Foto ciclo turismo pela Beira Interior e... por aí

elchocollat

Well-Known Member
#61
Xiii isso mesmo, que falha, Belgais! Que por sinal tambem tem uma subidinha fixolas, ah e se puderem visitem, é espetacular!
(devia estar a pensar na Série da RTP :D)
Nunca lá fui, só passei mesmo no cruzamento no topo da Monheca...

E já agora:
Acho que essa série era gravada numa aldeia perto do Bombarral (as cenas exteriores, pelo menos). Carvalhal, se não me falha a memória. Mas nunca averiguei tal coisa.
Andamos todos enganados :eek:
 
#63
Desconhecia as curvas da Monheca até que as fiz a descer na semana passada e fiquei com uma vontade muito grande de numa próxima estadia pela Raia de as fazer a subir.

Outra volta que quero fazer é uma "volta Ibérica" começar em São Miguel D'Acha, atravessar a fronteira perto de Penamacor até Valverde Del Fresco (fui lá muita vez em criança com os meus pais) e voltar pelas Termas de Monfortinho, será uma volta de mais de 130Km, mas era uma "coisa" que gostava de fazer durante as férias pelo mês de Agosto.

Esta volta https://connect.garmin.com/modern/course/35957369
 

ricasmetx

Well-Known Member
#64
Desconhecia as curvas da Monheca até que as fiz a descer na semana passada e fiquei com uma vontade muito grande de numa próxima estadia pela Raia de as fazer a subir.


Outra volta que quero fazer é uma "volta Ibérica" começar em São Miguel D'Acha, atravessar a fronteira perto de Penamacor até Valverde Del Fresco (fui lá muita vez em criança com os meus pais) e voltar pelas Termas de Monfortinho, será uma volta de mais de 130Km, mas era uma "coisa" que gostava de fazer durante as férias pelo mês de Agosto.

Esta volta https://connect.garmin.com/modern/course/35957369
Tens mesmo de fazer a Monheca, é uma subida fixe, a vista não é nada de jeito pois estas num vale encaixado, mas o alcatrão é bom e com uma berma que te proporciona condições seguras para subir.

É uma volta 5 estrelas, mas em Agosto? Aqui na zona? 130km?
Força e bebe muita água!

Se puderes explora também a fronteira em Salvaterra do Extremo, é muito giro.
 
#65
Tens mesmo de fazer a Monheca, é uma subida fixe, a vista não é nada de jeito pois estas num vale encaixado, mas o alcatrão é bom e com uma berma que te proporciona condições seguras para subir.

É uma volta 5 estrelas, mas em Agosto? Aqui na zona? 130km?
Força e bebe muita água!

Se puderes explora também a fronteira em Salvaterra do Extremo, é muito giro.
O inicio da descida é lindissimo com a paisagem brutal.
Sim em Agosto que é quando posso e será para sair por volta das 6 e pouco para apanhar o menos possível de calor :D
 

ricasmetx

Well-Known Member
#66
O inicio da descida é lindissimo com a paisagem brutal.
Sim em Agosto que é quando posso e será para sair por volta das 6 e pouco para apanhar o menos possível de calor :D
Toda esta zona da raia é lindissima, sao planícies imensas e com uns segredos bem giros pelo meio.,
Hoje estão 40ºC e normalmente as 6h ja bate nos 30ºC.
Eu como me dou muito mal com o calor (e por causa dos sinais devo evitar o sol a partir das 10h30) nesta fase do verão pedalo menos e estou sempre à espreita de um fds mais fresco para fazer essas voltas maiores ehehe
 
#67
Eu também me dou mal com o calor, mas se tiver oportunidade vou fazer, claro que em dias de 40º não vou arriscar sair para voltas tão grandes, mesmo quando tive por aí a semana passada só saí um dia de manha de resto foram sempre ao final da tarde das minhas voltas.
Já em Lisboa tenho saído sempre antes das 7h para pedalar.
 

ricasmetx

Well-Known Member
#68
Passados mais de 3 meses, de muito trabalho, ocupação pessoal, calor de verão e assumindo a queda nas areias movediças da preguiça, voltei ao pedal.

Nada melhor do que regressar indo a um sitio novo (para mim) e quase nunca antes pedalado.

Fui até Cedillo, é um município raiano de Espanha na província de Cáceres e que está separada do Monte Fidalgo (Vila Velha de Ródão - VVR) pelo Rio Tejo.
Dá o nome a uma barragem que marca a entrada do Rio Tejo no território português e define a fronteira PT/ES. É um projeto interessante pois está em territorio PT mas é ES... enfim...

O importante é que o municipio de VVR alcatroou recentemente uma estrada, até entao em terra batida, que vai até ao Tejo.
Quando vi a noticia fiquei com as orelhas no ar e... siga lá!

Em péssima forma, so tenho feito uns dias de ginasio, e umas voltas ao fim do dia uma ou outra de 40km ao fds, decidi lá ir, rumo ao empeno, nao conhecia a estrada mas conhecia a geografia, é um belo "buraco" mas que se lixe, sem pressoes, so viajar e passear por sitios novos.

Fui pelo antigo IP2 em direção aos Cebolais onde desci (e aproveitei bem, sabia que tinha que a fazer a subir para cá) até Alfrivida.
Se andarem por estes lados, no restaurante "O Rato" comem uma boa miga de peixe do rio ;)

Seguindo pela EM 533 em direção aos Perais virei para o Monte Fidalgo. Pela primeira vez, de bicicleta fui até esta localidade e apercebi-me que aquele pedaço de estrada (2km) era a subir (4% de inclinação ) :D

Foi quando virei para a barragem e comecei a descer, alcatrão espetaular, um tapete de alta qualidade e la vou eu e pensei, bem vou levar uma malha!
É cerca de 1,3km mas com 2 curvas super perigosas, a descer e sem rails (daqui a uns tempos vai haver la uns acidentes feios) e deparei-me com ele... o Tejo



Mais uma curva à direita (super perigosa com desnivel de -15% e sem rails) e ali estava à frente, do lado de lá Espanha, o cais dos barcos de recreio que vao até ao cais Portugues de Lentiscais, e em cima a gigante Subestação de Cedillo, nao é incrivél? (vejam o tamanho do barco com o declive)



E agora o "barquito"



E finalmente a barragem



Desfrutando da paisagem foi tempo de refletir: esperemos que esta estrada dinamize o cais deste lado, ou pelo menos o acesso às autoridades para protegerem mais e melhor o rio. Do "lado de lá" há barcos, viagens organizadas, autocarros, barragem, subestaçao, e o rio... que é de ambos... do lado de cá, há uma estrada inaugurada em 2020...

Bem era hora de dar cabo das pernas e deixar de pensar demasiado... a subida é curta e tem partes de 15/20% mas faz-se, custou mais, e custa sempre a subida de Alfrivida para os Cebolais de Cima, um clássico para treinar as pernas por estas bandas

https://www.strava.com/activities/4118597060/segments/2745256467891942228

Chegando a casa, alongar, banho de água fria e dar uma malha ao sofá.

Espero que a vontade deste Domingo se transforme em rotina e de vagar vamos regressando com regularidade e com forma.

Obrigado.
 
#69
Mais uma zona a explorar. Esta semana saiu a informação de que vão fazer uma ponte entre Nisa e Cedillo. Não sei se pensam acompanhar do lado Norte para o distrito de CB mas abria umas possibilidades porreiras.

Este fim de semana prolongado, se tudo me correr bem voltarei às estradas da Beira. Pode ser que nos encontremos por aí!!