Olympia Ikon 2017 - Shimano 105

#1
Olá a todos,

Agradeço antecipadamente todos os esclarecimentos que me possam dar.

Esta é para mim uma estreia nesta atividade e também neste forum. Queria pedir-vos a v/ ajuda, sendo que os dados são os seguintes:
. Bicicleta de Estrada
. Orçamento até 2.000€
. Quadro - carbono
. Utilização - Passeios e Triatlos
. O meu nível - vou iniciar-me nesta atividade, mas faço desporto regularmente, inclusivamente tenho 2 maratonas no meu currículo no ano passado
. Dou preferência ao conforto (até porque tenho uma hérnia discal) - uma ENDURANCE, portanto
. Tenho quase 44 anos, 1,84 metros e entre 85 a 87 kg

Perguntas:
. Depois de ver várias, cheguei a uma shortlist de Scott Addict 10 (Ultegra | 2.100€ sem pedais), de Trek Domane SL5 (105 | 1.900€ com pedais | disponível a partir de medos de Abril) e Olympia Ikon (105 | 1.800€ com pedais). Na minha opinião a Olympia (cor - preta) é a mais bonita e mais barata (200€ abaixo do limite, que dão para comprar uns bons sapatos), razão pela qual é a minha preferida. O que acham?
. O tamanho: deve ser um 54 ou um 56?

Um abraço e bem hajam
 

jpacheco

Well-Known Member
#2
Bom dia, tem muitos modelos para esse orçamento. Sendo que a bicicleta que refere, preferida, pessoalmente acho bem bonita e diferente dos outros modelos que apresenta. A ikon tem umas linhas aero assim como por exemplo uma propel - https://www.giant-bicycles.com/pt/propel-advanced-2 ou até mesmo uma merida reacto 4000 - são bicicletas aero e portanto com menos caracteristicas de endurance.

Experimente se puder. Se diz querer uma bike de endurance, portanto um modelo como a trek e a scott, e quer fazer triatlos ao mesmo tempo terá muito trabalho de core para se habituar á posição deitado na bicicleta (esta parte do endurance com o triatlo deixa-me confuso, nunca será um triatlo de competição certo?).

Se quer endurance e triatlo não competitivo eu iria para um modelo como a trek scott que refere ou até mesmo uma cannosdale synapse ou uma cervelo c3...
 
#3
Bom dia
Estou na mesma situação. Tenho feito uma pesquisa e fui encontrando várias máquinas que respondem a esses desejos, contudo e por conversa com outros ciclistas, a máquina deverá ser menos "competição" e mais "endurance" principalmente por causa da idade (eheheheh), sem esquecer a necessidade de experimentar, o que tenho visto e que pode valer a pena ler umas reviews, são:
- Cannondale synapse
- Boardman
- Ribble
- Specialized Roubaix (a mais cara e fora dos 2000 euros)
- Canyon
- Scott
- Merida

A minha escolha está entre a Boardman e a Canyon

Tenho de referir que as minhas condições de aquisição são:
- Quadro em carbono
- Bicicleta confortável - Endurance
- Travões hidrálicos de disco - a tendência atual dos fabricantes e veio para ficar.
- Montagem, no mínimo, 105 ou equivalente sram

Destino:
- Pedaladas longas (passeios)
- uns Triatlos e Duatlos - poucos
 

joseruivo

Well-Known Member
#5
A Trek Domane e Specialized Roubaix devem ser as mais confortáveis, pelos sistemas de flexão que têm no tubo do selim e da direção.

O da Trek chama-se IsoSpeed, aplica-se ao tubo do selim e ao da direção. O da Specialized chama-se Future Shock, suspeito que se aplica apenas ao da direção. O espigão de selim da Specialized promete mais flexão do que o habitual.

Veja se consegue experimentar uma e outra antes de comprar.
 
#6
Eu estou a pensar trocar e a minha duvida é se a domane e o IsoSpeed são uma mais valia para nós amadores, ou se com uma orbea Avant com a sua geometria endurance tradicional teremos os mesmos benefícios.
 

Bruso

Well-Known Member
#7
A Trek Domane e Specialized Roubaix devem ser as mais confortáveis, pelos sistemas de flexão que têm no tubo do selim e da direção.

O da Trek chama-se IsoSpeed, aplica-se ao tubo do selim e ao da direção. O da Specialized chama-se Future Shock, suspeito que se aplica apenas ao da direção. O espigão de selim da Specialized promete mais flexão do que o habitual.

Veja se consegue experimentar uma e outra antes de comprar.
Isso é tudo verdade, mas no caso deste utilizador o mais importante é uma escolha correta de geometria. O problema dele não serão os buracos na estrada mas sim a hérnia discal.
@FilCat
Acho que o Pacheco resumiu bem as tuas opções. Eu nem vi que Olympia é essa mas sendo aero mete logo de parte. E aqui surge um grande problema: 90% das vezes as bikes aeros são mais bonitas que as endurance portanto tem muito cuidado ao fazeres a tua shortlist. Coloca sempre em primeiro lugar o teu conforto.

Quanto ao triatlo: estás a pensar usar os extensores no guiador ou o triatlo é só um desafio sem pretensões a qualificações altas?

Se tivesse na tua situação ia para um Cannondale Synapse. Mas isso sou eu, que sou Cannondale fan.

Já agora, e visto que falas na compra de sapatos, não te esqueças que precisarás de muito mais equipamento. Gastas 500€ muito facilmente em equipamento. Faz bem as contas, para não andares a pedalar com calções de praia na tua super bike.
 

ruilebs

Well-Known Member
#8
Destas eu ia para a Domane.
A cannondale synapse tem um azul mto bonito, mas o Isospeed da Domane convence me, além de que acho a geometria do quadro da Domane espetacular, além de confortável.
 

joseruivo

Well-Known Member
#9
Isso é tudo verdade, mas no caso deste utilizador o mais importante é uma escolha correta de geometria. O problema dele não serão os buracos na estrada mas sim a hérnia discal.
E as pancadas do buracos não lhe darão cabo da hérnia? Eu tenho uma synapse, e as vezes algumas tampas de esgoto ou remendo mal feitos na estrada dão umas boas pancadas. Não sei se tenho alguma hérnia, o mais que posso dizer é que quando corro fico aflito das costas, o que atribuo às pancadas.
Eu não desistiria de experimentar uma Domane.

Quanto ao triatlo: estás a pensar usar os extensores no guiador ou o triatlo é só um desafio sem pretensões a qualificações altas?
Nunca experimentei, mas gostava de saber se isso não agrava os problemas nas costas.
 

Bruso

Well-Known Member
#10
E as pancadas do buracos não lhe darão cabo da hérnia? Eu tenho uma synapse, e as vezes algumas tampas de esgoto ou remendo mal feitos na estrada dão umas boas pancadas. Não sei se tenho alguma hérnia, o mais que posso dizer é que quando corro fico aflito das costas, o que atribuo às pancadas.
Eu não desistiria de experimentar uma Domane.
Sem dúvida que o sistema de amortecimento será um must. Se em termos estéticos for a preferida, força.
Tenho uma amiga (ávida ciclista habituada a topos de gama) que experimentou uma Domane durante uma semana e o feedback em relação ao Isospeed não foi nada bom. Disse-me que notava alguma perda de watts e que a bike não respondia quando lhe metia watts, o que é perfeitamente compreensível (mas atenção que estou a falar de uma ciclista com bastantes anos disto, com historial de competição e que mete muitos kms nas pernas.)

Visto que o @FilCat pensa em fazer triatlos não sei até que ponto isto será vantajoso. É importante encontrar um compromisso entre conforto e performance.
 

NULL

Moderador
Staff member
#11
Sem dúvida que o sistema de amortecimento será um must. Se em termos estéticos for a preferida, força.
Tenho uma amiga (ávida ciclista habituada a topos de gama) que experimentou uma Domane durante uma semana e o feedback em relação ao Isospeed não foi nada bom. Disse-me que notava alguma perda de watts e que a bike não respondia quando lhe metia watts, o que é perfeitamente compreensível (mas atenção que estou a falar de uma ciclista com bastantes anos disto, com historial de competição e que mete muitos kms nas pernas.)

Visto que o @FilCat pensa em fazer triatlos não sei até que ponto isto será vantajoso. É importante encontrar um compromisso entre conforto e performance.
Bem vistas as coisas outra coisa não seria de esperar. Se há um "amortecimento" das pancadas parece-me natural que haja perdas de potência aquando da aplicação da força. Certamente que uma Madone não vem com esse sistema.

Cabe a cada um saber o objectivo principal com a bicicleta.
 
#12
Bem como já foi referido aqui, o primeiro passo é defenir a bicicleta se queremos mais conforto ou mais racing, esta tarefa é normalmente a mais dificil para quem é amador pois queremos sempre as duas coisas. Das bikes que exprimentei não gostei da roubaix perde muita potencia, orbea orca pura racing mas com uns pneus 28 aumenta o conforto e a domane tem um conforto muito bom no empedrado e as perdas potencia são minimas, tambem a Kuota tem geometrias muito apelativas eu tenho uma Kryon e é Top extremamente bonita e rapida.
 
#13
Posso falar da minha experiencia e acrescentar um modelo de uma marca da qual nos esquecemos habitualmente em Portugal.
Jä fui operado a duas hërnias discais e tenho dois discos bastante danificados. Nos dias em que tenho dores, se andar uns kms na bike de estrada, acabo por ficar bem melhor.
Tenho uma Look 566 que, depois de uns ajustes, ficou perfeita. Faco habitualmente mais de 100 kms sem dores ou desconforto.
O modelo foi descontinuado, mas acredito que a nova 765 respeite os mesmo padroes de conforto.
 

joseruivo

Well-Known Member
#14
Posso falar da minha experiencia e acrescentar um modelo de uma marca da qual nos esquecemos habitualmente em Portugal.
Ora aí está um mistério, não se fala da marca em Portugal, e quase nunca a vejo mencionada na imprensa estrangeira.

Tenho uma Look 566 que, depois de uns ajustes, ficou perfeita. Faco habitualmente mais de 100 kms sem dores ou desconforto.
O modelo foi descontinuado, mas acredito que a nova 765 respeite os mesmo padroes de conforto.
Ainda se encontra à venda, na cycletech, bem como o modelo mais recente.