Pulsações a 230! O prolema é do pulsómetro, mas do que será?

#1
Olá pessoal :D

Bom quero desde já avisar-vos que não dou 200 pulsações... Nem chego às 190! xD mas há muitos momentos, principalmente a descer ou quando tenho vento de frente, que o meu pulsómetro marca 230 batidas! Será normal? É que depois de um momento para o outro passa das ditas 200 e tal para umas modestas 120 e pouco... E se for a rolar passa para as 140 e pouco...

Se não reparem na imagem do treino de hoje:

4free image uploader

As partes com um circulo correspondem a esses picos, que como dá para ver são grande parte deles a descer, e depois de um momento para o outro a pulsação baixa imediatamente...

Até há uns dias atrás era igual... Mudei a pilha, pois dizia muita vez Check Wearlink e pelos vistos continua a acontecer... Do que será? Poderá ser a fita que está meio larga e com o vento abana um pouco (se bem que acho dificil, mas já nao me admiro de nada...)

Alguém me pode ajudar? Uso um Polar CS400
 
#4
um amigo meu acabou por descobrir um problema no coração depois de sintomas identicos

o pulsometro acusava batidas desmedidas depois de uma subida ou esforço a sério

agora nada de excessos

confere bem isso e votos que seja só problema no pulsometro
 
#7
Boas Daff93

Eu tenho um cs 200 cad.
Já me aconteceu isso, embora os valores do ecrã fossem tipo 280, 294... coisas loucas deste género.
Inicialmente com a troca de pilha o caso resolveu-se perfeitamente até que começou a repetir-se. Enviei a fita para ser testada e era mesmo por aí.
Uma vez dentro da garantia, deram-me outra.
Segunda vez já fora da garantia tive de comprar fita nova.
Espero ter ajudado.

Abraço

Filipe
 
#8
Olá pessoal :D

Sim o Polar ainda está na garantia... Comprei-o em Dezembro de 2011 :D

Eu comprei-o na Iafstore (Itália) mas será que se o enviar para a Altis eles me resolvem o problema? Visto que é o representante oficial da Polar em Portugal....


KLUCA
Espero que não haja nenhum problema no meu coração, porque comparando com o teu colega o pulsómetro dispara praticamente sempre é em descidas, mas o mais estranho é que é sempre contra o vento. Se for a subir com o vento de frente dá valores correctos...
 
#10
Olá,
O meu monitor de ritmo cardíaco chega aos 230. A chatice toda é que ele é que tem razão, porque às vezes sou brindado com arritmias.
Não é frequente e normalmente só acontece quando pedalo durante mais de 10 horas ou quando estou acima durante dos 170 durante muito tempo. Mas quando acontece é em momentos de descompressão, normalmente no final de subidas e início de descidas.
Quando isso acontece, nem preciso de olhar para o Polar, porque começo a sentir logo o coração na garganta e um ritmo acelerado. Tenho que me sentar e esperar, normalmente 5 minutos chega e depois continuo como se nada fosse.
Portanto, se não sentes alteração do ritmo cardíaco quando o Polar dispara, o mais provável é que haja algum problema na fita ou no sensor.
Há outra alternativa: tens a banda pouco apertada, quando desces alteras a tua posição na bicicleta, a fita diminui o contacto com a pele e mede mal os bpm. Também já me aconteceu.

Já agora, o meu Polar também salta para os 200, ou mais, quando passo perto de campos magnéticos fortes (por exemplo: andar ao lado da linha do comboio). Mas não parece que seja o caso.

Boas pedaladas e boa sorte
 
#11
Bom quanto ao tempo de bicicleta eu faço no máximo 3h xD
Outras questões: às vezes parece que tenho o coração a saltar da boca, mas não nestes momentos... E nesses momentos o monitor chega aos 180bpm ...
Talvez seja da fita, tenho que a apertar um pouco mais e experimentar... Não é preciso apertar muito pois não? Ou é? Eu nunca a aperto muito, ou seja, de modo a que não se note muito a marca.
Sim isso das linhas do campo magnético fortes já me tinham dito, mas não costumo passar muito junto delas... Quem conhece Castelo Branco sabe que aqui só há uma linha do comboio e mal se passa nela xD

Vou tentar apertar e ver no que dá... Se não envio para a Altis :D
 

pratoni

Well-Known Member
#13
Pode ser:
  1. Pilha Gasta
  2. Fita mal apertada
  3. O vento estar a "secar" a fita
  4. Avaria

Quando falo de o vento estar a "secar" a fita significa que, as fitas precisam de humidade para medir bem a pulsação.

Por isso é que, às vezes, no inicio do exercicio também acontece as fitas mostrarem valores errados ou demorarem a dar valores. Daí ser conveniente humedecer a fita antes do exercicio.

Dizes que acontece a descer e com vento contra, logo, pode ser o vento que esteja literalmente a secar os contactos da fita e ela começar a dar valores errados (no teu caso demasiado elevados)...

Verifica mesmo é se não será nada realmente biológico com o teu coração...
 
#14
Sim é uma hipótese a fita secar... Mas depois dá batimentos certos ainda durante a descida, ou seja, não me leva a crer que seja a fita seca... Ah isso falta de água antes do treino não falta :D xD

Acho que vou marcar uns exames para ver se é de mim ou do pulsómetro... E tirar conclusões... :D
 
#16
O que me parece é que a fita está a contar a batida 2 vezes.

Só uma pergunta: Alguma vez foste ao medico e pediste para fazer um ECG? é que há algumas alterações cardíacas que podem dificultar a leitura por sistemas automatizados mais básicos!

Mas já agora experimenta rodar a fita, de forma a que um dos sensores fique sobre o esterno e outro sobre a lateral direita! E depois o oposto, a ver qual trabalha melhor. É que nem todas as pessoas tem o coração exactamente na mesma posição.
 
#17
olha o meu dava constantemente 190/195bpm a subir agora na mesma subida ao mesmo ritmo ou mais ainda 170/180 nunca mais chegou perto do 190 mas acho que o teu caso sera mesmo problema do aparelho.
 
#19
eu penso que seja do pulsometro, ha uma volta que faço e passo muito perto da linha do comboio, e o electromagnetismo das linhas faz-lo disparar estando eu sem fazer grande esforço o mesmo se passa com a aproximaçao de aparelhor tipo tv ou pc ele começa a contar sosinho, se nao for do pulsometro vai ao medico