Le Tour de France 2020

Posta a vitória incrível do Pogačar, poderemos comparara-lo ou mesmo superiorizá-lo ( a meu ver justamente) para com Bernal?
Este miúdo não "só" ganha o Tour, como conquista três etapas e três camisolas para um dito apoio de uma equipa com apenas dois combativos ( De La Cruz e Polanc) perante um cenário nada semelhante com a passada vitória do colombiano.

Foi uma vitória de um guerreiro, que teve no fim, a meu ver, mais força psicológica do que o seu compatriota, Roglic. Talvez fosse esta a real estratégia de Pogačar, de levar as coisas para o CR, pois no fundo, dificilmente conseguiria ganhar diferenças significativas na alta montanha perante a melhor equipa do Tour. "Poupou-se" e "limitou-se" a seguir o líder e a Jumbo.

A meu ver, considero mais uma estrondosa vitória do Pogačar do que uma derrota para Roglic e a sua equipa. Nem com a INEOS na máxima força e isto é referir aos especialistas, Froome e Thomas, conseguiriam neste CR fazer tamanha diferença como o miúdo fez.

De resto, o que eu adorei de ver ( finalmente) Porte a dar espetáculo e um verdadeiro baile a Lopez que para mim, no verdadeiro sentido da palavra, é um verdadeiro sacana na modalidade. Dumoulin merece também uma vénia, um autêntico e verdadeiro profissional, um líder e mais importante, um colega de equipa.
Dar também uma nota de honra para o mítico Alejandro Valverde que foi praticamente até ao último dia, discutir um top-10. São 40 anos de classe e magia e finalizar a prova mais emblemática do ciclismo mundial em 12º lugar com 3 semanas repletas de dificuldade... uma lenda.
 

cou7inho

Well-Known Member
Estou feliz pela Jumbo não ganhar. Controlaram demasiado a corrida, o que tirou um pouco a piada.
Concordo completamente.
O ciclismo "moderno" tende a ser muito mais estratégico, muito jogo do gato e do rato. Parece que têm medo de lançarem aqueles ataques incríveis serra acima. Aqueles ataques que deixam um adepto colado ao ecrã.
Obviamente cada equipa/ciclista tem a sua forma de correr e quer se goste ou não o que importa no final são os resultados.
Efetivamente a Jumbo fez um ótimo Tour em termos coletivos. Mostraram capacidade física para meter ritmos fortes e manter um comboio coeso. Mas tivemos etapas que eram supostas etapas para se lançarem ataques e o que acontecia era uma espécie de passeio cicloturistico.
Quiseram ser tão táticos que a tática acabou por lhes desgraçar o Tour.
O Pogacar perdeu aquele tempo todo naquela etapa em que houve cortes, mas rapidamente fez pela vida e lançou os ataques necessários para ir recuperando tempo. Gostei de o ver a competir.
Enquanto adepto de ciclismo prefiro ver um ciclista que nos proporciona alguns momentos bonitos, nomeadamente, bons ataques do que um ciclista que pode estar numa ótima forma física mas que pouco mexe na corrida.
Mas volto a frisar, é só a minha opinião. Correndo de forma bonita ou feia no final o que importa para a equipa, patrocinadores... são os resultados.
 

Wawando

Well-Known Member
Posso nao perceber muito disto, mas ninca vi o Roglic a fazer grandes coisas. Está onde está porque tem uma grande (?) Equipa.

Dos que fui acompanhando ao longo dos anos, Pantani, Armstrong, Contador, Indurain, o Pogacar é o que mais merece estar neste lote. Ataca, nao tem medo. Já o Roglic é mais calculista. Lixou-se...
Se trocassem de lugares é bem possível que tivesse acontecido o contrário. "Se" lá está... Vamos ver nos próximos GT!
Ela, o Roglic não fez nada??? Por favor... Ainda no outro dia diziam que estava a atacar quando não precisava.... O que é completamente fora de todos os parâmetros foi o ITT do Pogacar. Alien mesmo! Muita grana de ganhar. O Porte tb estava onfire, última hipótese de podium, hasta lá muerte!!!! mesmo tempo que o Dumoulin(!!!)
 
A maior desgraça do dia foi mesmo o Lopez. Não quis trabalhar no outro dia para afastar o Porte e faz isto num contra-relogio?!
Li/ouvi algures que o MAL não colaborou precisamente para não beneficiar do furo do porte.
Não deixa de poder ser só desculpa depois de ter visto que fez merda lol.

Quanto ao desfecho do tour penso que ninguém podia prever que se iria escrever uma página dourada do ciclismo neste dia, até o próprio pogacar ficou claramente surpreendido.
Ainda bem que houve este desfecho pela performance do rapaz e não por uma qualquer avaria furo ou queda do roglic, o que com a vantagem curta que tinha poderia ter o mesmo resultado prático: perder a amarela.

O senhor ciclismo diz isto acerca da JV https://www.cyclingnews.com/news/ed...m7X3m7vSECzujkvCLDoyfpEqfOLXswt0jKZ4R98Z79xV8
 

Wawando

Well-Known Member
Li/ouvi algures que o MAL não colaborou precisamente para não beneficiar do furo do porte.
Não deixa de poder ser só desculpa depois de ter visto que fez merda lol.

Quanto ao desfecho do tour penso que ninguém podia prever que se iria escrever uma página dourada do ciclismo neste dia, até o próprio pogacar ficou claramente surpreendido.
Ainda bem que houve este desfecho pela performance do rapaz e não por uma qualquer avaria furo ou queda do roglic, o que com a vantagem curta que tinha poderia ter o mesmo resultado prático: perder a amarela.

O senhor ciclismo diz isto acerca da JV https://www.cyclingnews.com/news/ed...m7X3m7vSECzujkvCLDoyfpEqfOLXswt0jKZ4R98Z79xV8
Epa, é fácil mandar postas de pescada. Em condições normais a jumbo fez o que devia. Como se viu na etapa em que o Dumoulin partiu aquilo tudo, vão todos no limite!
Ainda bem que isto aconteceu. Sinceramente foi um dia super do Pogacar conjugado com dia mau do Roglic. E o mau tempo do Roglic ate deve ter alimentado ainda mais a gana do Pogacar!
 

Carolina

Well-Known Member
Na de contra relógio tinha, na subida não tinha nem.power meter nem medidor de pulsacao nem nada. A fundex até partir! E não partiu. O Uran tb n usa nada. Estes gajos não precisam de nada. Vivem na bike.
Pois, eu estava era achar estranho não ter PM na bike de TT.

Na subida final já não trás muita vantagem, só adiciona peso. É ir à morte porque não tinha alternativa.
 
O Roglic no inicio da subida ainda era 1º por 20 segundos, na subida entrou em pânico ao sentir que não estava com as pernas que queria e a perder tempo para o Pogacar. Mas se calhar com mais calma podia ter feito um subida mais ao nível do que fez ao longo do Tour, acho que perderia na mesma no entanto, mas chegaria com mais classe ao final eheh