Entrevista ao Big Mig

torui

Well-Known Member
E assim surgem os mitos, bastou uma vez bater nas 28 bpm. Mas a marca normal (32 bpm ) não deixa de ser impressionante. Recordo-me de o ver a correr e tinha uma força brutal...
 

albertosemcontador

Well-Known Member
E assim surgem os mitos, bastou uma vez bater nas 28 bpm. Mas a marca normal (32 bpm ) não deixa de ser impressionante. Recordo-me de o ver a correr e tinha uma força brutal...

Tambem me recordo!!! Mas atencao...Na altura..nao era tao humilde, simples e simpatico como o pintam aqui ein!!!! Atencao!!
Isto dos media... Pintam um quadro dele como se fosse um exemplo de humildade... Hoje...
Este gajo era maquina!!! Mas, verdade seja uma, tambem sempre foi um cagaozito!!

grande abraco...
 

torui

Well-Known Member
Sim sim, de humildade tinha muito pouco...com o passar dos anos, como deixou de ter destaque talvez tenha mudado um pouco...
 

albertosemcontador

Well-Known Member
Sim sim, de humildade tinha muito pouco...com o passar dos anos, como deixou de ter destaque talvez tenha mudado um pouco...

E verdade amigo... Humilde, humilde era o nosso Agostinho...Nao havia, nunca houve, nem ha, ate hoje, ciclista profissional mais humilde que esse homem... O nosso Joaquim Agostinho, esse e que era um profissional humilde...

Nao tivesse ele tido aquela infelicidade eu gostaria de ver aonde e que ele ia... Ca para mim iamos ter uma boa surpresa para Portugal no mundo do ciclismo...E nao precisavamos de ir a Espanha, pais ao lado para buscar um LEGEND como e, sem tirar o merito ao Endurain...

Grande homem, grande humilde profissional esse nosso Joaquim Agostinho, fica a saudade e a experiencia e memorias, para aprendermos, quer no ciclismo, quer na vida....

O EMIGRANTE DA BICICLETA!!!

grande abraco...
 

ERIC CANTONA #7

Well-Known Member
Essencialmente um puro ITT: "Ten of his 12 Tour stage wins and all four of his Giro stage victories came in time-trials."

E eu julgava que estava mal quando a minha BPM, na sala de cirurgia em JAN 015, assinalava 37 BPM... um dia ainda me vou revelar, quanto mais não seja numa entrevista no jornal cá da aldeia!

Cumprimentos,
 

otnemeM

Member
Creio que a RHR da Rosa Mota era substancialmente inferior a isso, baixando dos 30.
(fim de momento de trivia)

Eric, sob o efeito de narcóticos tão potentes não vale ahahah
 

Kongas

Active Member
Nunca fui grande adepto do Indurain, porque com ele o Tour perdia grande parte do interesse. Já se sabia que chegava o ITT, vestia a amarela e pronto, o Tour estava decidido. Lembro-me de um ano em que deixaram-no fugir logo nas primeiras etapas (acho que ainda na Bélgica) e ele foi com o Bruneel na roda até à meta, o Bruneel ganhou a etapa, o Indurain vestiu a amarela e o Tour ficou decidido ainda antes das montanhas e dos ITTs.

Mas reconheço que foi dos maiores especialistas em ITT, e passava relativamente bem as montanhas.

O que sempre me fez confusão, mas como é óbvio dou o beneficio da dúvida, é que na década em que o doping mais disseminado esteve no pelotão internacional, onde toda a gente metia EPO (nem sequer era detectável), onde todos os grandes adversários do Indurain foram apanhados ou implicados em casos de doping, o homem ganhou cinco Tours e estava sempre limpo... Se calhar estava, mas que é estranho é.
 

kilo

New Member
também se deu o beneficio da duvida ao LANCE e foi o que se viu, foi pena ele ter voltado ao ciclismo se não nada se tinha provado, basta dizer que quando Induran se reformou do ciclismo o seu preparador físico foi contratado pelo Valencia e esse ano foi a equipa sensação da liga espanhola,a media de idades era 30 anos tinham jogadores com 34 anos que corriam como putos de 20. O que entalou lance foi os ex colegas dele o os testes retroactivos,tem prazo de 8anos. Com bananas ou sem bananas tenho que dizer que foi um grande ciclista e marcou o ciclismo na altura dele.
 

aduarte66

Member
Nunca fui grande adepto do Indurain, porque com ele o Tour perdia grande parte do interesse. Já se sabia que chegava o ITT, vestia a amarela e pronto, o Tour estava decidido. Lembro-me de um ano em que deixaram-no fugir logo nas primeiras etapas (acho que ainda na Bélgica) e ele foi com o Bruneel na roda até à meta, o Bruneel ganhou a etapa, o Indurain vestiu a amarela e o Tour ficou decidido ainda antes das montanhas e dos ITTs.

Mas reconheço que foi dos maiores especialistas em ITT, e passava relativamente bem as montanhas.

O que sempre me fez confusão, mas como é óbvio dou o beneficio da dúvida, é que na década em que o doping mais disseminado esteve no pelotão internacional, onde toda a gente metia EPO (nem sequer era detectável), onde todos os grandes adversários do Indurain foram apanhados ou implicados em casos de doping, o homem ganhou cinco Tours e estava sempre limpo... Se calhar estava, mas que é estranho é.

Boas,

Relativamente bem nas montanhas??!!! É caso para dizer, será que estamos a falar do mesmo Indurain? Aconselho a ver umas subidas deste senhor na volta a França, a dar literalmente cabo do Pantani, a ir buscar 2 minutos ao Zulle, a comer o Armstrong como se estivesse parado (essa não é nas montanhas).

https://www.youtube.com/watch?v=BKjSsZPtwwk
https://www.youtube.com/watch?v=StJ8Qjl0qPI

Em relação aos aditivos, é claro que também deveria estar, mas quem não estava? Desistiu em 1996, nesse ano começaram a ser feitos os testes ao EPO. Amigo dos médicos Italianos (o Conchinhas e o do cavalinho). O certo é que o pelotão andava tão mamado que por onde passava a malta até começava a relinchar, só do cheiro, lol.

Quanto a modéstia, acho que depois de ganhar cinco voltas, temos que lhe perdoar. Temos aí um rapaz que ganhou uma e a terra não pode com ele ( o gajo devia era de arranjar um barbeiro a sério).

Cumprimentos,

A. Duarte

PS: Peço desculpa, normalmente não sou tão incisivo, mas Merckx, Agostinho e Indurain são instituições para mim. Cresci a ver os dois primeiros, e segui todas as voltas do terceiro. Tenho um quarto, mas coitado caiu em desgraça.
 

Kongas

Active Member
Não disse que era mau na montanha, sim até era muito bom, só que no ITT era de outro mundo e isso ofuscava tudo o resto.

Contudo, também assisti a todos os tours que ele ganhou e se não me engano, todas as vitórias em etapas foram ITTs.
 

aduarte66

Member
Boas,

É um bom indicador de forma física e aptidão genética, mas não é nenhuma garantia de sucesso desportivo só por si, contudo é muito bom. Bons treinos e põe isso a render na bicla.

Cumprimentos,

A. Duarte
 

Wawando

Well-Known Member
Estive com o indurain no num dos gf do geres e é super simpatico e enorme! O homem devia debitar uma potência brutal!
Quanto a doppings & co defendo que cada epoca teve e tera os seus casos neste eterno jogo do gato e rato. Apesar do gajo ser um filho da mae intratavel, acho mal terem retirado os titulos ao lance.bastava terem tornado publico que ele ganhou com Doping que o dano ao valor dos mesmos seria igual ou entao tinham que tirara todos os vencedores!
 
Um dos casos e que a genetica tive grande influencia....estranho que todos estão a falar dos batimentos que é comun em atletas pros e não repararon nestes dados!:

Various other extraordinary figures have been affixed to the Indurain legend, including a VO2 max (the maximum rate of oxygen consumption during exercise) of 88ml/kg/min and a cardiac output (the volume of blood pumped by the heart) of 50 litres per minute – both double the human norm.

O Vo2 é como a cilindrata do vosso carro pessoal:)......osseja Ind. praticamente tinha um motor V8 com um grande binario a baixas rotações, acho um valor brutal de Vo2!!.

ciao
 

JorgeFerreira97

Active Member
Nada disso, faço ciclismo de competição e como é óbvio treino bastante, sei que o pulso já é mais ligado à genética e parece que neste caso tenha uma boa genética, antes de treinar a este nível andava nos 42 por aí, agora ao acordar se medir os meus valores rondam sempre o 35/34 batimentos sempre à volta disso.
 
Top