Que pneus utilizam?

kostaviks

Well-Known Member

world poem

world poem

Aqui estão as rodas.
Escolhi um percurso misto com subidas, descidas e plano, de forma a perceber as sensações que transmitem.
Do meu ponto de vista, achei bastante reactivas (muito melhores que as Vision Trimax 30), têm um rolar muito suave e bastante barulhento no cepo em roda livre (bom para quem gosta de se fazer notar) e são muito leves.
É preciso ter em conta que não serão muitas as rodas clincher e com este perfil, 28mm, a ficarem abaixo das 1500gr já com fitas montadas e tudo.
Vêm já prontas para montar pneus tubeless e as chavetas não sendo nada de especial, não desiludem.
De salientar que são montadas com raios Sapin double butted, que por si só será sinónimo de qualidade acrescida.
As cabeças dos raios são alumínio. Há malta que prefere latão de forma a ter mais durabilidade, mas do meu ponto de vista essa opção prejudica bastante o peso final e logo na zona do aro que é onde se pretende tirar o máximo peso possível.
Ainda assim, parecem-me robustas o suficiente para utilizar sem reservas.
O aro parece ter boa qualidade e é 17c interior, o que ajuda ao uso de pneus mais largos e consequente aumento no conforto.
No que diz respeito aos cubos são a simplicidade pura e dura. Nada de estravagantes e de manutenção super fácil, devido à forma como se montam e desmontam. Têm bom aspecto e muito bons acabamentos. Os rolamentos não são daqueles especiais que mais ninguém tem para além do fabricante.
A durabilidade das rodas é algo que, como é óbvio, só mais para a frente poderei avaliar.

Concluindo, acho que no cômputo geral são umas boas rodas, com um aspecto agradável, bom peso e que tendo em conta tudo isso se encontram a bom preço, entre os 350 e os 450€, dependendo da loja.

Abraço
 

world poem

world poem

Aqui estão as rodas.
Escolhi um percurso misto com subidas, descidas e plano, de forma a perceber as sensações que transmitem.
Do meu ponto de vista, achei bastante reactivas (muito melhores que as Vision Trimax 30), têm um rolar muito suave e bastante barulhento no cepo em roda livre (bom para quem gosta de se fazer notar) e são muito leves.
É preciso ter em conta que não serão muitas as rodas clincher e com este perfil, 28mm, a ficarem abaixo das 1500gr já com fitas montadas e tudo.
Vêm já prontas para montar pneus tubeless e as chavetas não sendo nada de especial, não desiludem.
De salientar que são montadas com raios Sapin double butted, que por si só será sinónimo de qualidade acrescida.
As cabeças dos raios são alumínio. Há malta que prefere latão de forma a ter mais durabilidade, mas do meu ponto de vista essa opção prejudica bastante o peso final e logo na zona do aro que é onde se pretende tirar o máximo peso possível.
Ainda assim, parecem-me robustas o suficiente para utilizar sem reservas.
O aro parece ter boa qualidade e é 17c interior, o que ajuda ao uso de pneus mais largos e consequente aumento no conforto.
No que diz respeito aos cubos são a simplicidade pura e dura. Nada de estravagantes e de manutenção super fácil, devido à forma como se montam e desmontam. Têm bom aspecto e muito bons acabamentos. Os rolamentos não são daqueles especiais que mais ninguém tem para além do fabricante.
A durabilidade das rodas é algo que, como é óbvio, só mais para a frente poderei avaliar.

Concluindo, acho que no cômputo geral são umas boas rodas, com um aspecto agradável, bom peso e que tendo em conta tudo isso se encontram a bom preço, entre os 350 e os 450€, dependendo da loja.

Abraço
Boas amigo..
Então as rodas?
Também são uma das minhas opções.
Mas gostava de saber o estado delas ao fim de 2000/3000 kms..
 

pratoni

Well-Known Member
Não necessariamente para molhado mas tenho uns continental gp4000s e nao podia estar mais satisfeito mas também não conheço mais modelos para alem desses e os michelin que vieram com a bike...
 
Neste momento porque tá de chuva e as estradas estão pró humido costumo ter uns cascos 28, mas este ano e porque os pneus estão novos, estou a usar os Gatorskin 25c da Continental. Excelente grip em ambos os pisos, forte no combate aos furos e em curva não é preciso ter medo, pois o pneu cumpre com as exigências. Logico que é confortável e uma comparação preço durabilidade, julgo ser um bom set para quem gosta de fazer 10 mil com o traseiro ( ok, eu peso 68kg, os mais gorduchos ou amantes do travão, vão durar menos uns mil kms) e cerca de 18 mil frente sem grandes problemas e com um número de furos... ( bem, aí depende do tratamento que lhes dão na estrada :) )
 

LUCAS

Well-Known Member
Neste momento porque tá de chuva e as estradas estão pró humido costumo ter uns cascos 28, mas este ano e porque os pneus estão novos, estou a usar os Gatorskin 25c da Continental. Excelente grip em ambos os pisos, forte no combate aos furos e em curva não é preciso ter medo, pois o pneu cumpre com as exigências. Logico que é confortável e uma comparação preço durabilidade, julgo ser um bom set para quem gosta de fazer 10 mil com o traseiro ( ok, eu peso 68kg, os mais gorduchos ou amantes do travão, vão durar menos uns mil kms) e cerca de 18 mil frente sem grandes problemas e com um número de furos... ( bem, aí depende do tratamento que lhes dão na estrada :) )
Em tantos pneus que já usei não houve nenhum que pasasse os 6000 tendo deles nem chegado aos 4000 e eu deixo os ir até às lonas , falando do pneu de trás ...
 
Em tantos pneus que já usei não houve nenhum que pasasse os 6000 tendo deles nem chegado aos 4000 e eu deixo os ir até às lonas , falando do pneu de trás ...
Quando comprei a minha Scott vinham montados uns continental grand prix ( não me recordo agora o modelo, mas sei que são os da gama a seguir ao ultra sport), o de trás começou a perder grip aos 7 mil o da frente rolou mais de 12 mil e eu sou um gajo que até abuso deles... Entretanto andei com uns cascos que muitos falavam bem, mas confesso que me estavam a desiludir e não me sentia seguro na travagem e mesmo em curva eram uma desgraça.
Quando comprei os Gatorskin, estava entre eles e os gp4000s, mas optei pelos Gator porque embora causem um pouco mais de atrito (minimo) têm um composto mais resistente aos furos. Os gp são mais bonitos, mais desportivos, mas são mais caros qualquer coisa. Agora continuo a abusar deles e mudei o de trás com 9500km e ainda tinham lá um bocado de borracha para queimar, mas com as chuvas mais vale jogar pelo seguro e mudar. É 100% seguro que fazes mais que os 4000km e nem preciso dizer "queres apostar?" :)
 

LUCAS

Well-Known Member
Quando comprei a minha Scott vinham montados uns continental grand prix ( não me recordo agora o modelo, mas sei que são os da gama a seguir ao ultra sport), o de trás começou a perder grip aos 7 mil o da frente rolou mais de 12 mil e eu sou um gajo que até abuso deles... Entretanto andei com uns cascos que muitos falavam bem, mas confesso que me estavam a desiludir e não me sentia seguro na travagem e mesmo em curva eram uma desgraça.
Quando comprei os Gatorskin, estava entre eles e os gp4000s, mas optei pelos Gator porque embora causem um pouco mais de atrito (minimo) têm um composto mais resistente aos furos. Os gp são mais bonitos, mais desportivos, mas são mais caros qualquer coisa. Agora continuo a abusar deles e mudei o de trás com 9500km e ainda tinham lá um bocado de borracha para queimar, mas com as chuvas mais vale jogar pelo seguro e mudar. É 100% seguro que fazes mais que os 4000km e nem preciso dizer "queres apostar?" :)
Eu tenho uns Grandsport iguais aos que vinham na tua Scott , tambem vinham de origem na minha Merida tem 3500 já estao quadrados mas dá ideia que ainda aguentam mais uns klms depois digo quanto é que fez o de trás ;)
 
Eu tenho uns Grandsport iguais aos que vinham na tua Scott , tambem vinham de origem na minha Merida tem 3500 já estao quadrados mas dá ideia que ainda aguentam mais uns klms depois digo quanto é que fez o de trás ;)
É isso @LUCAS, eram os Continental Grandsport 23c :)
Depois dá feedback, mas é como te disse,uso e abuso bastante e só comecei a perder grip aos 7 mil atrás, e mandei-o ás favas porque quando travava notava que algumas partes do pneu por desgaste acumulado já não agarravam com segurança mínima para evitar ter medo de cair e partir uns ossos... o da frente mais de 12 mil seguro ;)