• Olá Guest , consideras uma subscrição anual de 16€ para manter o fórum online? Se alinhas deixa a tua mensagem neste tópico.

Le Tour de France 2021

dragomir

Active Member
Não sei se serei só eu a achar ridículo haver duas passagens no Ventoux e a chegada ser cá em baixo. Aliás muitas etapas pecam por ter uma descida final que me parece que vão estragar o espetáculo que podia haver. 3 chegadas em alto parece ser muito pouco.
De qualquer forma espero estar enganado
 

NULL

Moderador
Staff member
SOIGNEUR
Não sei se serei só eu a achar ridículo haver duas passagens no Ventoux e a chegada ser cá em baixo. Aliás muitas etapas pecam por ter uma descida final que me parece que vão estragar o espetáculo que podia haver. 3 chegadas em alto parece ser muito pouco.
De qualquer forma espero estar enganado

Por vezes faz-se mais diferenças assim do que chegadas em alto. Veja-se o caso da etapa de ontem no Angliru... curta, super explosiva e no fim chega tudo com diferenças de poucos segundos.

Edit: Aliás, a etapa de Sábado e de Domingo na Vuelta foram 2 flops. Etapas de alta montanha, super duras e não se fizeram diferenças nenhumas.
 

Bruso

Well-Known Member
SOIGNEUR
Edit: Aliás, a etapa de Sábado e de Domingo na Vuelta foram 2 flops. Etapas de alta montanha, super duras e não se fizeram diferenças nenhumas.
Concordo completamente mas acho que a culpa foi da organização. Tivessem invertido a ordem e feito o Angliru no sábado acredito que as coisas fossem diferentes.
 

TiagoLopes

Well-Known Member
Não sei se serei só eu a achar ridículo haver duas passagens no Ventoux e a chegada ser cá em baixo. Aliás muitas etapas pecam por ter uma descida final que me parece que vão estragar o espetáculo que podia haver. 3 chegadas em alto parece ser muito pouco.
De qualquer forma espero estar enganado

Também prefiro chegadas em alto mas as chegadas depois da descida é uma tendência que vem para ficar acho.
Nao sei qual foi a ideia original mas acho que é para obrigar os trepadores a atacar mais cedo, sabendo que existe uma descida depois do cume os ciclistas mais pesados vão ter vantagem na descida, e se n quiserem ser apanhados tem de atacar mais cedo e/ou mais forte. É a minha teoria do pq destas chegadas.
Se bem que pode levantar outras questões como "obrigar" os ciclistas a correr mais riscos nas descidas. Estou me a lembrar do Julio Filipe em 2019 a defender a amarela a descer qnd apanhou e passou o grupo que ia na frente (creio que já foi na 3 etapa mas n sei etapa ), ele é dos melhores a descer mas é inegavel que ele correu imensos riscos.
 

Carolina

Well-Known Member
O interesse do percurso é definido pela forma como os ciclistas atacam as etapas. Se for uma luta de comboios jumbo vs ineos, vai ser mesmo uma valente seca.

Por outro lado, é um bom percurso para o João, por isso até pode ser o melhor Tour de sempre :p
 

Jazz

Well-Known Member
João Almeida deve ficar em casa. O Tour é "propriedade" do Alaphilipe... :rolleyes:

E antes do João está o Remco.

Em relação ao Ventoux, é a minha subida preferida e também a única das míticas que já subi. O cenário é espectacular.

De resto, parecem-me poucas chegadas em alto.

2 CRI parece-me bem, sendo o segundo na "última" etapa, a la Giro. Resta ver o perfil do percurso.
 

pratoni

Well-Known Member
SOIGNEUR
Daqui a bocado estão a dizer que é o novo contador que passou o final da carreira a experimentar o chão...:D
 

TiagoLopes

Well-Known Member
Os 20 homens que ganharam 2 ou mais
E3doX6RWEAES0vF
 

Carolina

Well-Known Member
Ele está a receber perto do mínimo e uma parte do salário é pago por patrocinadores arranjados pelo próprio Cav. No contrato não estava previsto correr qualquer GT.
 
Top Bottom