Volta a Portugal 2021

E lá vai a volta para a Efapel.

A W52 não se entende, que raio de tacticas foram estas durante toda a volta?! .. se o Joni andou a fazer estas coisas por vontade própria amanhã eu se fosse diretor já nem o deixava partir.
É muito amadorismo...já ontem foi igual!

Só com muito azar o Maurício e a Efapel perdem a volta.

Até gostava de ver o Marque acabar em 2!
 

Rapido

Active Member
Quando algo está destinado a não correr bem....o Mauricio iria ganhar na mesma mas no momento do ataque o pedal do Amaro saltou fora.

De resto, acho que ninguém percebeu bem as intenções da W52. Talvez lideranças as mais com o Amaro, Joni e João (sendo que o João é, para mim, o melhor dos 3) e uma o Nuno Ribeiro a estar muito mal nesta volta.

Ainda assim, ainda falta amanhã por isso muito pode acontecer.

Para o ano o Maurício está na W52 (espero que o João saia finalmente que ja é mais que merecido que dê o salto).
 

Bernalve

Well-Known Member
Acho que o Joni não teve tão mal. O único problema no final de contas chamou-se Mauricio. O Marque já não é um perigo, acabaram por elimina-lo e bem.

Amanhã vai ganhar o Mauricio e por muito. Um rolador a subir melhor que um trepador de 55 quilos como é o Amaro... No CR ganha-lhe no máximo 5s por km.
 
A tática da W52 era desgastar a Efapel até à subida da Sra. da Graça, não conseguiram. Quando o A. Carvalho atacou o J. Rodrigues esteve bem a responder. Depois era aguentar o Amaro na roda do Maurício e atacar durante a subida, não conseguiram, faltou pernas ao Amaro (ou melhor , uma perna ... ;)).
Acho que nesse aspeto a W52 fez o que devia.
Mas.... havia o J. Brandão (que peça, não me venham com coisas).
Primeiro dá uma de ficar para trás para mais uma vez não trabalhar para o Amaro, depois quando o J. Rodrigues estava na frente, ataca...
Deu tudo o que tinha para ganhar tempo e depois nem teve pernas para ajudar o Amaro ( nem 500m ajudou).
QUE NÓDOA.
 

jattamasso

Well-Known Member
Vou dar os meus 50 centavos...

Eu até acho que o W52 fez o que tinha de fazer. Meteu um meco (o Brandoni) na frente na ultima subida. Está bem colocado na geral? Coincidência apenas, ele sabe que nunca vai ganhar a volta, no CRI é miserável. O Amaro é que não teve pernas para atacar, e enxotar os Efapeis... se tivesse ou, se ficasse apenas com 1 na roda, teria na parte final a ajuda do Brandoni.... só que este ano há um, ( ou dois) ainda mais mamado que os do Porto, o que não estava propriamente nos planos...
É como digo, é este ano que a Efapel mata o borrego, e com estrondo, amanhã, o Mauricio deve ganhar o CRI, totalizando 6 ganhas!
O ti Américo deve estar bem contente!
 

SantosDaCasa

Well-Known Member
Vou dar os meus 50 centavos...

Eu até acho que o W52 fez o que tinha de fazer. Meteu um meco (o Brandoni) na frente na ultima subida. Está bem colocado na geral? Coincidência apenas, ele sabe que nunca vai ganhar a volta, no CRI é miserável. O Amaro é que não teve pernas para atacar, e enxotar os Efapeis... se tivesse ou, se ficasse apenas com 1 na roda, teria na parte final a ajuda do Brandoni.... só que este ano há um, ( ou dois) ainda mais mamado que os do Porto, o que não estava propriamente nos planos...
É como digo, é este ano que a Efapel mata o borrego, e com estrondo, amanhã, o Mauricio deve ganhar o CRI, totalizando 6 ganhas!
O ti Américo deve estar bem contente!
Mas a Efapel já não é a equipa do Américo....
 

Bruso

Well-Known Member
Muita coisa para digerir nesta etapa.
A Efapel a certa altura parecia estar a cometer um erro crasso mas acabou por dar certo. Ao menos o diretor desportivo teve a autoridade e coragem para meter o Fred e o Tony a trabalhar para o Maurício. Essa decisão deverá lhe ter válido a vitória na CG.

A W52 nunca teve que lidar com esta situação em que tem um excelente trepador a lutar contra bons contra relogistas. Em todas as vitórias ou o líder da W52 era bom contrarelogista a lutar contra trepadores ou o líder era trepador mas os rivais também era trepadores. Parece que não mas isto mexe muito com a estratégia da equipa. Não podes jogar à defesa.
Já agora mesmo que ainda ganhe é o fim de ciclo para os dois cavalos de trabalho que valeram muitas vitórias: falo do Ricardo Mestre e do Samuel. Ambos uns furos a baixo de anos anteriores e isso também afeta a estratégia.
 

Aslume

Active Member
Alguém sabe a história deste ciclista uruguaio que pode ganhar uma volta a Portugal. Se ganhar saí para uma das equipas espanholas que esteva na volta?