Shimano Compatibilidade - Transmissão - Estrada (Tabela)

És de que zona e o que é para ti subidas longas e inclinadas?
Na minha opinião iria sempre para o pedaleiro. O aumento da cassete originar uma grande diferença entre andamentos.
Subidas longas por exemplo subir a Sr da Graça em Mondim de Bastos, ou subir desde Amarante até o Alto de Espinho (Serra do Marão), e subidas inclinadas não sei bem a percentagem mas talvez apartir dos 8%, mas a ideia é poder ir para qualquer lugar que sei que consigo subir, mais devagar mas subo.
12-30(ultegra): 12-13-14-15-17-19-21-24-27-30
11-25(atual 105): 11, 12, 13, 14, 15, 17, 19, 21, 23, 25
11-32(tiagra): 11, 12, 14, 16, 18, 20, 22, 25, 28, 32
Com a alteração para o 30-12 a diferença nos carretos menores é médios não será praticamente diferente da que tenho agirá que acho boa, é nós maiores acho que vou ficar melhor porque onde costumo usar o 23, usaria o 24 com menos esforço, quando uso o 25 quase sempre se tivesse outro usava, por isso penso que 27 resolveria, e o 30 para as idas à serra (mesmo assim acho que terei de sofrer um pouco). Aqui não acho que iria sentir muita diferença do que está em termos de andamentos.
Com o tiagra 32—11 acho que nos andamentos médios iria alterar mais ao que estou habituado, mas ficaria mais prevenido para as idas à serra, mas estas também não penso fazer muitas vezes.
 
És de que zona e o que é para ti subidas longas e inclinadas?
Na minha opinião iria sempre para o pedaleiro. O aumento da cassete originar uma grande diferença entre andamentos.
Subidas longas é por exemplo subir a Sra da Graça em Modim de Bastos, ou ir de Amarante até ao Alto de Espinho (Marão), subidas inclinadas não sei bem em percentagem mas apartir de 8% talvez, a ideia é ir para todo o lado e saber que consegues subir, nem que vá mais devagar mas subo.
Ultegra - 12-30: 12-13-14-15-17-19-21-24-27-30
105 - 11-25: 11-12-13-14-15-17-19-21-23-25
Tiagra - 11, 12, 14, 16, 18, 20, 22, 25, 28, 32
O ultegra em relação ao que tenho, nos carretos menores e médios o andamento são praticamente iguais, onde ando com 23 teria de usar o 24 menos esforço, e quando uso o 25 se tivesse mais usava, por isso 27 não me parece mal, e ficaria com o 30 para as idas à serra(talvez sofra um pouco) que penso que não serão muitas.
Com o tiagra ficava mais prevenido para a serra, mas penso que varia mais ao que estou habituado no andamentos intermédios (plano).
 

elchocollat

Well-Known Member
Só uma coisa:
O 30 só vai ser para ir à serra se nunca o utilizares. Como isso não vai acontecer, o 30 torna-se indiferente, porque quando fores à serra vais como foste aos outros sítios.

Não sei se fui claro na mensagem que quis passar...
 

joseruivo

Well-Known Member
Concordo que será o mais económico, o único problema é que só cassete de 30D a da shimano ultegra que ronda os 65€(pre comprar) e 85€ em stock, o ideal era encontrar uma cassete compatível 30-12 ou 30-11 sem ser ultegra, ou seja mais económica desde que seja material bom o suficiente.
32-11 serve?
 
Só uma coisa:
O 30 só vai ser para ir à serra se nunca o utilizares. Como isso não vai acontecer, o 30 torna-se indiferente, porque quando fores à serra vais como foste aos outros sítios.

Não sei se fui claro na mensagem que quis passar...
Não percebo bem a mensagem!O 30 acho que o irei usar, principalmente quando houver muita inclinação durante alguns Kilometros, pois tenho o 27 pela sensação que tenho do 25, acho que em grande parte dos itenerarios que faço vai aliviar um pouco o esforço.

Se desse para trocar só os pratos mudava só o pedaleiro para 50/34 e estava resolvido como dissestes, mas teria de ser completo e não queria investor tanto.
 
Eu mais depressa monto uma bicicleta nova para os passeios do que mudar o numero de carretos para a diferença ser menor, ou a pedaleira, não sendo uma pedaleira clássica nunca enquanto existir clássicas ira entrar/montar uma moderna, é que não se ganha muitas das vezes grande coisa e fica mal
Eu já disse varias vezes, mais depressa encontro o limite das pernas do que o limite do material, a maior parte dos argumentos que alguns esgrimem não interessa para quem quer andar de bicicleta, mesmo para quem entra em competições não tem interesse a não ser apartir de um certo patamar, o que é que interessa ter mais 200gr que os outros se o lugar que se disputa é o ultimo
Mais depressa encontro a necessidade de mais 3 dentes, do que menores diferenças entre carretos, isto 99% das vezes
Claro que o gosto, ou o quero, o posso, o apetece não interessa aqui para a discussão

Quando se começa a argumentar pormenores que não interessam muito para o objetivo, lembro-me sempre de uma conversa de um amigo, se estavam a falar de mais 30 ou 50 gramas num espigão, porque não falavam que tinham 20 ou 30 quilos a mais no corpo, não seria mais vantajoso perder alguns quilo, até para a saúde, bem estar, na carteira, etc e tal

É só um desabafo, é que nós em vez de nos ajudarmos uns aos outros, ás vezes só complicamos a vida dos que precisam de ajuda, com argumentos que nos serve a nós mas que para os outros pouco ou nada interessam
 

elchocollat

Well-Known Member
Não percebo bem a mensagem!O 30 acho que o irei usar, principalmente quando houver muita inclinação durante alguns Kilometros, pois tenho o 27 pela sensação que tenho do 25, acho que em grande parte dos itenerarios que faço vai aliviar um pouco o esforço.

Se desse para trocar só os pratos mudava só o pedaleiro para 50/34 e estava resolvido como dissestes, mas teria de ser completo e não queria investor tanto.
Tu disseste que se tiveres o 30, assim já ficas com o 30 para ir à serra.
E eu digo-te que isso não é assim, porque quando fores à serra já andaste com o 30 dezenas de vezes (muitas das quais nem te apercebeste) e como tal teres o 30 para ir à serra não te adianta de nada.
Teres o 30 para ir à serra seria terea uma cassete com 30 sempre encostada em casa e andares com andamentos inferiores no dia a dia e depois no dia em específico de ires à serra levas o 30.
Mas isto não vai acontecer por diversas razões... Quando fores à serra de nada te vai ajudar ter o 30, porque já o utilizaste tantas vezes que nem sabe/percebes a dificuldade que estás a enfrentar naquele momento.
 
Tu disseste que se tiveres o 30, assim já ficas com o 30 para ir à serra.
E eu digo-te que isso não é assim, porque quando fores à serra já andaste com o 30 dezenas de vezes (muitas das quais nem te apercebeste) e como tal teres o 30 para ir à serra não te adianta de nada.
Teres o 30 para ir à serra seria terea uma cassete com 30 sempre encostada em casa e andares com andamentos inferiores no dia a dia e depois no dia em específico de ires à serra levas o 30.
Mas isto não vai acontecer por diversas razões... Quando fores à serra de nada te vai ajudar ter o 30, porque já o utilizaste tantas vezes que nem sabe/percebes a dificuldade que estás a enfrentar naquele momento.
O 30 não é só para ir à Serra, é para usar quando for preciso, no dia a dia também encontro subidas com a inclinação igual às das subidas da Serra, são é mais curtas.
 
Faz jeito, tenho 32 e uso quando fica 14%, aparece as vezes, é bom de ter.
Também tenho essa ideia, eu pelo pouco investimento que quero fazer e devido a questões de compatibilidades o máximo que consigo meter de cassete é o 30, como tenho o 25, acho que já irá resolver para alguns casos mais complicados.
 
Também tenho essa ideia, eu pelo pouco investimento que quero fazer e devido a questões de compatibilidades o máximo que consigo meter de cassete é o 30, como tenho o 25, acho que já irá resolver para alguns casos mais complicados.
Tenho ideia que desviadores de 9V de BTT são compativeis com manetes de 10 velocidades da geração das tuas.
Neste caso já poderás usar cassetes maiores que 30.

 
Tenho ideia que desviadores de 9V de BTT são compativeis com manetes de 10 velocidades da geração das tuas.
Neste caso já poderás usar cassetes maiores que 30.

É sempre mais uma solução!É bom saber, mas teria que investir num desviador, para já estou decidido em investir apenas numa cassete(ultegra 6700 10v 30-12), quando a encontrar disponível a um preço melhor que atualmente irei trocar, se alguém vir em promoção deixe o link sff, neste momento há em poucas lojas/sites com stock e custam mais de 80€, há sites que anunciam abaixo dos 60€ mas está esgotada.
 
Estive a ver e penso que posso trocar só os pratos do meu pedaleiro 105 10v FC-5700 dos atuais 53/39 para 52/36 por +- 40€ cada já com os portes, sei que a diferença máxima recomendada entre os 2 pratos é de 16 dentes.
Agora estive a pensar como o que me faz falta mudar é o 39 essencialmente, será que não posso mudar apenas o 39 pelo 36 e ficar com 53/36? Ficaria com diferença 17 dentes entre pratos +1 que o recomendado, e assim poupava cerca de 40€, que dava quase para trocar a cassete atual 25-11 para 28-11.
Que dizem será possível?
 
Os andamentos mais leves vao te favorecer imenso em montanha. Andei anos com 50/39 + 11/25 passei o ano passado para 50/34 + 11/30 em 11v. Do dia para a noite o melhor upgrade que fiz. Gosto particularmente de subir. Para rolar a 50 kmh já falta um andamento um pouquinho mais pesado. Mas como isso acontece Raramente acho que acertei.

Em relação á tua questão eu colocaria pratos 52/36 ou 50/34 em primeiro lugar. Há de otras marcas compatíveis com bcd 130.

Se ainda achares pesado aí sim comprava a cassete. Para quem gosta de subir e é amador 53/39 vejo completamente desajustado.
 
Os andamentos mais leves vao te favorecer imenso em montanha. Andei anos com 50/39 + 11/25 passei o ano passado para 50/34 + 11/30 em 11v. Do dia para a noite o melhor upgrade que fiz. Gosto particularmente de subir. Para rolar a 50 kmh já falta um andamento um pouquinho mais pesado. Mas como isso acontece Raramente acho que acertei.

Em relação á tua questão eu colocaria pratos 52/36 ou 50/34 em primeiro lugar. Há de otras marcas compatíveis com bcd 130.

Se ainda achares pesado aí sim comprava a cassete. Para quem gosta de subir e é amador 53/39 vejo completamente desajustado.
Para colocar 50/34 acho que teria de mudar o pedaleiro completo iria ficar muito caro.
Como a ideia é gastar o mínimo e o problema está no prato 39, se pudesse apenas mudar o 39 para 36, para já ficava arrumado, porque quando tiver de meter uma cassete meto 28-11(como é de 10v para meter o 30 teria de abdicar da cassete 11), depois tenho sempre a oportunidade de trocar o 53 para 52. Assim Experimentava o 36 com pouco investimento, se concluisse que ainda estava pesado, teria de fazer o esforço e investir num pedaleiro completo 50/34.
Só não sei se posso andar com um prato 53 e o outro 36?!
 
Outra coisa que também queria perguntar, se colocar um prato compatível sem ser shimano 105 que são os meus atuais, vou sentir alguma diferença ao mudar as velocidades? Ou se usar outras marcas é apenas a durabilidade que será menor?