Voltinha sozinho e depois acompanhado

#1
Boas a todos.

Vou fazer o relato mais ou menos da voltinha de hoje com 65kms nunca aqui escrevi nenhuma voltinha mas ca vai.

Sai de casa por volta das 8.30h sozinho como habitual na zona da moita fui em direção ao rosario para rolar um pouco para aquecer normalmente faço sempre isto mais umas voltinhas na zona e sempre a cruzar com muito pessoal de byke sempre com o tal comprimento depois de ter mais ou menos 12kms feitos la fui eu direção Palmela com algum vento a mistura e sozinho a fazer media de 27km/h la fui andando quando estava a chegar a subida para palmela curta com 1,5km ou 2 mas com uma inclinação um pouco acentuada na parte final la vinha o tgv em grande velocidade aproveitando a descida eu segui o meu caminho ate ao fim da subida chegado la a cima como habitual sempre muita gente de byke voltei em direção volta da pedra e estavam 5 ciclistas no mesmo sentido passei por um comprimentei os outros começaram a puxar e eu fui andando arpoveitado a descida ate ao sinais eles voltaram direção pinhal novo e eu como estava com intenção de ir por ali segui no encalço deles sempre em bom ritmo ja em parte plana a rolar muito bem passados o pinhal novo direção Montijo sempre a rolar o pessoal era de poucas falas eu tb não me meti com ninguem visto que eles não falavam uns com os outros deixeime ir meti-me pelo meio deles sempre a rolar bem quando chegamos a retunda que da direção Moita eles viraram e eu a pensar olha vou ter companhia ate casa lololol la seguimosquando chegamos a Moita eu despedi-me deles com um obrigado pela boleia mas ja estava em casa eles seguiram não sei de onde eram so sei que cheguei a casa com media de 30km/h se tivesse feito esta volta sozinho de certeza que não fazia esta media secalhar até é pessoal que frequenta aqui o forum nunca se sabe o que eu sei é que gostei bastante de rolar com eles sem grandes stress sempre a pedalar.

Boas pedaladas
 
#4
É um relato interessante. :) Mas será que eles falavam português? Só pode, para não entabularem um pouco de conversa. Pelo menos para perguntar de onde és, para onde vais, etc...
 
#5
Eram portugueses de certeza mas como não falavam entre eles eu tb nao pos conversa so mesmo o bom dia e depois foi so rolar ate eu me despedir deles com um obrigado pela boleia mas ja estava em casa lololo e eles sorriram e seguiram lololol
 
#8
Boas
Eu mesmo esta manha la fui fazer a mesma volta ate me cruzei com pessoal de estrada amanha vou passar ate la outra vez fazer a voltinha para o aquecimento.
 
#9
Boas a todos.
Venho contar duas situações que me aconteceram este fim de semana de azares.
Saida por volta das 9 da manha no sabado acompanhado por um colega para dar a voltinha de fim de semana partimos de sarilhos grandes para quem conhece a zona em direção a Moita-Santo Antonio-Coina-quimta do conde-Azeitão onde aconteceu um desentendimento com um automobilista ia eu e o meu colega em fila na zona de Azeitão mais a frente ia outro estradista com ritmo mais moderado ao aproximar-mos do outro estradista resolvi ultrapassar nisto mais atras vinha um individou apitar desalmadamente com uma boa distancia bem la atras, ja tinha passado o outro estradista nisto aproximamos de um semaforo quando o automobilista resolve me cortar o caminho não fui ao tapete porque tinha uma paragem de autocarro e consegui desviar-me chamei-lhe tudo e mais alguma coisa esse automobilista acabou depois de fugir quando disse que ia chamar a autoridade para o local por tentativa de atropelamento hoje na zona do pinhal novo numa passadeira uma senhora com um carrinho de bebe resolve meter-se a passadeira mesmo quando iamos a passar eu ia na roda do meu colega travei bati nele con o embate nao chegamos a cair mas eu tive que fugir de mao e por incrivel que parece desloquei o braço tive sorte que consegui por no lugar mas agora a noite certos movimentos doem-me deve ser os tendões isto sim foi um fim de semana de azares .
 
#10
Boas,
Estes azares acontecem com frequência. Já desisti de me enervar com alguns automibilistas mais desatentos ou ignorantes. Fica a volta estragada e damos cabo dos nervos. O melhor é levar as coisas na desportiva (o que não é fácil) e encarar cada passeio como uma corrida de obstáculos, em que o desafio é conseguir "driblar" estas situações. Em relação ao braço, tenta não forçar que isso passa ao fim de uns dias. Se doer muito tenta colocar um pouco de calor sobre o local e, se necessário, um brufen ou voltaren.
Um abraço
 
#11
Boas,
Ja esta a passar a dor no braço no duche meto a água bem quente no braço e tem dado resultados só ainda nao passou porque no trabalho tenho que fazer algum esforço e está a atrasar a recuperação mas isto vai ao lugar.