Rolo Direct Drive

gfrmartins

Well-Known Member
Exacto, até acredito nisso, mas se depois se precisares de recuperar a conta porque te esqueces-te da pw és obrigado a fazer outra conta e começar tudo do zero. Ou por engano metes um email de alguém e ele vai lá minar a tua conta. Não vale a pena inventar.
Então mas começar sempre do zero é o que vai acontecer ao fim de 7 dias, os dados perdem se todos e começa do zero
 
Exacto, até acredito nisso, mas se depois se precisares de recuperar a conta porque te esqueces-te da pw és obrigado a fazer outra conta e começar tudo do zero. Ou por engano metes um email de alguém e ele vai lá minar a tua conta. Não vale a pena inventar.
O objetivo é utilizar a versão gratuita. se for para ficar com os teus registos, histórico não há razão para criares uma conta com o email que não existe.
 

cafigueira

Well-Known Member
Boas malta, falando do suito.
Depois das duas primeiras voltas ele ter dado a potência idêntica aos assioma uno, tive duas voltas em que ele até aos 300w dava mais 20 a 30w que os pedais, e a cima dos 400w dava menos 20w que os pedais. fiquei um pouco "então mas que é esta merda".
Vi como se calibrava, e fiz a calibração, mas não pedalei os 10min antes que eles aconselham, e provavelmente a calibração não ficou bem, pois o rolos dava menos 20w que os pedais até aos 300w, a mais w não cheguei a experimentar, pois como ia fazer um treino mais longo passei a usar o power dos pedais.
Hoje se chegar cedo vou fazer os 10min de pedalada antes de calibrar e voltar a experimentar se ficam mais semelhantes os valores.
Já estou a encarrilhar melhor um pouco com o rolo nas subidas, se bem que quando a inclinação passa de 12% aquilo é mesmo puxado, só de pé quase :D
 
@cafigueira tocaste num ponto que tenho mesmo curiosidade:
Para mim, era mandar tudo à fava do rolo e trabalhar apenas com os sensores que temos, ou seja, potência e cadência dos assioma.

É possível escolher não utilizar os sensores do rolo e escolher os nossos sensores, certo? Como fizeste essas comparações entre rolo vs pedais? Tinhas que ter os dados ao mesmo tempo de ambas as fontes?
 

cafigueira

Well-Known Member
@cafigueira tocaste num ponto que tenho mesmo curiosidade:
Para mim, era mandar tudo à fava do rolo e trabalhar apenas com os sensores que temos, ou seja, potência e cadência dos assioma.

É possível escolher não utilizar os sensores do rolo e escolher os nossos sensores, certo? Como fizeste essas comparações entre rolo vs pedais? Tinhas que ter os dados ao mesmo tempo de ambas as fontes?
sim dá para usar o rolo só a simular a subida. E a potência e cadência dos pedais. era como usava o vortex.
eu comparei com os dados do rolo no zwift, e dos pedais no gps.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Boas malta, falando do suito.
Depois das duas primeiras voltas ele ter dado a potência idêntica aos assioma uno, tive duas voltas em que ele até aos 300w dava mais 20 a 30w que os pedais, e a cima dos 400w dava menos 20w que os pedais. fiquei um pouco "então mas que é esta merda".
Vi como se calibrava, e fiz a calibração, mas não pedalei os 10min antes que eles aconselham, e provavelmente a calibração não ficou bem, pois o rolos dava menos 20w que os pedais até aos 300w, a mais w não cheguei a experimentar, pois como ia fazer um treino mais longo passei a usar o power dos pedais.
Hoje se chegar cedo vou fazer os 10min de pedalada antes de calibrar e voltar a experimentar se ficam mais semelhantes os valores.
Já estou a encarrilhar melhor um pouco com o rolo nas subidas, se bem que quando a inclinação passa de 12% aquilo é mesmo puxado, só de pé quase :D
Perfeitamente normal essa diferença. São sistemas de leitura de potência diferentes, localizados em sítios diferentes e apenas um ou dois tt têm powermeters considerados como "fiáveis" ao ponto de serem considerados comparáveis aos powermeters como os favero

Porque é que não usas sempre a potência dos pedais e o tt como simulador, assim garantes que usas sempre o mesmo método de leitura na rua e indoor.
 

cafigueira

Well-Known Member
Perfeitamente normal essa diferença. São sistemas de leitura de potência diferentes, localizados em sítios diferentes e apenas um ou dois tt têm powermeters considerados como "fiáveis" ao ponto de serem considerados comparáveis aos powermeters como os favero

Porque é que não usas sempre a potência dos pedais e o tt como simulador, assim garantes que usas sempre o mesmo método de leitura na rua e indoor.
sim provavelmente irei fazer isso, mas como comprei este novo que dizem tem 2.5% de erro. quis testar, mas o mais provável é usar somente o rolo para a simulação.
 

gfrmartins

Well-Known Member
sim provavelmente irei fazer isso, mas como comprei este novo que dizem tem 2.5% de erro. quis testar, mas o mais provável é usar somente o rolo para a simulação.
Este tem +-2.5% os assioma têm +-1%, a 300w é normal darem alguma diferença que pode não ser a mesma a 400w, é normal haverem diferenças de alguns watts.

Se mesmo dentro do mesmo modelo powermeter diferentes podem ter ligeiras diferenças quanto mais sistemas completamente diferentes.

O Importante é usar sempre o mesmo leitor de potencia em todo o lado se a potencia é essencial para ti e pequenas diferenças serem graves para o teu treino
 
sim dá para usar o rolo só a simular a subida. E a potência e cadência dos pedais. era como usava o vortex.
eu comparei com os dados do rolo no zwift, e dos pedais no gps.
Thanks! Foi o que pensei.

Perfeitamente normal essa diferença. São sistemas de leitura de potência diferentes, localizados em sítios diferentes e apenas um ou dois tt têm powermeters considerados como "fiáveis" ao ponto de serem considerados comparáveis aos powermeters como os favero

Porque é que não usas sempre a potência dos pedais e o tt como simulador, assim garantes que usas sempre o mesmo método de leitura na rua e indoor.
Era assim que eu estava a ver o filme e o que me faz mais sentido.
 

cafigueira

Well-Known Member
Este tem +-2.5% os assioma têm +-1%, a 300w é normal darem alguma diferença que pode não ser a mesma a 400w, é normal haverem diferenças de alguns watts.

Se mesmo dentro do mesmo modelo powermeter diferentes podem ter ligeiras diferenças quanto mais sistemas completamente diferentes.

O Importante é usar sempre o mesmo leitor de potencia em todo o lado se a potencia é essencial para ti e pequenas diferenças serem graves para o teu treino
sim isso é verdade, mas a 200W ter uma variação de 20W são 10% e aqui alguma coisa não bate certo, e é uma coisa que quero averiguar, pois se alguma coisa não estiver bem posso reclamar.
 

gfrmartins

Well-Known Member
sim isso é verdade, mas a 200W ter uma variação de 20W são 10% e aqui alguma coisa não bate certo, e é uma coisa que quero averiguar, pois se alguma coisa não estiver bem posso reclamar.
Sim, mas como não tinhas feito nenhum aquecimento é normal, normalmente estes TT precisam de uns 10m antes de começarem a dar numeros mais precisos.

Verifica que tens o ultimo firmware, que fazes os testes após a calibração e esperas uns 10m +- para comparar os valores, que tens e ter a certeza que estás usar a mesma metrica no TT e no GPS por exemplo potencia média 3s por exemplo.

Mas mesmo assim vão existir diferenças, é normal
 

Negoci8er

Well-Known Member
@cafigueira, o Elite Suito não tem powermeter, ele dá a potência por estimativas e essa estimativa tem uma precisão de +/- 2,5%.
O Elite Direto XR, já tem um sensor (OTS) que lhe dá uma precisão de +/- 1.5%.
Quem quer precisão é melhor usar a versão com powermeter incorporado. ;)
Mas as diferenças de que falas não considero críticas... ;)
 

cafigueira

Well-Known Member
Bom continua igual, fiz a calibração e corri o teste. fui fazer uma corrida e aconteceu o mesmo, ate aos 250W tinha mais 20, ate aos 350W a coisa ia invertendo, sendo que depois dos 350w já tinha menos uns 10W.
Em sprintes ou subidas onde tinha que dar mais, ai a perca era de 50W, nos pedias marcava 450-470, e o rolo só acusava na casa dos 400W.
No fim da corrida troquei para os pedais a potencia, e no fim da volta voltei a calibrar o rolo, deu um offset bem diferente, (12421 antes da volta e 11243)
Amigo @Negoci8er eu por acaso acho as diferenças um pouco criticas, têm valores muito diferentes que o anunciado, se bem que provavelmente irei usar só a potência dos pedais, mas eu pelo menos quando compro uma coisa quero que ela esteja em condições, e até ver tirando a primeira volta que usei o rolo que fez diferença de 2 ou 3W agora a diferença é 10x maior.
irei testar outra vez hoje para verificar se com esta ultima calibração a coisa ficou melhor, se não irei enviar uma email a elite.
Boas voltas
 

Negoci8er

Well-Known Member
Bom continua igual, fiz a calibração e corri o teste. fui fazer uma corrida e aconteceu o mesmo, ate aos 250W tinha mais 20, ate aos 350W a coisa ia invertendo, sendo que depois dos 350w já tinha menos uns 10W.
Em sprintes ou subidas onde tinha que dar mais, ai a perca era de 50W, nos pedias marcava 450-470, e o rolo só acusava na casa dos 400W.
No fim da corrida troquei para os pedais a potencia, e no fim da volta voltei a calibrar o rolo, deu um offset bem diferente, (12421 antes da volta e 11243)
Amigo @Negoci8er eu por acaso acho as diferenças um pouco criticas, têm valores muito diferentes que o anunciado, se bem que provavelmente irei usar só a potência dos pedais, mas eu pelo menos quando compro uma coisa quero que ela esteja em condições, e até ver tirando a primeira volta que usei o rolo que fez diferença de 2 ou 3W agora a diferença é 10x maior.
irei testar outra vez hoje para verificar se com esta ultima calibração a coisa ficou melhor, se não irei enviar uma email a elite.
Boas voltas
Estive a fazer as contas e realmente o erro é maior do que o esperado... tens razão!
Com 300W o erro máximo de esperar seria +/- 7,5 w... e pela tua experiência é bastante ao lado.
Podes contactar a Elite para ver o que dizem mas provavelmente vão descartar-se e dizer que a leitura é por estimativa e pode ser influenciada por várias situações... (não sei...)
Tens sempre os pedais bastante mais fiáveis! ;)
 

Negoci8er

Well-Known Member
@cafigueira, ainda achas a pedalada "artificial" ou já te habituaste?
A questão de replicar a realidade (passagem de uma descida para subida) não será também influenciada pela resistência mais ou menos natural do simulador?
 
Bom continua igual, fiz a calibração e corri o teste. fui fazer uma corrida e aconteceu o mesmo, ate aos 250W tinha mais 20, ate aos 350W a coisa ia invertendo, sendo que depois dos 350w já tinha menos uns 10W.
Em sprintes ou subidas onde tinha que dar mais, ai a perca era de 50W, nos pedias marcava 450-470, e o rolo só acusava na casa dos 400W.
No fim da corrida troquei para os pedais a potencia, e no fim da volta voltei a calibrar o rolo, deu um offset bem diferente, (12421 antes da volta e 11243)
Amigo @Negoci8er eu por acaso acho as diferenças um pouco criticas, têm valores muito diferentes que o anunciado, se bem que provavelmente irei usar só a potência dos pedais, mas eu pelo menos quando compro uma coisa quero que ela esteja em condições, e até ver tirando a primeira volta que usei o rolo que fez diferença de 2 ou 3W agora a diferença é 10x maior.
irei testar outra vez hoje para verificar se com esta ultima calibração a coisa ficou melhor, se não irei enviar uma email a elite.
Boas voltas
mas por exemplo, se fizeres o teu FTP, as tuas Zonas pelo power do rolo, depois estarás sempre na zona correta... certo? A não que o rolo varie o power de dia para dia :p
 

cafigueira

Well-Known Member
@hmartins28 supostamente não é necessário fazer sempre. Eu o dos pedais faço sempre quando arranco, mas é coisa de 5segundos através do garmin. No rolo que tinha antes não fazia.
A questão não é variar de dia para dia. O mal é que ele faz extremos, quando estou a volta de 200w nos pedais o rolo vai a 220w. É quando estou a 450w nos pedais o rolo só dá 400w.
@Negoci8er em relação à pedalada já me parece melhor, sendo que não estava habituado a esta resistência tão forte. Temos de usar mais a transmissão.