Grandes marcas versus Made in china

joao.ads

Well-Known Member
#1
É dos temas que dá mais pano para mangas.
Já todos demos conta de semelhanças entre material de linha branca chinês igualzinho a um produto identico com o nome de uma grande marca colado.
O caso mais evidente talvez sejam os quadros "chinarelo"

venho por isso criar um topico para o pessoal postar casos identicos e começo com estas grandes de bidon

chinoca de $24.99 o par


Felt de $44.99 cada uma


claro que o material da felt deve ser muito melhor :)
 
#2
Podemos analisar a coisa de dois pontos diferentes:

1 - A marca já existe à alguns anos e os "chinocas" copiam as ideias, quadros, suportes de bidons...

2 - A marca é recente, aproveita o material "chinoca" arranja um lettering todo bonito, e aplica o seu preço...
 

joao.ads

Well-Known Member
#3
Podemos analisar a coisa de dois pontos diferentes:

1 - A marca já existe à alguns anos e os "chinocas" copiam as ideias, quadros, suportes de bidons...

2 - A marca é recente, aproveita o material "chinoca" arranja um lettering todo bonito, e aplica o seu preço...
sim, este acho que é o segundo caso até porque ja encontrei outra

 
#4
O molde da Felt é diferente dos outros dois. Para mim o problema é que não se sabe se o material é mesmo igual ou se é só parecido. Eles até podem usar os mesmos moldes, mas se poupam no material a qualidade/segurança pode ficar comprometida. Um bom exemplo são os cabos eléctricos chineses. Aquilo pode dizer que aguenta com 2000W, mas basta cortar um e comparar a espessura do cobre com a de um cabo decente para se ver que são um perigo.
Numa grade de bidão o máximo que pode acontecer é teres de o ir apanhar lá atrás. Noutros componentes a conversa é outra.
 
#5
O molde da Felt é diferente dos outros dois. Para mim o problema é que não se sabe se o material é mesmo igual ou se é só parecido. Eles até podem usar os mesmos moldes, mas se poupam no material a qualidade/segurança pode ficar comprometida. Um bom exemplo são os cabos eléctricos chineses. Aquilo pode dizer que aguenta com 2000W, mas basta cortar um e comparar a espessura do cobre com a de um cabo decente para se ver que são um perigo.
Numa grade de bidão o máximo que pode acontecer é teres de o ir apanhar lá atrás. Noutros componentes a conversa é outra.
Nem mais!!
A aparência pode ser idêntica mas a resistência outra. Muitos dos materiais e acesórios de marcas conhecidas são feitos na China, mas são sobmetidos a testes de resistencia e certificados dequalidade que os outros não o são.
Na maioria dos casos esses materiais mais baratos que vemos por ai são os que não passam na certificação de qualidade dessas mesmas marcas.

Cumprimentos
 

joao.ads

Well-Known Member
#7
será? não será? e se forem construidos na mesma fábrica e uns levam um autocolante de um nome de uma marca que investiu em publicidade enquanto os outros vem sem nada?
tambem pode ser isso, não acham?

o custo da publicidade é elevadissimo
 
#9
será? não será? e se forem construidos na mesma fábrica e uns levam um autocolante de um nome de uma marca que investiu em publicidade enquanto os outros vem sem nada?
tambem pode ser isso, não acham?

o custo da publicidade é elevadissimo
Achas que as marcas deixavam passar isso? O que tens são cópias e o aproveitamento do know-how que os chineses ganharam nos últimos anos. Mas não há milagres. Não tens componentes a uma fracção do preço sem baixar a qualidade dos materiais. Tens vários exemplos de material supostamente igual, mas em que se vêem perfeitamente as diferenças. E não é só no ciclismo.
Até já há truss chinês (aquelas armações onde se coloca material audiovisual suspenso). É mais barato, mas dás umas pancadas e nota-se bem que o material é bem diferente e muito mais fino.
 

joao.ads

Well-Known Member
#10
ha que tomar em atençao que mesmo nas marcas de elite por veses os testes sao feitos a apenas alguns artigos aleatoriamente de cada lote.....
exato, um teste de rotura de Stress não pode ser feito em todas as peças porque senão nenhuma saia de fábrica visto que o testo só acaba quando a peça rompe.

aqui a duvida é até que ponto as com autocolante de narca não são feita na mesma fábrica que as que não tem qq marca associada.

já existiram muitos casos assim fora do ciclismo. Marcas de relogios carissimos que era fabricados no oriente e depois quando se viajava para esses paises compravamos relogios iguais à porta da fabrica com suposto defeito que custavam 5% do preço

Sei que para quem dá 4000 € por um rolex é impossivel admitir que uma réplica de 100€ seja fabricada no mesmo sitio.
eu se pelo menos se me acontecesse isso e descobrisse tal coisa acho que mandava o relogio pela janela só da raiva
 
#11
Essas histórias dos relógios com defeito é como os polos Lacoste da feira. Vai lá comparar um desses com um de loja ao fim de uns meses de uso a ver se o da feira é mais barato porque o crocodilo ficou ao contrário.

E como curiosidade, os Rolex são fabricados na Suíça. Nessas fábricas do oriente com defeito só compras cópias. :)
 
#12
o futuro da economia esta no oriente..... e a qualidade ja impera por la...pois ate mesmo eles ja sao exigentes.... e mesmo a nivel laboral tem uma mentalidade avançada uns bons anos em relação a nos..... eu ja estive la e vi muita coisa, os trabalhadores comuns querem ser perfeccionistas no que fazem.......tb se ve muita coisa ma como a exploração...mas saliente-se que mesmo com condições degradantes eles produzem material de excelente qualidade...

se forem ver nao existem mesmo aqui no forum queixas sobre qualquer material vindo de la....se houver sao poucas...

sao capaz de ser mais as queixas sobre marcas de renome...
 
#13
Este artigo espelha bem os potenciais problemas com o material chinês: http://www.cyclingtips.com.au/2011/08/are-all-carbon-bikes-created-equal/

When I asked Raoul about the difference between brand name and no-name bikes, his first response was “You just don’t know…
Por experiência na área da publicidade - visto com os meus próprios - esta frase diz tudo. Já vi vinil chinês, do mesmo fornecedor, em que uns rolos são porreiros e cumprem (apesar da baixa qualidade) e outros são uma autêntica porcaria e só dão problemas. Mas lá está, aqui o mais que pode acontecer é o trabalho ser refeito. Numa bicicleta…

Não tem a ver com os conhecimentos e tecnologia dos chineses, porque isso nós (estupidamente) demos-lhes tudo. Tem a ver com o material em si.

(e neste post descobri que não podemos escrever porcaria com "m") :D
 
#14
mas varios tipos de material existe em todas as marcas....senao porque é que um quadro da specialized (so estou a falar de quadros) da gama SWORKs custa uma coisa e um que ja nao é custa outra? Não é um quadro....

o problema do pessoal é sempre o mesmo....quer boa qualidade a baixo preço....isso nao é possivel, digam o que disserem...o problema dos chinocas é o mesmo....temos diferenças de preços muito grandes.... temos rodas completas a 300 USD e outras a 600USD....e estou a falar daquelas sem logos.......
 
#15
Fugindo do campo do ciclismo, mas mantendo o termo de comparação, nem é preciso ir à China... Uma familiar minha trabalha numa empresa de produção de bens alimentares. Por óbvias razões não vou citar nomes, mas posso garantir que a mesmíssima linha de enchimento preenche as embalagens para uma conhecida marca nacional e para a linha branca de uma conhecida rede de hipermercados... É só tirar conclusões do que por aí vai...
 
#16
Sim, até nos cabos eléctricos há material diferente e cabos com preços diferentes. Uns aguentam mais watts que outros. O problema é que muitos dos cabos nas lojas chineses não aguentam metade do valor que indicam. É essa diferença de material de que falo.
Já apresentei as minhas preocupações. Cada um sabe de si.
 
#17
Fugindo do campo do ciclismo, mas mantendo o termo de comparação, nem é preciso ir à China... Uma familiar minha trabalha numa empresa de produção de bens alimentares. Por óbvias razões não vou citar nomes, mas posso garantir que a mesmíssima linha de enchimento preenche as embalagens para uma conhecida marca nacional e para a linha branca de uma conhecida rede de hipermercados... É só tirar conclusões do que por aí vai...
Isto é comparar alhos com bugalhos. A Nestlé (entre outras) prefere assegurar as vendas das marcas brancas e limitar as perdas na sua marca. Há outras marcas que preferem não produzir para marcas brancas. Agora não comparem isso com material que não fazemos ideia de como se portam em testes nem têm homologações.
 
#18
mas ja ha desse material homologado....o grande problema é que essa licença nao é valida para a europa....

é a mesma coisa dos capacetes de mota.... se nao tiverem uma marca da DGV supostamente nao podes usar...
 
#20
mas ja ha desse material homologado....o grande problema é que essa licença nao é valida para a europa....

é a mesma coisa dos capacetes de mota.... se nao tiverem uma marca da DGV supostamente nao podes usar...
A homologação deles não é aceite na Europa porque não cumpre todos os requesitos exgidos pela UE.

Fugindo novamente ao tópico, eles produzem autentidas copias de carros como BMW e Mercedes, mas com marcas deles e não são vendidos cá pelo facto de não cumprirem as normas da UE.

Apesar disso, tambem acredito que exista fugas de material de marca produzido lá a ser vendido muito mais barato. Ou mesmo marcas de nome a comprarem lá os lotes de material e depois invistam na publicidade como já foi referido.

Infelismente temos de tudo, unica coisa que é comum a todos nós, é o facto de sermos o consumidor final e por norma o que é sempre lixado:mad:
Compra barato é enganado porque é replica, compra original paga este mundo e o outro...
Resumindo, quem se vai orientando no meio disto tudo são os nossos amigos asiáticos porque produzem de tudo para todos os gostos e conseguem preencher os requisitos dos variados consumidores finais que é o sempre o lixado.:confused: