Volta a Portugal 2019 - 31 de Julho / 11 de Agosto

pedropb

Well-Known Member

cou7inho

Well-Known Member
Os 3 maiores clubes portugueses no ciclismo ? Sim ou Não ?
Na minha opinião acho que o ciclismo nacional só tem a ganhar com a presença dos 3 grandes. São as instituições desportivas em Portugal com mais dinheiro para investir (corrijam-me se estiver enganado). Com isto ganhamos novas equipas o que implica dar oportunidade a mais corredores para mostrarem o seu talento. Temos visto a W52-FC Porto a dar cartas lá fora o que só mostra o valor do nosso ciclismo. Claro que com esta entrada dos 3 grandes temos visto um crescente apoio de pessoas (não adeptos) que acham que o ver o Porto a ganhar a volta é como ver o Porto a ganhar ao Benfica. Tudo serve de argumento para depois andarem a gozar entre adeptos dos diferentes clubes.
Mas quem é contra a entrada dos 3 grandes gostava de saber o porque dessa posição. Afinal de contas estes clubes têm atletas de atletismo, volley, hóquei em patins, basquetebol ... porque motivo não haveriam de poder ter uma equipa de ciclismo? É uma modalidade assim tão especial comparada com as outras?
Venham lá esses 3 grandes. Se é o Porto ou Benfica ou o clube da esquina de cima o importante é ajudar este desporto a crescer em Portugal. Quem acha que isto é futebol, com todo o respeito, vá para aquele sitio que todos sabemos.
 

Bruso

Well-Known Member
Na minha opinião acho que o ciclismo nacional só tem a ganhar com a presença dos 3 grandes. São as instituições desportivas em Portugal com mais dinheiro para investir (corrijam-me se estiver enganado). Com isto ganhamos novas equipas o que implica dar oportunidade a mais corredores para mostrarem o seu talento. Temos visto a W52-FC Porto a dar cartas lá fora o que só mostra o valor do nosso ciclismo. Claro que com esta entrada dos 3 grandes temos visto um crescente apoio de pessoas (não adeptos) que acham que o ver o Porto a ganhar a volta é como ver o Porto a ganhar ao Benfica. Tudo serve de argumento para depois andarem a gozar entre adeptos dos diferentes clubes.
Mas quem é contra a entrada dos 3 grandes gostava de saber o porque dessa posição. Afinal de contas estes clubes têm atletas de atletismo, volley, hóquei em patins, basquetebol ... porque motivo não haveriam de poder ter uma equipa de ciclismo? É uma modalidade assim tão especial comparada com as outras?
Venham lá esses 3 grandes. Se é o Porto ou Benfica ou o clube da esquina de cima o importante é ajudar este desporto a crescer em Portugal. Quem acha que isto é futebol, com todo o respeito, vá para aquele sitio que todos sabemos.
O problema na minha opinião não são os clubes entrarem no Ciclismo como patrocinadores. É mais o clima de ódio que existe em Portugal entre estes 3 clubes. Não quero ver isso no Ciclismo.
Por alguma razão não vês mais nenhuma equipa nos principais escalões que seja patrocinada por um clube. Não é, nem nunca foi esse o modelo de negócio do ciclismo (para o bem e para o mal).

Em Portugal tens imensas empresas a gastar milhões e milhões em marketing. Preciso é conseguir atraia-Las para o pelotão. Para isso é preciso criar valor na modalidade. O problema do Ciclismo em Portugal não é diferente do problema a nível mundial.
 

DMA

Well-Known Member
Sim mesmo a nível WT há esse problema: como as equipas (e os ciclistas) conseguem capturar capital, já que uma fatia de leão do capital flui para os organizadores?

Terá que existir um modelo tipo Premier League ou NBA em que as equipas tem direito a um x dos direitos televisivos?
 

cou7inho

Well-Known Member
O problema na minha opinião não são os clubes entrarem no Ciclismo como patrocinadores. É mais o clima de ódio que existe em Portugal entre estes 3 clubes. Não quero ver isso no Ciclismo.
Por alguma razão não vês mais nenhuma equipa nos principais escalões que seja patrocinada por um clube. Não é, nem nunca foi esse o modelo de negócio do ciclismo (para o bem e para o mal).

Em Portugal tens imensas empresas a gastar milhões e milhões em marketing. Preciso é conseguir atraia-Las para o pelotão. Para isso é preciso criar valor na modalidade. O problema do Ciclismo em Portugal não é diferente do problema a nível mundial.
Infelizmente esse ódio é muito triste de se ver. A mentalidade dos portugueses em relação aos futebol e aos 3 grandes em principalmente é cada vez pior.
E como referes não há empresas a apostarem em força no ciclismo. O que é uma pena e, desse modo, temos de aproveitar os poucos apoios que surgem, neste caso os dos clubes de futebol.

Ver a Volta cada vez dá-me menos pica. As filmagens, os trajectos ...
Só aquela transmissão do CRI no Porto :rolleyes: a etapa com mais publico e onde mal aparece na transmissão

Terá que existir um modelo tipo Premier League ou NBA em que as equipas tem direito a um x dos direitos televisivos?
Acho que é a única solução pq caso contrario a depender s
o dos patrocinadores que arranjam andam sempre ali com a corda no pescoço. Os patrocinadores lembram-se de nao renovar o contrato e la se vai uma equipa ao ar. O que se viu este ano com a Sky mostra bem a fragilidade das equipas de ciclismo.
 

jpacheco

Well-Known Member
Os clubes tem outras modalidades menos populares e sofrem do mesmo síndrome. Se os clubes forem uma rampa para chegar a mais gente e divulgar a modalidade e que ajudem a criar alguma estabilidade financeira nos atletas, que assim seja... cabe-nos a nós formar os novos entusiastas das bicicletas.

Desde que os adeptos não se metam á frente, de resto quem pedala tem de ser profissional..entra a 100 sai a 1000.
 

DMA

Well-Known Member
Por exemplo, na NBA, os jogadores tiveram por mais que uma vez de tomar uma posição de força. Desde 99 (salvo erro) fizeram pelo menos duas greves. Na greve de 99 a época foi severamente encurtada (menos 32 jogos por equipa e não houve o All Star Game). Basicamente foi um "lockout.

Como se costuma dizer: "Não há palhaços, não há circo" :D
 

Bruso

Well-Known Member
Por exemplo, na NBA, os jogadores tiveram por mais que uma vez de tomar uma posição de força. Desde 99 (salvo erro) fizeram pelo menos duas greves. Na greve de 99 a época foi severamente encurtada (menos 32 jogos por equipa e não houve o All Star Game). Basicamente foi um "lockout.

Como se costuma dizer: "Não há palhaços, não há circo" :D
Questão é que esses jogadores já tinham os bolsos cheios. O pelotão nacional não se pode dar a esse luxo. Ainda para mais quando dependem de patrocinadores que só investem para terem tempo de antena.
Muito complicado resolver problemas estruturais em qualquer desporto. Existem muitas dependências.
Para já temos Porto, Sporting e Boavista. Não acho que a entrada do Benfica vá fazer assim tanta diferença.
 

Rapido

Active Member
Questão é que esses jogadores já tinham os bolsos cheios. O pelotão nacional não se pode dar a esse luxo. Ainda para mais quando dependem de patrocinadores que só investem para terem tempo de antena.
Muito complicado resolver problemas estruturais em qualquer desporto. Existem muitas dependências.
Para já temos Porto, Sporting e Boavista. Não acho que a entrada do Benfica vá fazer assim tanta diferença.
Ainda tens o Vito Feirense e o Aviludo Louletano, correto? Ou não estão associados aos clubes? Estou a perguntar porque não sei mesmo.
 

Bruso

Well-Known Member
Ainda tens o Vito Feirense e o Aviludo Louletano, correto? Ou não estão associados aos clubes? Estou a perguntar porque não sei mesmo.
Não faço ideia também. Se estiverem associados faz 5 equipas suportadas por clubes. Portanto não são os clubes que vão salvar o Ciclismo nacional.
 

Ganfas

Well-Known Member
Quando se fala em equipas "salvarem" o ciclismo nacional eu diria que estamos a falar dos 3 grandes e eventualemente um Braga ou Guimarães.

Qualquer outra equipa não tem dimensão para o fazer nem para arrastar gente para a estrada
 

Bruso

Well-Known Member
Já tens Porto e Sporting. E o investimento do Sporting não tem sido lá muito bem rentabilizado o que dá a entender que algo muito mau vai ali. Ou é o clube que está a forçar sem ter grandes conhecimentos ou é mesmo a direção da equipa de Ciclismo que não tem unhas para aquilo.
 
Já tens Porto e Sporting. E o investimento do Sporting não tem sido lá muito bem rentabilizado o que dá a entender que algo muito mau vai ali. Ou é o clube que está a forçar sem ter grandes conhecimentos ou é mesmo a direção da equipa de Ciclismo que não tem unhas para aquilo.
Pelo que dizem as noticias das finanças do Sporting e pela rentabilidade do investimento feito para o ano de 2019 que se resumem à camisola de campeão nacional, para mim não será grande admiração se esta parceria não for para a estrada em 2020.