Turbo Trainer

NULL

Moderador
Staff member
Sim, esse dá, já usei num Tacx Flux S... realmente está esgotado em todo o lado.
Eu tenho 2 kits pedidos mas só chegam após dia 11/10/2019... queria resolver (provisória ou definitivamente) antes dessa data.

Se alguém tiver um que não precise e esteja disposto a emprestar eu depois devolvo... :D
 

NULL

Moderador
Staff member
Não dá para usar um destes?
Adaptador de Eixo Traseiro KINETIC Thru Axle 12x148mm x 1,50

Eu estou a usar um destes num Tacx Vortex...
Não... tenho o encaixe do eixo na bicicleta cónico... colocar um normal pode danificar o quadro. Para além disso esse eixo é para aperto pelo exterior, o do Flux aperta com eixo fino passante... são sistemas diferentes.

Eu desse tenho um da Specialized... é o que utilizo no Tacx Flow...
 

cconst

Well-Known Member
esses adaptadores para QR... o que me levou a desistir deles foi o facto de não saber qual o mateiral que fica em contacto com a rosca no quadro... se for metal, pode ir estragando a rosca. Se for plástico, pode-se ir deteriorando.
 
Boas malta, alguém me pode ajudar a esclarecer uma dúvida sobre os vários modelos Kurt Kinetic?Kurt KInetic road machine smart control T-6100 e o T-2700, quais as principais diferenças entre estes dois modelos? Se houver alguém que me possa ajudar, agradeço!! Estou para mandar vir da loja Bike 24, parece-me estar a um preço razoavel.
 

NULL

Moderador
Staff member
Boas malta, alguém me pode ajudar a esclarecer uma dúvida sobre os vários modelos Kurt Kinetic?Kurt KInetic road machine smart control T-6100 e o T-2700, quais as principais diferenças entre estes dois modelos? Se houver alguém que me possa ajudar, agradeço!! Estou para mandar vir da loja Bike 24, parece-me estar a um preço razoavel.
O T2700 é um trainer a fluído com o módulo simulador de potência.

O T6100 é um trainer com resistência por inércia que pode ser controlado por software, isto é, permite-te pedalar com modo ERG. Esse modo possibilita a simulação de subidas de forma automática... o trainer ajusta a resistência consoante a aplicação que o terreno apresenta no software.

Por fim... o T6100 entra numa gama de trainers já dispendiosos. Investir esse valor num trainer sem ser direct drive não me parece sensato.
 
O T2700 é um trainer a fluído com o módulo simulador de potência.

O T6100 é um trainer com resistência por inércia que pode ser controlado por software, isto é, permite-te pedalar com modo ERG. Esse modo possibilita a simulação de subidas de forma automática... o trainer ajusta a resistência consoante a aplicação que o terreno apresenta no software.

Por fim... o T6100 entra numa gama de trainers já dispendiosos. Investir esse valor num trainer sem ser direct drive não me parece sensato.
Obrigado pela resposta, ponderei a compra do T6100 porque se encontra em promoção, cerca de 280€, é muito ou será melhor ir para um direct drive?
 
Também estou no mesmo dilema que tu só ainda não o comprei porque há certas coisas que ando a verificar como:
Se prejudica a bicicleta, pelo facto de ser com roda, podendo levar, ou não, a danos num quadro de carbono, tendo em conta que vou utilizar a mesma bike que utilizo no exterior, mas com uma roda traseira só para o rolo;
Se patina, quando se pedala, em algumas situações;
Se gasta muito pneu;
Se vale a pena o investimento, tendo em conta que é metade do investimento de um rolo direct drive interactivo de entrada de gama e este é um rolo de roda, mas de gama alta.
É complicado
 

joao.ads

Well-Known Member
Eu comprei o meu no deporvillage, vinha com 1 mês de zwift + 12 meses mytranning.

O meu rolo antigo era este:
Elite Qubo Digital Smart B+


Respondendo já à tua questão da Pen Ant, eu já tinha uma pen ANT para o antigo rolo, mas segundo sei quer o antigo quer este novo que comprei suporta ligações por Bluetooth.

Primeiro teste do Suito:

É claramente um rolo diferente, bastante firme, não senti o oscilar que sentia no outro. Isto quer a pedalar sentado quer em pé.
O pedalar é muito parecido ao andar na rua, o que me surpreendeu e eu já tinha testado fazer uns treinos num Tacx Neo.
A mudança de nível no rolo acontece muito suavemente, parecendo ate bastante gradual.

Pontos a ter em consideração:
Lubrificar bem a cassete pois vem literalmente seca, inclusive eles juntam um cartão azul a indicar essa necessidade. Este ponto é importante para perceber o quanto silencioso é dentro das velocidades baixas, no entanto passado os 30km/h já se ouve bem o rolo, mas no geral foi uma surpresa ouvir mais a transmissão que o rolo em si.

Quanto ao cartão de oferta do Zwift, estive à conversa com o suporte da aplicação e indicaram que mesmo quem tem a subscrição activa pode usar, o que faz com que o tempo existente no cartão conta e não cobram enquanto o mesmo for válido.

Para já estou contente com a compra.

Registo do teste -> https://connect.garmin.com/modern/activity/4169454372

Amanha vou proceder ao processo de calibração e explorar o rolo na app da Elite.


Abraço.
Boas,

Que tal tem sido a experiencia?

uma pergunta especifica. Simula realmente até 15%?

Eu pergunto isto porque eu tenho umTacx -Flow que ja tem uns anos mas a minha maior decepcao com ele goi descubrir apenas depois de comprar que os 7% que eles diziam que simulava afinal eram para um ciclista de 65 kg. Como eu estou 17 kg acima disso a partir dos 4.2% ele comeca a simular velocidade mais baixa para te obrigar a meter mudanca mais pesada.

até aqui tudo bem, mas o problema é que o calculo é uma parvoice total. de tal maneira que dos 4.2% para os 4.3% perdes logo 5 km/h o que se torna irritante

qual achas que será o slope maixmo real para um ciclista de 82 kg?

obrigado
 

Ganfas

Well-Known Member
Não concordo. Depende do que queres fazer com o "rolo".

Se queres usar o Zwift e que ele te simule a real inclinação do terreno onde estás o declive é mais importante que a potência.
Exemplo:

Tinha uma tacx flow smart, e tb tenho 82Kg, na subida mais complicada do Zwift (Alp D'Zwift que é igual ao Alp D'huez) que tem muitas zonas com % de inclinação de 11 a 13%, nem precisava de ir à mudança mais leve na bike e fazia cadências na ordem dos 85. Sim é verdade que o boneco vai mais lento e a potência que estou a fazer até pode ser bem medida, mas nunca na realidade eu faço subidas de 11% a 85 de cadência sem sequer ter de ir ao 32.

Quando troquei de "rolo" para o Wahoo Kickr Core, nunca mais fiz, no Zwift, os tempos que fazia nas subidas que têm estas percentagens. Subidas de 14, 15, 16% são mesmo subidas com essa inclinação, não as faço sem muita dificuldade, namudança mais leve da bike e a cadências de 60 e tal. Tal e qual como se as apanhar na rua
 

joao.ads

Well-Known Member
Para um trainer que dá os valores de potência (ainda que sejam aproximados), o declive é um dado irrelevante, na minha opinião.
é uma opiniao.
eu por mim gosto de ver quanto esta aparece no velocimetro quando estou a subir. sem falar que velocidade adulterada falcifica completamente a subida tendo em conta que faz come que a subida demore 30% mais tempo a ser feita.

de qualquer maneira gostaria de saber até que valor a simulacao é de facto real.
 
Tinha uma tacx flow smart, e tb tenho 82Kg, na subida mais complicada do Zwift (Alp D'Zwift que é igual ao Alp D'huez) que tem muitas zonas com % de inclinação de 11 a 13%, nem precisava de ir à mudança mais leve na bike e fazia cadências na ordem dos 85. Sim é verdade que o boneco vai mais lento e a potência que estou a fazer até pode ser bem medida, mas nunca na realidade eu faço subidas de 11% a 85 de cadência sem sequer ter de ir ao 32.
Por curiosidade, tinhas a opção "Trainer Difficulty" no máximo?

Tal e qual como se as apanhar na rua
Excepto que na rua a bike não continua nivelada, por isso nunca vai ser igual :p (isto se não tiveres o Kickr Climb)
 

joao.ads

Well-Known Member
Não concordo. Depende do que queres fazer com o "rolo".

Se queres usar o Zwift e que ele te simule a real inclinação do terreno onde estás o declive é mais importante que a potência.
Exemplo:

Tinha uma tacx flow smart, e tb tenho 82Kg, na subida mais complicada do Zwift (Alp D'Zwift que é igual ao Alp D'huez) que tem muitas zonas com % de inclinação de 11 a 13%, nem precisava de ir à mudança mais leve na bike e fazia cadências na ordem dos 85. Sim é verdade que o boneco vai mais lento e a potência que estou a fazer até pode ser bem medida, mas nunca na realidade eu faço subidas de 11% a 85 de cadência sem sequer ter de ir ao 32.

Quando troquei de "rolo" para o Wahoo Kickr Core, nunca mais fiz, no Zwift, os tempos que fazia nas subidas que têm estas percentagens. Subidas de 14, 15, 16% são mesmo subidas com essa inclinação, não as faço sem muita dificuldade, namudança mais leve da bike e a cadências de 60 e tal. Tal e qual como se as apanhar na rua
exato, para quem usa tacx films ou Zwift é uma enorme diferenca simular com realismo uma subida que anda na casa dos 12% ou dar a ideia que estamos a faze-la diminuindo a velocidade e obrigando-nos a meter uma mais pesada.

mas do Flux S para o 2 ainda vao 500 watts. tenho uma certa curiosidade de saber qual o slope real para alguem do nosso peso num Flux 2 ou no Elite Suito
 

Ganfas

Well-Known Member
@jocarreira
Sim, uso o trainer difficulty praticamente no máximo, tenho ligeiramente abaixo que foi o que me pareceu mais semelhante ao esforço que faço na rua.
Essa opção tem um nome "engraçado". Ficava muito melhor se a malta do Zwift mudasse aquilo para numeros de cassete, acho que tornava a opção muito mais esclarecedora.

Em relação á inclinação da bike, é verdade que não é igual, mas acho que essa parte não é tão importante, quanto muito muda um pouco a posição em cima da bike, quanto ao esforço de pernas é o mesmo.