Bike para treino indoor

Negoci8er

Well-Known Member
#1
Caros desportistas, ciclistas, ;)
Já nos tempos de confinamento (Covid) tinha ponderado a compra de um turbo trainer. Agora que o inverno se aproxima voltei a pensar no assunto.
A ideia seria algo simples, barato, prático, fiável tipo um elite suito...
Contudo, também seria para a mulher usar, e as estaturas são muito diferentes...
Implicaria trocar de bike constantemente no TT.
Penso que será melhor um TT com bike integrada com ajustes fáceis e rápidos.
A ideia seria ter algo com dados, com possibilidade de comunicar com softwares tipo zwift, bcool, etc... ligado a um ecran para diminuir a monotonia da pedalada em casa...
Apareceu a Kickr bike, mas os preços são puxados...
Também vi a opção da Tack, Tacx Neo Bike Smart, que também é cara mas já com preços mais simpáticos.
Conhecem alguma opção mais barata?
Quanto ao funcionamento que opção recomendam?
 

Negoci8er

Well-Known Member
#3
@pratoni,
Esta opção é metade do preço da Tacx Neo Bike... :)
Nas características não consegui esclarecer, se este modelo tem leitura de potência, cadência, permite ligar pulsómetro, etc...?
Quais as principais diferenças para os mais evoluidos da Tacx e wahoo?
Verifiquei que tem comunicação bluetooth, mas não encontrei referências ao leitor de potência.
Em relação a estar esgotada, penso que ainda esteja relacionado com o covid... A Tacx Neo bike, não sei se estará para sair novo modelo... há vários sites que referem que está indisponível e não a voltarão a ter...

Não queria gastar muito dinheiro, mas se a experiência não for "realista" não convenço a mulher a andar... :p
 

Negoci8er

Well-Known Member
#10
A tua mulher também tem bike?
Tem uma de montanha, às vezes faz umas voltinhas... um misto de alfalto com uns trilhos pelo monte :)
Já lhe falei em comprar uma de estrada mas ela diz que já tem uma bicicleta e que chega... :p
Este verão até chegou a dar voltas com chuva da pesada, mas por norma no inverno só faz ginásio, não anda de bike... Agora com covid nem ginásio tem feito...
Mas também ainda não sei se ela vai aderir a isto do indoor... ainda ontem me disse que uma vez experimentou algo do género no ginásio e não achou piada!
Prefere andar ao ar livre! Fazer o cicloturismo dela... conhecer "melhor" algumas zonas ao redor do Sameiro... Sobreposta, Pedralva, Briteiros, etc... Ter contacto com a natureza! Sem duvida que não há nada como andar ao ar livre.
Mas o treino indoor é muito versátil para o inverno e para situações de pouco tempo disponível...
 

NULL

Moderador
Staff member
#11
Tem uma de montanha, às vezes faz umas voltinhas... um misto de alfalto com uns trilhos pelo monte :)
Já lhe falei em comprar uma de estrada mas ela diz que já tem uma bicicleta e que chega... :p
Este verão até chegou a dar voltas com chuva da pesada, mas por norma no inverno só faz ginásio, não anda de bike... Agora com covid nem ginásio tem feito...
Mas também ainda não sei se ela vai aderir a isto do indoor... ainda ontem me disse que uma vez experimentou algo do género no ginásio e não achou piada!
Prefere andar ao ar livre! Fazer o cicloturismo dela... conhecer "melhor" algumas zonas ao redor do Sameiro... Sobreposta, Pedralva, Briteiros, etc... Ter contacto com a natureza! Sem duvida que não há nada como andar ao ar livre.
Mas o treino indoor é muito versátil para o inverno e para situações de pouco tempo disponível...
Se tivesse bike compatível com o um rolo Direct Drive não dá trabalho nenhum trocar a tua pela dela quando for necessário. Com um bom rolo direct drive tens tudo e mais um par de botas! É muito mais prático tirar uma bike e meter outra do que andar a fazer ajustes numa smart bike...
 

Negoci8er

Well-Known Member
#12
É verdade, mas também aqui existem incompatibilidades...
Ela tem uma bike roda 26 com sistema Shimano Deore 3x10V.
Eu tenho roda 29 Sram NX 1x12V
Mais estrada Shimano 105 2x11V
Não seria fácil a troca direta de bikes em rolos ou TT direct drive.
A solução que imagino mais simples seria uma smart bike em que apenas ajustaria selim, guiador de forma rápida depois de "marcar" as medidas para os dois.
 

NULL

Moderador
Staff member
#13
É verdade, mas também aqui existem incompatibilidades...
Ela tem uma bike roda 26 com sistema Shimano Deore 3x10V.
Eu tenho roda 29 Sram NX 1x12V
Mais estrada Shimano 105 2x11V
Não seria fácil a troca direta de bikes em rolos ou TT direct drive.
A solução que imagino mais simples seria uma smart bike em que apenas ajustaria selim, guiador de forma rápida depois de "marcar" as medidas para os dois.
Pois... nessas condições talvez seja a melhor opção. Mas sinceramente custa-me ver os preços pornográficos dessas SmartBikes...
 

Reis

Active Member
#14
Se tivesse bike compatível com o um rolo Direct Drive não dá trabalho nenhum trocar a tua pela dela quando for necessário. Com um bom rolo direct drive tens tudo e mais um par de botas! É muito mais prático tirar uma bike e meter outra do que andar a fazer ajustes numa smart bike...
Ora aqui está uma questão que gostava de saber (não percebo nada de TT, nem nunca estive perto de um), eu tenho uma bicicleta de 10v, a minha esposa têm uma de 9v, imaginando que coloco uma cassete de 10v no TT a bicicleta da minha esposa 9v vai trabalhar bem na cassete de 10V? Ou cada vez que trocar de bicicleta no TT tenho que trocar a cassete também?

Obrigado
 

NULL

Moderador
Staff member
#15
Ora aqui está uma questão que gostava de saber (não percebo nada de TT, nem nunca estive perto de um), eu tenho uma bicicleta de 10v, a minha esposa têm uma de 9v, imaginando que coloco uma cassete de 10v no TT a bicicleta da minha esposa 9v vai trabalhar bem na cassete de 10V? Ou cada vez que trocar de bicicleta no TT tenho que trocar a cassete também?

Obrigado
Ora bem, eu vou tentar ajudar mas nunca experimentei.

Se for um TT como o meu creio que funciona bem, e funciona bem porque o TT endurece e alivia à medida que o software que o comanda pede. Basta-me colocar a corrente a meio da cassete e não preciso de mexer mais. O controle do TT faz o resto.
 

Reis

Active Member
#16
Ora bem, eu vou tentar ajudar mas nunca experimentei.

Se for um TT como o meu creio que funciona bem, e funciona bem porque o TT endurece e alivia à medida que o software que o comanda pede. Basta-me colocar a corrente a meio da cassete e não preciso de mexer mais. O controle do TT faz o resto.
Ok, pelo que percebo nos treinos em TT não se anda a tirar e meter mudanças, o próprio TT é que dificulta e alivia, é isto mais ou menos?
 

cconst

Well-Known Member
#18
Para os casos em que existem vários sistemas, o melhor são os smart trainers wheel on. Não não tão silenciosos nem tão precisos. Mas muito mais práticos. Não interessa que cassete se usa... é apenas uma questão de ajustar o contacto com a roda. Aliás... até existe um cujo ajuste não é necessário, já que este é feito com o peso do ciclista (é o caso dos antigos BKool ou Zycle)

@NULL não haverá incompatibilidades com a corrente?! (correntes de 9v são mais largas que as de 11v, certo?)

Edit: os smart trainers wheel on têm outra vantagem: arrumados ocupam pouco espaço (e até podem servir para cavalete de manutenção... hahaha)
 

NULL

Moderador
Staff member
#20
Para os casos em que existem vários sistemas, o melhor são os smart trainers wheel on. Não não tão silenciosos nem tão precisos. Mas muito mais práticos. Não interessa que cassete se usa... é apenas uma questão de ajustar o contacto com a roda. Aliás... até existe um cujo ajuste não é necessário, já que este é feito com o peso do ciclista (é o caso dos antigos BKool ou Zycle)

@NULL não haverá incompatibilidades com a corrente?! (correntes de 9v são mais largas que as de 11v, certo?)

Edit: os smart trainers wheel on têm outra vantagem: arrumados ocupam pouco espaço (e até podem servir para cavalete de manutenção... hahaha)
Pois... é uma boa questão... não sei se essa diferença será suficiente para inviabilizar o sistema.

Cuidado com os de contacto... não têm grande fiabilidade de dados e, caso não queiram estragar o pneu da rua, têm que ter uma roda diferente com pneu de rolo...