Giro de Itália 2018

pratoni

Well-Known Member
#2
O que está a acontecer ao Froome aconteceu também ao contador e retiraram-lhe a Vitória quando finalmente decidiram o seu caso. Ou seja, é uma situação algo insólita mas não é única...
 

FSilva

Moderador
Staff member
#3
A questão do froome é um erro que a uci ja devia ter aprendido. Prolongam as decisões as penas ou nao e depois cai-se no ridiculo de um atleta ganhar uma competição e ver lhe retirado esse titulo. Janpara nao falar dos restantes atletas ganhar na secretária nunca sera o mesmo que subir ao pódio e receber uma troféu. Outra coisa é acreditado que o froome esta limpo para esta competição se a vencer e vier a ser retirado o tirulo deve ser desesperante ver fugir algo depois de tanto trabalho por uma decisão que nada tem a ver com o momento mas com um ato passado que deveria ser castigado nessa competição e posteriormente suspenso... enfim é nestas coisas que o ciclismo sai por baixo em relacao a outros desportos para o publico em geral
 

Wawando

Well-Known Member
#4
Entretanto... QUEREMOS É GUERRA!!!
Estou curioso em relação ao Dumoulin vs Froome... O Dumoulin deve começar mais forte ou melhor, o Froome com menos forma. Lets see!
 

Bruso

Well-Known Member
#5
Aí está um situação que ainda vai fazer correr muita tinta. Ora bem, o Froome não está suspenso portanto pode competir. Se pode competir pode ganhar e portanto não faz qualquer sentido lhe retirar os títulos que vença enquanto a UCI e a WADA não se decidem. Concordo sim que lhe retirem a Vuelta 2017. Mas sou completamente contra lhe retirarem o Giro de 2018 (caso vença).
 

Bruso

Well-Known Member
#8
A questão é que a UCI já veio negar isso. O presidente não tem qualquer poder sobre este tipo de situações. A decisão é tomada por um tribunal que a UCI criou para julgar casos de doping e a regra escrita é que sejam retirados todos os resultados durante o período de suspensão.
 

{the_crow}

Active Member
#16
"Unfortunately @siutsou is forced to withdraw from @giroditalia before the opening time trial, due to a crash on the course recon ride." via Bahrain Merida Twitter.
 
#20
A ser verdade esta situação e se froome for considerado culpado então terá de ser suspenso no máximo por 2 anos sem aplicação retrospectiva (excepto a retirada do titulo na vuelta 2017).
lembro que no “caso contador” que foi destituído de todos os titulos conseguidos entre julho de 2010 agosto de 2011 – 2012 so competíu em agosto/Setembro, porque a sanção teve aplicação retrospectiva e ficando o ciclista apenas suspenso efectivamente durante 7/8 meses em 2012.
Penso que será uma medida que credibiliza mais o ciclismo mas … prejudica o ciclista no sentido em que ficará efectivamente todo o período da sanção aplicada suspenso - o que nao aconteceu com contador pq competiu em 2011 (resultados posteriormente anulados em 2012)
o que há que mudar é apenas a celeridade na resolução destes problemas relacionados com substancias problemáticas.
Na minha opiniao… é apenas uma questão de tempo até froome ser considerado culpado e ser-lhe retirado o titulo na vuelta de 2017.