Le Tour de France 2020

qwerAC

Well-Known Member
Eu gostava que o pogacar ganhasse mas o Roglic é melhor contra-relogista e o pogacar anda sozinho nas montanhas. Onde é que o pogacar vai sequer desarmar o dumoulin e o kuss? Não tem colegas para o fazer.
 
Eu gostava que o pogacar ganhasse mas o Roglic é melhor contra-relogista e o pogacar anda sozinho nas montanhas. Onde é que o pogacar vai sequer desarmar o dumoulin e o kuss? Não tem colegas para o fazer.
a questão é que o TT no fim significa que quem chegar com mais força será o favorito a ganhar o TT. Não quem é melhor teoricamente melhor no TT.

e o Pogi é o campeão nacional de TT á frente do Rogi.

o Rogi não tem o Tour ganho. Eliminou um dos rivais mas ganhou outro quando deixou fugir o Pogi no Peyresourde.
 

Wawando

Well-Known Member
Enquanto os eslovenos continuarem à cabeçada (como tem que ser) indo ao redline, um deles é bem capaz dar o berro (como aconteceu no passado com o Roglic, Yates, etc.). E ainda bem, ou seria um passeio no parque para o Roglic.
 
Enquanto os eslovenos continuarem à cabeçada (como tem que ser) indo ao redline, um deles é bem capaz dar o berro (como aconteceu no passado com o Roglic, Yates, etc.). E ainda bem, ou seria um passeio no parque para o Roglic.
Exacto..a festa ainda vai no adro. Quem perdeu tempo ontem, e ainda bem, irá ajudar, espero, a que as etapas na 3 semana sejam atacadas cedo. Só espero que o Indio, o bernal e mais alguns tenham a capacidade e tenham a equipa ajudar para termos espetaculo até ao fim.
 

qwerAC

Well-Known Member
Sim. Na etapa 20 é quem chega melhor. Nao quem é o melhor contrarrelogista. E nao acho que o Roglic esteja melhor que o Ppgacar. Ainda não deu para ver isso.

@qwerAC o Bernal nunca mais vai fazer um top3 no Tour?
Pódio pode fazer. Tem qualidade para isso mas também precisa de um bom percurso. Agora vencer, tenho quase a certeza que não. É um ciclista que não é excecional em muros, algo medíocre em TT, não é o trepador que muitos pintam e acima de tudo está na melhor equipa do mundo em grandes voltas. Se para o ano o Bernal não ganha o tour, tenho a certeza que a Ineos vai pagar um bom cheque a ciclistas como o Remco ou o Pogacar.
 
Pódio pode fazer. Tem qualidade para isso mas também precisa de um bom percurso. Agora vencer, tenho quase a certeza que não. É um ciclista que não é excecional em muros, algo medíocre em TT, não é o trepador que muitos pintam e acima de tudo está na melhor equipa do mundo em grandes voltas. Se para o ano o Bernal não ganha o tour, tenho a certeza que a Ineos vai pagar um bom cheque a ciclistas como o Remco ou o Pogacar.
Para mim a Ineos "deu" um ou vários tiros no pé ao deixar o Thomas e o Froome fora do Tour. Não digo levar os 2, mas pelo menos 1 deles deveria ir para retirar alguma pressão ao Bernal. O Bernal é um puto novo e não conseguiu resistir à pressão de ter de ganhar o Tour. No ano passado ganhou, mas a pressão estava toda no Thomas.

Para além disso este ano levaram a equipa mais fraca dos últimos anos. Apenas o Castroviejo está a andar bem, é uma equipa muito jovem e falta a experiência.

E vamos ver se a ida do amador ao Tour não foi outro tiro no pé. Como ficou a preparação que estava a ser feita para o Giro?
 

NULL

Moderador
Staff member
Esta quebra de performance do Bernal pode ter vários motivos:

- Erro na alimentação na etapa do Grand Columbier ou na etapa anterior. A etapa anterior não foi uma etapa de montanha mas para os trepadores são etapas muito duras! Fazer estas etapas com médias entre 40 e 45km/h vai muito ao pêlo dos levezinhos.

- Início de uma qualquer doença devido ao desgaste provocado por uma grande volta. Esforços intensos = Diminuição do sistema imunitário.

- Fadiga generalizada. Com a quantidade de treino e provas que o Bernal fez este ano, e sempre a andar a top, pode ter atingido o seu limite físico e ter entrado em falência.

Eu inclino-me para a última hipótese. Como se trata de um atleta com uma idade muito jovem há a tentação de ir sempre mais além. Eu costumo dizer que nunca sabem os seus limites se não chegam lá. O Bernal, pelo que vejo, atingiu os seus.
Um preparador físico tem uma tarefa que é extrair o melhor do seu atleta. Então ele sujeita-o a cargas, testes, provas e vai analisando. Se tudo corre na perfeição, se o atleta corresponde, o preparador tende a ser um pouco mais exigente, já que o atleta não revelou sinais de quebra ambiciona-se ir mais além. Há um dia em que tudo se desmorona... esse dia é o limite. Nesse dia, atleta e preparador, percebem onde não devem entrar.
Por isso é que comparar o Bernal com o Froome é complicado... o Froome tem uma experiência de dados e de fórumas de preparação que tiveram muito sucesso... os ajustes a fazer são reduzidos. O Bernal anda no escuro.

Quanto à equipa Ineos, com a excepção do Kwia e do Castroviejo, são uma desilusão completa. Até digo mais, a sensação que fica é que sabotaram o tour.
 
Esta quebra de performance do Bernal pode ter vários motivos:

- Erro na alimentação na etapa do Grand Columbier ou na etapa anterior. A etapa anterior não foi uma etapa de montanha mas para os trepadores são etapas muito duras! Fazer estas etapas com médias entre 40 e 45km/h vai muito ao pêlo dos levezinhos.

- Início de uma qualquer doença devido ao desgaste provocado por uma grande volta. Esforços intensos = Diminuição do sistema imunitário.

- Fadiga generalizada. Com a quantidade de treino e provas que o Bernal fez este ano, e sempre a andar a top, pode ter atingido o seu limite físico e ter entrado em falência.

Eu inclino-me para a última hipótese. Como se trata de um atleta com uma idade muito jovem há a tentação de ir sempre mais além. Eu costumo dizer que nunca sabem os seus limites se não chegam lá. O Bernal, pelo que vejo, atingiu os seus.
Um preparador físico tem uma tarefa que é extrair o melhor do seu atleta. Então ele sujeita-o a cargas, testes, provas e vai analisando. Se tudo corre na perfeição, se o atleta corresponde, o preparador tende a ser um pouco mais exigente, já que o atleta não revelou sinais de quebra ambiciona-se ir mais além. Há um dia em que tudo se desmorona... esse dia é o limite. Nesse dia, atleta e preparador, percebem onde não devem entrar.
Por isso é que comparar o Bernal com o Froome é complicado... o Froome tem uma experiência de dados e de fórumas de preparação que tiveram muito sucesso... os ajustes a fazer são reduzidos. O Bernal anda no escuro.

Quanto à equipa Ineos, com a excepção do Kwia e do Castroviejo, são uma desilusão completa. Até digo mais, a sensação que fica é que sabotaram o tour.
Sim e por exemplo o Carapaz, para quem queria ir ganhar novamente o Giro está muito fraquinho. Ou está a fazer boicote por o terem posto no tour, ou está muito mal.
 

Carolina

Well-Known Member
Ainda não vi o Kwiato a andar o que estava a andar no ano passado.
Está a andar bem. Não é, nem nunca foi, trabalho dele ficar até ao fim nas subidas. Não estou a ver onde poderia ter feito mais.

O sivakov tem feito ali muita falta. Tiveram azar com as quedas dele, provavelmente estaria melhor na GC que o Bernal.

O carapaz e o amador... claramente foram chamados à pressa só para tapar os buracos do thomas e do froome.
 
O roglic ou esta numa de gestao completa de energia.... ou parece-me um bocadinho curto de forças...
Outra coisa que assusta neste tour é olhar para os tempos....os primeiros 14 estao com +- 10min de dif... dp... 15º a mais de meia hora... 22º a mais de uma hora... :X comparando com 2019.. o 1º a mais de uma hora era o 40º :X
 

qwerAC

Well-Known Member
Só digo isto. Sabemos da qualidade (ou falta dela) de um tour, quando o pinotes esteve perto de vencer. O bernal não está no nível do ano passado, mas se tivesse no mesmo nível, também não conseguiria vencer.