Paris-Roubaix 2010

#21
Já alguem disse que foi pena não estar a chover. O espectáculo seria mais apimentado, e não deixaria tantos a dormir. Eu ainda fechei os olhos mas por pouco tempo. Há uns tempos atrás coloquei a questão a dois ou tres amigos ex-ciclista do porquê dos ciclistas não atacarem quando está na altura do abastecimento. Sempre achei que era um desperdício não o fazerem. A resposta foi unânime: É norma entre os ciclistas não atacar nesse altura, e é considerado mal educado e cobarde quem o faz. Sinceramente acho que é uma estupidez esta teoria, mas se é norma então que seja. Mas pelos visto para o Cancelara as normas estão nas pernas, e que grandes pernas. Não sei se repararam quando ele saltou, a imagem estava e vir do heli e foi impressionante a velocidade com que ele se distanciava dos outros. Palavras para quê? Grande Cancelara!!! Realmente é pena ser um pesadão o que o prejudica imenso nas estapas de alta montanha nas grandes voltas. Nem Contador, nem Armstrong nem Schleks nem todos juntos.
 
#22
Atenção que Cancellara não ataca durante o reforço. Muito longe deste mesmo. Acabei de rever as imagens e na altura em que cancellara ataca (Km 49), só mesmo o Boonen é que se alimenta. O problema é que mesmo o Boonen fez um compasso de espera na esperança que alguém reagisse. Não houve pernas.

Abraço
 
#23
Ganhou, e ganhou bem... o resto são histórias ;)

...

Acho incrível como conseguem pedalar a 40 à hora em cima daquele empedrado, a porra da direcção salta por todo o lado... é de heróis mesmo.

Eu, quando tenho que passar em cima de paralelos, vou cheio de cagaço, com medo que a porcaria da bike se desmonte toda :p
 
Last edited:

RTC

Moderador
Staff member
#25
Destaca se que foi a primeira vitória num paris roubaix com rodas de carbono... e perfil alto ;) E assim a olho... os boyaux eram de 25 ou 27.

Uma coisa é certa, as bikes levam uma porrada descomunal :D:D
Podes crer!
Pelo que parece, a roda de trás do Cancellara chegou a rachar, mas deu para acabar. Mas as de aluminio também partem.:p
Agora com grades bidon em carbono é que eu não sei como chegam ao fim:confused:
 

duchene

Well-Known Member
#28
A grade do Cancellara é uma Tacx Tao. :D

.

Efectivamente nos últimos 60km os únicos que estavam mesmo frescos foram o Cancellara e o Hushovd que já sabia qual o lugar que lhe restava depois do foguete suiço disparar para a meta e por isso geriu a seu bel prazer o reboque do Flecha.

Flecha que só se arrastou até à inevitável estocada final que, por ser na última curva, pode ter dado a impressão de ser cruel mas é assim que funciona no pavé francês: É cada um por si...

Quanto ao Cancerala teve a "leitura de jogo" suficiente para perceber que os planetas, o lanche do Bonnen, o vento e a força nas pernas estavam alinhadas para o atirar direitinho até ao velodromo.
 
#30
Sem dúvida, não tinha ainda visto a repetição, mas nesse vídeo é claro "como água" que o Boonem é que se deixa ficar "nas covas". O Cancellara simplesmente acelera, olha para trás, não vê resposta e ala que se faz tarde...

Distracção (?) de principiante do Boonem...
 
#31
Para mim é claro que o Boonen fez um compasso de espera a ver quem respondia. Isto porque o posicionamento dele no grupo era péssimo (foi quando se alimentou que caíu para a cauda do grupo) e esperou que alguém mais bem colocado respondesse. Ninguém o fez e o grande derrotado foi mesmo o Boonen.

Mas o que o colocou nesta apatia de final de corrida, foi mais uma vez a sua combatividade ao longo da mesma. Fica bem na tela, mas o desgaste...

Abraço
 
#32
Sílvio, antes do Cancellara se chegar para a frente do grupo (já depois do lanche :D do Tom B.), eles iam praticamente lado-a-lado. O Boonem é que se deixou ficar para trás, na roda de 2-3 gajos da Columbia (salvo erro)... e aí, meu amigo...
 
#33
Se reparares bem, Miguel, o Boonen fica para trás para ingerir algum tipo de líquido que apanhou no reforço abandonando ele a roda do Cancellara. O Suísso não foi o único que atacou antes daquela curva, foram mais 4, Cancellara foi o único que manteve, mas talvez o factor vento previsse um ataque ali.

O erro de Boonen é notório, mas não tira nenhum mérito ao teu ídolo. Eu acredito que este ano nas clássicas ninguém bate o Cancellara e neste Paris-Roubaix, acho que já o ano passado o Cancellara ganhava, não tivesse tido tanto azar com os furos.
 
#34
Foi pena não ter havido chuva e lama, dá outro ambiente à corrida.

Sim, este ano é Cancellara nas clássicas e Contador no tour. Tb me parece ;)
 
#35
Há que ter calma, o Fabian não vai ganhar o Liege bastogne liege nem a fleche wallone... A Amstel vamos la ver... pelos vistos vai participar mas acho que vai trabalhar para o Franck e Andy ;);)
 
#36
Hehehe... afinal, tal como eu tinha equacionado :D, foi mesmo por distracção que o TomB se deixou ficar para trás no momento do ataque.
Quando deu por ela já era tarde demais... :p

Link
 
#37
Sim, um péssimo posicionamento :D daquele que tinha a obrigação de não cometer erros...infantis e tal como eu dizia o factor vento foi importantíssimo.

PS - Cada vez mais sou fã de Boonen. Admiro a sua franquesa e frontalidade.

Abraço
 
Last edited:
#38
Só tenho um comentário a fazer em relação á distração do Boonen que é "DORMIU MUITO" na fase cursial... E como já diz o velho ditado "carangejo que dorme a onda leva" :D
 
#39
Eu gosto bastante do Boonen mas também do Cancellara.

Acho que o Boonen foi coerente e honesto nas suas declarações. Está é uma corrida que consagra os vencedores... Ninguém quer saber quem é o segundo ou o terceiro.
Os outros adversários poderiam, de facto, ter respondido ao ataque do Cancellara (ainda que ágil e bastante rápido), mas poderiam ter respondido.
Estar à espera do Boonen é não ter sede de vencer, ou esperar que o Boonen tivesse forças e engenho para ir apanhar o Cancellara. Não é que não tivesse, mas, a motivação pareceu-me estar mais forte no suíço.

Quanto ao que alguém falava das rodas... O Cancellara trocou de bicicleta... E se o material não resistir, amanhã há mais. Nem que parta tudo, se trouxer a vitória, tanto melhor...

No entanto, há uma curiosidade... Pelo terceiro ano consecutivo, a Specialized, e mais concretamente, a Specialized Roubaix é a bike vencedora da prova. Aquelas inserções Zertz que absorvem as vibrações não fazem milagres mas ajudam... Que o diga o Boonen que venceu nela no ano passado... (Refiro este ponto porque tenho uma e sei o quão confortável é... hihihihihihi :D:D:D:D:D:D:D:D)