Barulhos estranhos

Velhadas

Well-Known Member
Errado. Crosschain prato pequeno c/ carreto pequeno pode deixar a corrente a roçar no prato maior, aí não há afinação que resolva. Nas duas bicicletas que já tive 2x11 (uma com 105, outra com Ultegra) acontecia isso.
Entao a corrente do Pogacar devia ir a fazer uma chiadeira do caraças Mont Ventoux acima :cool:
 

bullspot

Well-Known Member
A manete da pedaleira tem uma pequena afinação para ser dado um click que faz muito pequeno para evitar que a corrente roce no desviador e dá tanto para os pinhões pequenos como os grandes da cassete.

Nunc esquecer que o cross channing nunca será evitado a não ser pela utilização correta dos pinhões em conjunto com o prato.
Eu percebi o que o @newb queria dizer, mas esse ajuste “trim” do desviador frontal não impede que numa situação de cross-chain entre prato e carreto pequeno a corrente não raspe no prato grande, era aí que queria chegar. Não é à toa que o Di2 bloqueia estas situações conforme já foi referido antes.
 

newb

Well-Known Member
Eu percebi o que o @newb queria dizer, mas esse ajuste “trim” do desviador frontal não impede que numa situação de cross-chain entre prato e carreto pequeno a corrente não raspe no prato grande, era aí que queria chegar. Não é à toa que o Di2 bloqueia estas situações conforme já foi referido antes.
entendi, mas da para nao roçar em todas as posiçoes
isto é preciso uma boa afinação e uso das funçoes todas do desviador
pode dar-se o caso de nao dar para usar todas, por ex as primeiras n darem por estar o cabo mto esticado ( e perder 1 ou 2 posiçoes)
 

newb

Well-Known Member
esse barulho parece o q disse
estoiros provovados pela corrente\desviador\rolamentos\ correte a saltar, fora das roldanas, mal afinado, corrente gasta, cassete gasta, corrente a roçar no quadro, etc e nao propriamente de roçar a corrente a frente
 

bullspot

Well-Known Member
entendi, mas da para nao roçar em todas as posiçoes
isto é preciso uma boa afinação e uso das funçoes todas do desviador
pode dar-se o caso de nao dar para usar todas, por ex as primeiras n darem por estar o cabo mto esticado ( e perder 1 ou 2 posiçoes)
Ainda não percebeste. Se a corrente, estando no prato mais pequeno, raspar no prato maior (não é no desviador!) não há afinação de desviador que resolva. É um problema de chainline que depende do próprio quadro.
 

Rui_gugo

Member
Boas malta

Para não abrir novo tópico, coloco aqui a minha dúvida porque comecei com um barulhinho estranho e em 2 ou 3km passou a barulhão








Qual a razão para isto ter acontecido?

Foi a pedalar, normalmente.
O desviado da frente deve ter descido e ao colocar no prato maior, o desviados batia no prato.
 

Rui_gugo

Member
bike nova!? (parece) Diria que deve ter a ver com mau aperto no desviador. A tensão do cabo pode ter sido suficiente para fazer descer o desviador. É apenas uma tese.

Sim, tem cerca de 1500km

Eu fiz a pergunta aqui porque ainda me comeu um pouco dos dentes do prato e na segunda-feira paguei 20 euros no mecanico para afinar a bicicleta.
Fiz 40km e acontece isto
 

cconst

Well-Known Member
segunda-feira paguei 20 euros no mecanico para afinar a bicicleta.
Fiz 40km e acontece isto
Não faças nada. Vai ter com o mecânico com a bike tal como está. Explica o que aconteceu. Pode ser que não tenha dado o aperto correto no desviador.
 

Afonso_Albufeira

Well-Known Member
Só não se engana, quem não faz nada. Leva a máquina ao mecânico que te afinou isso. Parafuso do desviador mal apertado e ele desceu. Não é o fim do mundo.
 

jpacheco

Well-Known Member
Só não se engana, quem não faz nada. Leva a máquina ao mecânico que te afinou isso. Parafuso do desviador mal apertado e ele desceu. Não é o fim do mundo.

Pois, mas também não é bem assim. Se fosse comigo já não ia mais vez nenhuma a esse mecânico a menos que tenha uma boa justificação. A mim já me aconteceu não apertar a caixa de direcção e um pedal. Na primeira situação levei a bike no carro para casa, descobri em casa, porque se descubro a descer de casa para a minha primeira volta não ia ser bonito. Na segunda situação depois de um sprint, felizmente só no final de rabo no selim fiquei com o pedal no pé preso.

Nas duas situações podia ter dado um trambolhão valente. Nunca mais voltei. Felizmente achei um colega mecânico que tem um amor pelo que faz e vai ao detalhe, errar toda a gente erra é verdade, mas nestas situações, não me lixem não podem ser assim tão incompetentes podem causar integridade fisica a um gajo.
 

Rui_gugo

Member
Pois, mas também não é bem assim. Se fosse comigo já não ia mais vez nenhuma a esse mecânico a menos que tenha uma boa justificação. A mim já me aconteceu não apertar a caixa de direcção e um pedal. Na primeira situação levei a bike no carro para casa, descobri em casa, porque se descubro a descer de casa para a minha primeira volta não ia ser bonito. Na segunda situação depois de um sprint, felizmente só no final de rabo no selim fiquei com o pedal no pé preso.

Nas duas situações podia ter dado um trambolhão valente. Nunca mais voltei. Felizmente achei um colega mecânico que tem um amor pelo que faz e vai ao detalhe, errar toda a gente erra é verdade, mas nestas situações, não me lixem não podem ser assim tão incompetentes podem causar integridade fisica a um gajo.

Eu fazia enduro e a cada 15km tinha de ir lá afinar a transmissão. Acabei por virar para a estrada por estar farto de gastar dinheiro.

Gasto menos em manutenção da Mota.
É que ele é bem capaz de me levar dinheiro para compor a asneira que fez.

Se o prato parti-se? Só comeu os dentes como se tivesse o sobro dos km, mas estragou. Ele não vai querer assumir isso.

O desviado todo riscado, capaz até de entortar.

Se fosse um empregado de uma loja, avisava-o e resolvia-se. Mas como dono, devia ter mais brio. Digo eu.
 

jpacheco

Well-Known Member
Eu fazia enduro e a cada 15km tinha de ir lá afinar a transmissão. Acabei por virar para a estrada por estar farto de gastar dinheiro.

Gasto menos em manutenção da Mota.
É que ele é bem capaz de me levar dinheiro para compor a asneira que fez.

Se o prato parti-se? Só comeu os dentes como se tivesse o sobro dos km, mas estragou. Ele não vai querer assumir isso.

O desviado todo riscado, capaz até de entortar.

Se fosse um empregado de uma loja, avisava-o e resolvia-se. Mas como dono, devia ter mais brio. Digo eu.


Eles têm ou deviam de ter seguros para esse tipo de situações. deve é encarecer apólice quando lá se escreve que foi erro/distração do mecânico :p

Eu ia lá "esfregar o serviço na cara", dizia que quase caias por causa daquilo, pedia para reparar, e depois logo vês.
 

Rui_gugo

Member
Eles têm ou deviam de ter seguros para esse tipo de situações. deve é encarecer apólice quando lá se escreve que foi erro/distração do mecânico :p

Eu ia lá "esfregar o serviço na cara", dizia que quase caias por causa daquilo, pedia para reparar, e depois logo vês.


Quem acompanha a minha entrada no fórum, sabe que tive indeciso entre duas bicicletas de lojas diferentes e dei um voto de confiança à orbea e ao homem por me me parecer mais humilde e trabalhador que o outro. Conclusão, sou um péssimo recursos humanos
 

Afonso_Albufeira

Well-Known Member
Pois, mas também não é bem assim. Se fosse comigo já não ia mais vez nenhuma a esse mecânico a menos que tenha uma boa justificação. A mim já me aconteceu não apertar a caixa de direcção e um pedal. Na primeira situação levei a bike no carro para casa, descobri em casa, porque se descubro a descer de casa para a minha primeira volta não ia ser bonito. Na segunda situação depois de um sprint, felizmente só no final de rabo no selim fiquei com o pedal no pé preso.

Nas duas situações podia ter dado um trambolhão valente. Nunca mais voltei. Felizmente achei um colega mecânico que tem um amor pelo que faz e vai ao detalhe, errar toda a gente erra é verdade, mas nestas situações, não me lixem não podem ser assim tão incompetentes podem causar integridade fisica a um gajo.
Acho que estávamos a falar do caso do amigo Rui_gugo, que não é tão grave. Cada caso é um caso.
 
Top