Maddux

Bruso

Well-Known Member
#1
Maddux RS3.0 - Veio partido

Boas

Venho por este meio requerer a ajuda dos mais experientes nisto.

Hoje numa limpeza mais profunda à minha roda traseira deparei-me com isto:







Esta roda desde cedo me deu problemas. Inicialmente dava uns estalidos que foram resolvidos pela Evans Cycle. Depois disso empenou e a Evans disse que teria de pagar porque não está incluído no free check up que oferecem no 1º mês. Paguei a um mecânico e ficou tudo ok, mas passado algumas voltas lá voltou ao mesmo. Como não era nada de grave não me preocupei mais porque a mão de obra aqui no UK é cara e já estava a pensar num upgrade às rodas. Até que a semana passada começo a ouvir um estalo repetitivo (o estalo dava-se sempre que a válvula passava nas 6 horas). Inicialmente, pensei que seria dos raios, portanto lubrifiquei os pontos de contacto e os "nipples". Não ficou resolvido e tendo em conta que já apanhei alguma chuva ponderei que poderia ser dos cubos portanto decidi abrir o cubo para lubrificar. Quando estava a limpar o interior do cubo fiquei com a cassete na mão como podem ver na foto. Não limpei a massa lubrificante de propósito para não me dizerem que é falta de massa.

Não tenho muitos anos disto mas nunca me tinha acontecido tal coisa e acredito não ser normal. Vou reclamar junto da Evans porque acredito que isto seja algum defeito de fabrico mas gostavam que me dessem a vossa opinião. Como podem ver nas fotos o veio está consideravelmente oxidado e não acredito que seja devido aos buracos na estrada. Se assim for deviam ser proibidos de vender esta m**da.
 
#2
Nunca tinha visto um cepo partir assim, a qualidade pela ferrugem que se vê não é a melhor, activa a garantia e tiveste muita sorte não partir quando se vai a subir em crenques, podia ser grave.
Abraço!
 

Morg

Well-Known Member
#3
Eu também nunca vi um cepo assim e já vi alguns que estiveram parados muitos anos. Estavam colados mas depois de limpos só tinham algumas pintas de ferrugem.
O que me faz confusão aí é a massa verde ainda estar boa. Essa massa meteste tu agora ou era a que estava lá quando se partiu?
A primeira coisa que se vê quando se abre um cubo com oxidação é a massa com uma cor escura.
 

Knox

Active Member
#4
Penso que isso talvez nem tivesse sido apertado devidamente e foi andando até desenroscar o cepo, posso estar a dizer uma asneira mas é o que parece porque vê-se rosca. Por sorte que isso não aconteceu em andamento porque senão podia ser uma queda jeitosa.
 
#5
Boas
Comprei recentemente uma cannondalle caad 8 ja com alguns aninhos e tambem tras essas rodas pretendo comprar umas para fazer rolo e estou indeciso ou compro melhor e coloco estas no rolo ou compro uma para fazer rolo , alguem me pode ajudar e dizer comparando com shimano ,mavic , fulcrum.... em que nivel se encontram estas rodas ?
Cumps
 

gfrmartins

Well-Known Member
#6
Boas
Comprei recentemente uma cannondalle caad 8 ja com alguns aninhos e tambem tras essas rodas pretendo comprar umas para fazer rolo e estou indeciso ou compro melhor e coloco estas no rolo ou compro uma para fazer rolo , alguem me pode ajudar e dizer comparando com shimano ,mavic , fulcrum.... em que nivel se encontram estas rodas ?
Cumps
Eu diria que compra umas novas melhores (não é preciso muito para serem melhores) e coloca essas no rolo

Já que vais gastar, compra um set melhor e coloca essas no rolo
 

GMQ

Well-Known Member
#10
Mavic Aksium, Shimano rs10 (acho que é este o modelo) fulcrum 7, campagnolo kamshin . São tudo opções até aos 200€ mais coisa menos coisa. Rodas de combate a baixo custo. Espero ter ajudado
 

GMQ

Well-Known Member
#13
Então é pesquisares no forum que encontras opiniões e indicações onde comprar. Eu sugiro a Ribble. Mas tens Probikeshop, merlin, wiggle, planet x, bike24, bikediscount, Chainreaction. As diferenças andaram nos portes por isso verifica bem porque num sitio pode parecer mais barato mas no fim juntos os portes e outras taxas (volumes grandes). Abraço
 

Bruso

Well-Known Member
#14
Nem vi os comentários neste post, peço desculpa não ter respondido.

Fico resolvido em 1 semana. Levei a roda à Evans Cycle onde comprei a bike e o mecÂnico de serviço disse logo que aquilo era defeito de fabrico e que a garantia cobria.
O meu objetivo era uma roda nova mas ele disse que se conseguisse tirar a rosca partida seria apenas o cepo novo. E assim foi. Prazo de 1 semana já tinha a roda de volta e aproveitei para lhe pedir para fazer um truing na roda porque estava bem empenada e meter na garantia também.

Agora, após 7 meses com esta bike não tenho dúvida em afirmar que as rodas são o ponto fraco e assim que haja budget para upgrades serão o primeiro componente a saltar fora.
No treininho de hoje, cada vez que metia power no cranks em subidas curtas, ouvia logo uns estalos que parecem-me ser bem parecidos aos da outra vez. Estou a ver que terei de tirar a roda fora novamente e ver se voltou a acontecer.

Quanto àquela massa verde: umas semanas após comprar a bike a roda de trás estava a fazer um barulho estranho e aproveitando o free-service que a Evans oferece fui lá e a verdade é que veio resolvido. Portanto, deve ter sido nesse service que susbstituiram a massa. Mas tendo em conta a corrusão desconfio que eles montam rodas usadas na bicicleta. Assim que tenha um tempinho vou abrir aquilo a ver o estado da coisa; se continuar igual vou exigir rodas novas.

Quanto à tua pergunta, saca logo estas rodas para o rolo e compra umas novas para montares na máquina. Ela merece bem melhor que estas rodas manhosas.
 

GMQ

Well-Known Member
#15
BOm dia Bruso as sugestões que eu e outros apresentamos foi para o Elpatron que aproveitou este tópico que criaste para pedir sugestões.

Quanto à tua situação em particular pensava eu que só em Portugal é que havia desenrascanso! LOL! Tens a certeza que o mecânico não é Português ou tem ascendência Portuguesa?? Isso era roda substituída e ponto final. Daqui a nada a mesma vai dar o berro. Acho que devem tomar essas decisões à margem da marca. Será que tentam por pensos para te esgotar a garantia??

Quando tiveres disponibilidade investe numas rodas novas dentro daquilo que temos vindo a falar. Baixo custo e durabilidade. Acima de tudo andas descansado não com o credo na boca . Porque se a roda resolve dar o berro numa volta estás lixado. espero que não venha a suceder. Abraço
 

Bruso

Well-Known Member
#16
O meu conselho também foi para o Patron. Esqueci me do Nick dele e nem tive pachorra de ir ver ahahah.
A ideia é essa. A escolha deverá recair nas tão famosas SHIMANO portanto nem é um investimento por aí além.
Vou tentar abrir estas ainda esta semana e se vir ferrugem viu direto à Evans.
 

GMQ

Well-Known Member
#17
Ok entendi. Um familiar meu que esteve e está muito ligado a este mundo falou me muito bem da fulcrum 7 porque se tratam de umas rodas com uma manutenção minima. São um pouco mais caras que a shimano mas uma possibilidade. Para mim as shimano estão fora de questão por não terem cepo campagnolo. Mas acho que se fores para as shimano fazes uma boa aquisição.
 
#18
Boas
Desde ja o meu muito obrigado a todos nao abusando de todos os modelos e dentro do orçamento qual o modelo que compravam ?
Rodas que desde logo aguentem bem com os 90 /95 kg e que nao me deem muitos problemas de manutençao ?
 

Bruso

Well-Known Member
#19
Há uns anos comprei umas fulcrum para a minha Berg que está na Madeira. Ainda pensei em trazê-las quando lá estive mas já tinha atingido o limite de malas.
A vantagem destas fulcrum é que o cubo é selado. São zero manutenção até o dia que vão à vida.

Se até Março ainda não tiver avançado para a compra talvez as traga.
Já que falamos nisso: como transportariam umas rodas no avião? Aqueles sacos de rodas não me parece que ofereçam grande proteção. Alguém com experiência na matéria que possa ajudar?
 
#20
Boas eu andei com umas mavic aksium e são rodas de guerra...na altura pesava 109kg...zero empeno a dias coloquei o link de umas por 109€ agora estão por 139€ por este valor na minha opinião nao ha melhor...