Transição de bicileta de BTT para estrada

#1
Olá a todos,

As boas notícias é que há 6 meses voltei a andar de bicicleta depois de muito tempo longe da bicleta.


Como os orçamentos n esticam decidi comprar uma BTT ST540 na decathlon. Preciso de uma bicicleta que seja versátil para poder ir eu sozinho ou dar umas voltas com o meu filho.

Tem corrido tudo bem, mas a verdade é que o que eu gosto de fazer é estrada.

Tenho ido uma vez por semana e faço 60-70km. tendo em conta que já n andava há tanto tempo estou contente mas vou melhorar.

Mas fico sempre a pensar que diferença faria uma bicicleta de estrada? Com o mesmo tempo faria mais Kms?

Tendo em conta o que vos disse que bicicleta aconselhariam para eu transitar para uma biciclea de estrada. Eu sei que tudo depended to orçamento, mas podem ver pelo padrão de volta que dou, pela BTT que comprei e posso dizer que n poderia dar mais de 1000 € por uma bicicleta.

Obrigado a todos
 
#3
Tem corrido tudo bem, mas a verdade é que o que eu gosto de fazer é estrada.

Tenho ido uma vez por semana e faço 60-70km. tendo em conta que já n andava há tanto tempo estou contente mas vou melhorar.

Mas fico sempre a pensar que diferença faria uma bicicleta de estrada? Com o mesmo tempo faria mais Kms?

Tendo em conta o que vos disse que bicicleta aconselhariam para eu transitar para uma biciclea de estrada. Eu sei que tudo depended to orçamento, mas podem ver pelo padrão de volta que dou, pela BTT que comprei e posso dizer que n poderia dar mais de 1000 € por uma bicicleta.
Se quiseres manter alguma polivalência, reduzir muito o peso ( pois a ST540, é uma bike muito de entrada de gama e pesada), poderias ver uma bike de gravel. andas em que tipo de percursos, cilcovia? estradão? Mantendo-te na Decathlon, por exemplo tens a RC520.
https://www.decathlon.pt/bicicleta-triban-rc520-gravel-id_8504030.html
 
#8
@patroni.... n faço ideia do que falas :) ainda assim estive aqui pesquisar e vou assumir que por agressivo queres dizer com um reach demasiado grande?

n estou aqui a querer trabalhar para contra relógio, por isso o conforto é importante. quer dizer que devia escolher uma com um quadro menos agressivo? isto está de alguma forma ligada aos tipos de road, aero, endurance?

PS: obrigado a todos pela paciência. a minha experiência com bicicletas é na óptica do pedalador :)
 
#15
Vai para geometria endurance. A bicicleta é para disfrutar não para sofrer das costas...
estou contigo.

eu vi essa. aliás foi por onde comecei. tenho a impressão que a relação qualidade preço da decathlon é boa. e para orçamentos reduzidos são sempre boas escolhas.

além de que para iniciantes parece ser muito conveniente.

a minha grande dúvida é se a qualidade é boa. eles dão garantia vitalícia em quadro, avanço e guiador e a ST 540 que comprei parece-me boa para o orçamento.
 
#16
estou contigo.



eu vi essa. aliás foi por onde comecei. tenho a impressão que a relação qualidade preço da decathlon é boa. e para orçamentos reduzidos são sempre boas escolhas.

além de que para iniciantes parece ser muito conveniente.

a minha grande dúvida é se a qualidade é boa. eles dão garantia vitalícia em quadro, avanço e guiador e a ST 540 que comprei parece-me boa para o orçamento.
Pela qualidade não é questão. Os componentes são shimano, portanto a qualidade está lá. Só não comprei esta porque não gosto da forma do quadro e cores que na altura tinham.
Elas andam na estrada portanto....
 
#17
a RC 520 Disc n é particularmente bonita. concedo-te isso.

mas por exemplo comparando com a Trek Domane AL 3 Disc parece que a Triban 520 não é mais bicicleta por menos preço?
 
#18
@cjmsousa, se for pela aparência Trek, de longe, mas e se compararmos com os periféricos?
Trek com Sora, são só dois níveis abaixo do 105 da RC.
Se a Trek já viesse com Tiagra, menos mal, assim eu iria para a RC, por causa dos periféricos.
Tenho como disse a Vitória, equipada com Tiagra e tenho uma Quer Corse 1, equipada com 105, o 105 acho muito melhor.
Portanto para mim a RC é mais completa, portanto mais bicicleta.