamento do UK... :)
Uma coisa que já reparei é que por lá muitos ciclistas se queixam da qualidade do piso, o que possivelmente serão más notícias, mas eu vou habituado de Portugal - não há-de ser pior.
Quando ca chegares e se e de ciclismo que gostas...Vais te encontrar no Ceu...:)
Os buracos sao cada vez menos estamos a resolver isso dia apos dia...As estradas sao cada vez melhores...
Podes pedalar ate em contra mao e nao ha caes vadios...;)

grande abraco...
 
#13
Pois bem, é a minha vez, sendo a empresa para quem trabalho Portuguesa mas 90% do trabalho ser lá fora, já me tocou a Argélia (Constantine) onde felismente o ciclismo ainda não entrava nos meus planos pois o transito era/é caotico (numa estrada de 1 faxa para cada sentido e havendo espaço passava a 4 ou mais faixas, ora se conduz pela direita como manda a lei, como se conduz em contra mão e a policia não quer saber).
Desde os finais de 2012 que me calhou ir para os Estados Unidos, Dallas, Texas e aí sim já o ciclismo entrava nos planos, como a empresa garantiu continuidade de trabalho por bastante tempo decidi arriscar a comprar uma fininha, embora a medo pelo transito avancei e só posso dizer AINDA BEM :) , civismo a 100%, como é tudo bastante plano há muito espaço para estradas largas e várias faxas para cada sentido pelo que é fácil ter uma faixa de rodagem só para mim sem que ninguém reclame, no entanto faço uso da estrada para me chegar a uma de muitas ciclovias onde gosto de pedalar derivado à ausencia de semáforos.
Lamentávelmente nem tudo é um mar de rosas, o asfalto ainda parece ser algo novo por aqueles lados, e então nas ciclovias nem se fala, é betão, várias estaladelase muitas irregularidades que não conhecendo o precurso pode dar algumas dores de cabeça (felismente nunca tive), se preferir a estrada como já disse antes a cada 100 metros +/- há um semáforo e é certo perder mais tempo parado que a pedalar. ausencia de subidas (numa volta de 90Km a altimetria ronda os 400m). O civismo é muito exagerado, ou seja, na ciclovia que é mista a cicclismo e atletismo TEM que se anunciar a passagem pela esquerda o que faz que vá sempre aos berros e a abreviar ESQUERDA mesmo para os que levam auriculares e volume a 100% que até eu oiço a musica :) e apanham uns cagaços :)
Desculpem o testamento e como gosto de dizer "ride hard, ride safe, have fun"
 

Duke

Well-Known Member
#14
No meu caso por vezes também tenho necessidade de me deslocar temporariamente alguns meses a diferentes países para trabalhar.
É chato porque durante esse tempo não podes treinar perdes a forma e tens montes de tempo livre que de um momento para o outro não sabes como o ocupar.

O ultimo país que tive de me deslocar foi aqui ao lado em Espanha, Madrid, 1 mês e meio.

Desta vez decidi levar a bike, pelas regras da empresa é me permitido levar uma mala extra para estadias prolongadas e neste caso a mala extra foi a minha Canyon :D

Foi bastante fácil adaptar-me ás estradas de Madrid penso que mais um mês lá e até já arranjava um grupo para ir andar aos fins de semana xD

Mas no futuro se tiver de ir para países mais a norte já não será tão fácil devido ás condições climatéricas... chuvas neves ventos fortes...
 

joao.ads

Well-Known Member
#15
No meu caso por vezes também tenho necessidade de me deslocar temporariamente alguns meses a diferentes países para trabalhar.
É chato porque durante esse tempo não podes treinar perdes a forma e tens montes de tempo livre que de um momento para o outro não sabes como o ocupar.

O ultimo país que tive de me deslocar foi aqui ao lado em Espanha, Madrid, 1 mês e meio.

Desta vez decidi levar a bike, pelas regras da empresa é me permitido levar uma mala extra para estadias prolongadas e neste caso a mala extra foi a minha Canyon :D

Foi bastante fácil adaptar-me ás estradas de Madrid penso que mais um mês lá e até já arranjava um grupo para ir andar aos fins de semana xD

Mas no futuro se tiver de ir para países mais a norte já não será tão fácil devido ás condições climatéricas... chuvas neves ventos fortes...
vento tens mais em portugal do que para estes lados. Quanto a chuva, um bom wet lube e um bom wetgear e la se vai