acidente

#1
Boas, hoje calhou.me a mim, uma condutora que me deu um "toque" e...chão e bike aos trambolhoes.
Resumindo eu estou +- bem até, mas a bike...manete esquerda po cangalho fita completamente rasgada e pior, quadro estalado na zona da caixa de direção.(carbono).
A condutora tinha pressa, assumiu tudo e deixou todos os dados para proceder a participaçao de sinistro.
Alguem me sabe dizer o que tenho de fazer?
Quais os docs(meus e da bike) que preciso?
 
#3
ainda nao assinamos, sim tem seguro, tenho inclusive os dados do seguro.
só nao sei a quem participar agora, que dados preciso?
tenho de ter fatura da bike?
E que acho que ja nao tenho e assim terei de pedir 2a via
 

Lyp

Active Member
#4
Há 2 meses atrás, um senhor abriu a porta do carro no momento exacto em que a minha mulher ia a passar... deitou-a ao chão, óbvio, mas o pior é que ela esmagou a mão contra a porta, e apesar de irmos a uns 10 km´s/h (felizmente íamos a subir) ainda partiu um osso na mão. O homem assumiu tudo na hora, lamentando o sucedido...


Na prática, tens que fazer uma declaração amigável para entregar na seguradora dela. Da bike não precisas de documentos, apenas dos teus (os normais) mais o teu contacto. Se tiveres um mediador que te possa ajudar, também poderás pedir orientação... Eu fiz isso, mas sinceramente só atrapalhou... Não via as coisa a andar, e quando metemos nós as mãos no assunto é que tudo começou a andar...

Depois deverás indicar (na participação) uma loja onde o perito possa ir ver a bike, e deixa-la lá para a respectiva peritagem. Quando lá for o perito, o teu mecânico deverá ter já o orçamento pronto com tudo o que é necessário.
Eu não apresentei fatura nenhuma de bike nem coisa nenhuma. Na prática, o orçamento é que vai mandar... Podem é não aceitar, mas no meu caso correu muito bem.




Os procedimentos que fizemos foram os que descrevi acima. A companhia era a Liberty, pagaram tudo direitinho (bike e restantes despesas), nunca levantaram problemas. Posso dizer que fiquei até surpreendido. Nós não tínhamos seguro.
 
#5
A condutora tem que fazer a participação do acidente e entregar na companhia dela .Depois a companhia deve assumir a responsabilidade e marcar a peritagem. Se ambos tivessem seguro e não havendo feridos podiam assinar a declaração amigável que não é mais do que um documento em que se descreve o acidente e ambos assinam o que significa que concordam com essa descrição .A companhia analisa de quem é a culpa e assume o pagamento.
 

Lyp

Active Member
#7
Claro que sim... Então vais ficar com o quadro remediado? Não estava impec?

No caso que referi acima, amassou o quadro da minha mulher e pagaram um novo. Como disse, não levantaram problemas.

Verifica tudo direitinho. No meu caso, debrucei-me mais sobre o lado esquerdo da bike (que foi para onde a bike caíu), e depois de ver os estragos levei a bicicleta para a loja. A mossa estava do lado direito (bateu de certeza contra a porta), e tinha-me passado ao lado. Felizmente o mecânico estava com os olhos abertos e viu a tempo, antes do perito lá ir.
 

Lyp

Active Member
#9
No problem.

No meu caso entreguei uma specialized (que a loja também não comercializa), e comprei uma KTM. Eles pagam-te o valor do orçamento, tu compras o que quiseres. Comigo foi assim. aliás, o valor foi pago à loja. Falta saber apenas se todas as seguradoras trabalham da mesma forma. Isto passou-se com a Liberty, como já referi.

Eu aproveitei o embalo e fiz um upgrade, aproveitando algum material, e comprando outro.
 

Lyp

Active Member
#11
Obrigado Plobo.

Isto mexe sempre um bocado com a parte psicológica, dela e dos que a rodeiam. Não foi nada de muito grave, mas é sempre muito chato, como infelizmente bem sabes.

Desmotivar não desmotivou, ainda não estava com a mão recuperada a 100%, já andava a pedalar... Andava stressada era por não pedalar, dizia que a bike fazia melhor que a fisioterapia eheh :D

Um abraço :)
 
#12
as melhoras pra ela. Ainda á pouco uma tipa de carro entra na rotunda como se não estivesse lá ninguem e quase me varria, o que vale é que ia por dentro mesmo encostado á zona central, não deve ter ficado mais que um centimetro entre nós. Enfim... E é como dizes a parte psicologica é lixado... voltar a confiar que eles param.