Sabem ver se esta cassete está gasta?

KiDix

New Member
#1
Olá!


Já andei a vasculhar a Internet toda e até hoje ainda não encontrei nenhum artigo que comparasse uma cassete nova com gasta a fim de apurar as diferenças.
Assim deixo na imagem a baixo duas fotos da cassete que tenho actualmente, pois comprei uma bicicleta usada a corrente é nova segundo o vendedor, mas na cassete não me disse nada.










É que no último prato eu a pedalar a corrente parece que vai partir ou assim
 

grouk

Active Member
#2
há varias maneiras. se com uma corrente nova as mudanças saltarem e outra mais certa é numa mudança que se use bastante, tipo 17/23 travar o travao de tras e forçar o crank, se a corrente se mover na cassete é porque já está muito aberta. espero ter me feito entender
 

grouk

Active Member
#3
isso da corrente se partir deve ser a mudança a saltar. se a corrente for nova e o desgaste da cassete não for extremo ao fim de alguns kms ela começa assentar. mas é um bocado aborrecido e tira confiança principalmente a sprintar ou a passar aqueles topos em força
 

KiDix

New Member
#4
isso da corrente se partir deve ser a mudança a saltar. se a corrente for nova e o desgaste da cassete não for extremo ao fim de alguns kms ela começa assentar. mas é um bocado aborrecido e tira confiança principalmente a sprintar ou a passar aqueles topos em força
Pois esse é o meu medo mesmo, é muito chato isso acontecer no sprint o que fica logo uma pessoa para tras.
 

grouk

Active Member
#7
pelas cassetes que falas parece me que tas a falar de uma bike btt. sendo btt nao sei se o desviador suporta uma cassete maior
 

KiDix

New Member
#9
Sim é de BTT sei que dá para levar pratos maiores pois eu quero comprar esta, mas também estou no mesmo dilema será que está gasta ou melhor que a minha?

 
#10
Bom dia,

Uma forma de ver se está mais gasta, é na forma dos dentes, ou seja, se os dentes em forma de agulha, é porque a cassete já levou coça que chegue...


Se reparares nos pinhões do meio, esses estão completamente gastos...


um exemplo de pratos gastos...

espero ter ajudado... :)
 
#11
Boas,

a k7 vê-se que já tem uns bons km´s.... o "calo" que mostra nos "dentes" não engana. Se só dá stress no carreto mais pequeno, é deixar andar tudo como está, até que tenha de trocar tudo (k7, pratos, corrente e roldanas), comprar k7 pratos e afins usados, é para esquecer. De qualquer forma, pode sempre medir o desgaste da corrente (há medidores específicos para tal), só para ter uma ideia do desgaste geral que tem. Da forma geral em que isso está, ainda tem muitos kms para fazer. ;)
 
#12
Acabei por comprar uma cassete nova da SRAM como já tinha corrente nova e tal e o problema ficou resolvido já não há nenhum estalo no último carreto. Mas obrigado pela ajuda @rm6 deu bem para entender.
 

DMA

Well-Known Member
#13
Quando os dentes já estão "estilo dentes de tubarão" é porque o desgaste é excessivo. Se já é visualmente visível, o melhor é mesmo trocar.
Para mim o melhor teste é quando com uma corrente com pouco desgaste e em carga, começa a saltar. Será indicação que o desgaste já é excessivo.
Se em carga não salta, tudo ok, siga pra bingo.