Douro Granfondo 2019

cou7inho

Well-Known Member
#1
Mais um ano, mais uma voltinha por uma das mais belas zonas do nosso pais na companhia de milhares de aficionados da modalidade.



E será que nesta edição vamos ter um representante do fórum a conquistar um lugar no pódio?
Percursos com dificuldades para todos os gostos. Vamos lá ver se conseguimos comer Cerelac suficiente para fazer uma boa prova. :D:D





 

cou7inho

Well-Known Member
#7
Não se preocupem. Há 3 percursos, ou seja, há três pódios! Ou estão todos a contar fazer pódio no percurso maior? Se assim for ainda tenho hipóteses no médio:D:D
 

malho

Active Member
#9
Boas acham possível que se começar a treinar agora para ir ao Douro é possível fazer algum resultado positivo? Até agora o que fiz foi o minifondo do douro de 2017 (sem preparação nenhuma), e este ano até agora fiz o Granfondo de Lisboa que não estava a espera foi me oferecida a inscrição e fui para lá apenas para fazer no maximo 60km pq nao tinha preparação ( porque andava com receio de me meter em cima da bicicleta porque desde julho que andava com hemorroidas e ainda nao me sentia 100% seguro) mas lá acabei de fazer tudo porque fui a um ritmo muito baixo tendo demorado 7h45 com 7h05 de andamento porque a minha companhia teve caibrãs aos 40km por isso fomos pondo metas de km e sempre que chegavamos marcavamos um objetivo novo e depois como fui capaz de fazer os 140km em Lisboa aventurei-me e fui fazer o mediofondo de douro, tendo durante o intervalo das duas provas feito uma volta de 30km e outra de 50km, e estava a sentir-me muito bem na primeira subida mas a meio da segunda subida quando começou a inclinar mais começou um bocado a tortura, depois de fazer a descida comecei a ter caibrãs e lá meti um ritmo muito leve e quando cheguei ao reforço que havia ja estava com as pernas bem melhores e lá consegui meter o meu ritmo ate à ultima subida e aí voltou a acontecer o mesmo mal comecou a inclinar voltou a berrar o motor e fui a sofrer pela subida a cima mas sem nunca sair da bicicleta se não aí ficava mesmo a pé, no reforço parei uns 10min para recuperar um bocado e meti-me em cima da bicicleta e mal sai comecei a ter caibrãs outra vez e lá meti um ritmo muito leve para recuperar depois de acabar a descida quando foi na altura de meter-me a rolar não vou dizer que as pernas estvam boas como estavam ao início mas nao pareciam ter levado tanta porrada o_O e fui a rolar acima do meu ritmo normal sem problemas nenhum sozinho tendo demorado 5h23 e antes de sair tinha dito que estava com o objetivo de fazer em 5h certas, não fugiu lá muito.
E então acham que se começar a treinar a partir de agora com o foco no Douro ( para fazer o medio) conseguirei fazer um resultado interessante? Agradeceria se alguém me podesse ajudar a planear o tipo de treinos que tenho de fazer e assim porque nesse campo sou um zero a esquerda eu quando pego na bicicleta é para ir andar espairecer e ir a um ritmo onde me sinta confortavel.
Conta do strava : https://www.strava.com/athletes/10632269
 

bogas

Well-Known Member
#11
Boas acham possível que se começar a treinar agora para ir ao Douro é possível fazer algum resultado positivo? Até agora o que fiz foi o minifondo do douro de 2017 (sem preparação nenhuma), e este ano até agora fiz o Granfondo de Lisboa que não estava a espera foi me oferecida a inscrição e fui para lá apenas para fazer no maximo 60km pq nao tinha preparação ( porque andava com receio de me meter em cima da bicicleta porque desde julho que andava com hemorroidas e ainda nao me sentia 100% seguro) mas lá acabei de fazer tudo porque fui a um ritmo muito baixo tendo demorado 7h45 com 7h05 de andamento porque a minha companhia teve caibrãs aos 40km por isso fomos pondo metas de km e sempre que chegavamos marcavamos um objetivo novo e depois como fui capaz de fazer os 140km em Lisboa aventurei-me e fui fazer o mediofondo de douro, tendo durante o intervalo das duas provas feito uma volta de 30km e outra de 50km, e estava a sentir-me muito bem na primeira subida mas a meio da segunda subida quando começou a inclinar mais começou um bocado a tortura, depois de fazer a descida comecei a ter caibrãs e lá meti um ritmo muito leve e quando cheguei ao reforço que havia ja estava com as pernas bem melhores e lá consegui meter o meu ritmo ate à ultima subida e aí voltou a acontecer o mesmo mal comecou a inclinar voltou a berrar o motor e fui a sofrer pela subida a cima mas sem nunca sair da bicicleta se não aí ficava mesmo a pé, no reforço parei uns 10min para recuperar um bocado e meti-me em cima da bicicleta e mal sai comecei a ter caibrãs outra vez e lá meti um ritmo muito leve para recuperar depois de acabar a descida quando foi na altura de meter-me a rolar não vou dizer que as pernas estvam boas como estavam ao início mas nao pareciam ter levado tanta porrada o_O e fui a rolar acima do meu ritmo normal sem problemas nenhum sozinho tendo demorado 5h23 e antes de sair tinha dito que estava com o objetivo de fazer em 5h certas, não fugiu lá muito.
E então acham que se começar a treinar a partir de agora com o foco no Douro ( para fazer o medio) conseguirei fazer um resultado interessante? Agradeceria se alguém me podesse ajudar a planear o tipo de treinos que tenho de fazer e assim porque nesse campo sou um zero a esquerda eu quando pego na bicicleta é para ir andar espairecer e ir a um ritmo onde me sinta confortavel.
Conta do strava : https://www.strava.com/athletes/10632269
Depende do que consideras um resultado positivo.
Mas vendo as voltas que fazes, se queres fazer o medio pelo menos vais ter de acelerar e deixar as voltas em ritmo confortável
 

malho

Active Member
#13
Pois eu sei que o que faço não dá para quase nada por isso é que adorava que me podessem ajudar a tentar extrair o maximo de mim para chegar ao douro na melhor condição fisica possivel
 

Bruso

Well-Known Member
#18
Se não dá para top10 já não vou xD.
Treina o melhor que puderes com o objetivo do mediofondo. No dia é chegares lá e dares tudo.
Depende da tua capacidade de sofrimento
Por melhor que estejas fisicamente vai sofrer sempre muito. O pessoal que disputa o top10 treinam todos os dias é na prova sofrem que nem cães.