MONÇÃO E MELGAÇO GRANFONDO 23 setembro de 2018

#81
@NULL

Eu prefiro ir andar de manha, mas isso podemos chegar a um consenso, pois eu só quero fazer 40 / 50 kms ritmo de relax.

Fazer os últimos 20 a 25 km da chegada e voltar.


/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Eu levo o que vinha montado na bike.

52/36/ & 34/ 11.
 
#83
No domingo vou fazer o reconhecimento do Mediofondo, levo 50/34 com cassete 11/32. Depois conto como foi.
Vou fazer o "MedioFondo Aldeias de Xisto" também vou com essa combinação, neste momento estou com 11/28 e nunca me queixei e gosto bastante, para as subidas "normais" é mais que suficiente, mas com as paredes que vou encontrar lá penso que o 11/32 é o ideal, pelo menos sei que se precisar está lá o 32 :p.
 

nmt

Active Member
#84
Ontem lá fui com mais algum pessoal amigo fazer o reconhecimento do Mediofondo. Na separação dos percursos médio e mini (no cimo da primeira subida) optei por acompanhar algum pessoal pelo mini pois tinha um joelho a queixar-se (optei por fazer a primeira metade da primeira subida no prato grande e foi asneira).O que posso dizer do percurso que fiz? Quilómetros iniciais rolantes, entre Monção e Melgaço, sobe mas apenas em falso plano. Depois de Melgaço surge a primeira subida, cerca de 7 kms com pendente constante entre os 3 e os 5%, permite subir a boa velocidade mas atenção, pois se se impuser um ritmo forte desde o início até ao cimo da subida pode causar algum desgaste prematuro. A opção pelo mini levou-me a não fazer a subida rainha (acabei por fazer menos 50 kms e menos quase 1000 de acumulado), no entanto o percurso do médio volta a entrar no percurso neste ponto, sendo coincidente até ao final. A partir daqui inicia-se uma descida longa que nos vai levar de novo à EN202 (estrada Monção - Melgaço), esta descida tem pendentes consideráveis, existindo em particular uma curva com o piso muito degradado (informaram-me que tal iria estar assinalado no dia), ou seja, atenção à velocidade de entrada em curva. Chegado à EN202, entra-se em sentido contrário ao percorrido anteriormente durante poucos quilómetros, após o que se vira à esquerda para uma zona de subida um pouco rompe pernas, onde finalmente as subidas têm pendentes consideráveis (mas perfeitamente exequíveis, entre os 9 e os 14%). Esta zona termina à entrada de Monção, sem mais dificuldades a não ser o pavé (tal como na partida). Assim o percurso efetuado ficou-se por cerca de 60 quilómetros e pouco mais de 1000 m de acumulado… acho que não provocou desgaste que chegasse para justificar a excelente vitela que comemos de seguida...
 

NULL

Well-Known Member
#89
@NULL

Eu prefiro ir andar de manha, mas isso podemos chegar a um consenso, pois eu só quero fazer 40 / 50 kms ritmo de relax.

Fazer os últimos 20 a 25 km da chegada e voltar.


/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Eu levo o que vinha montado na bike.

52/36/ & 34/ 11.
Viva!!

Estive a ver e para mim ir e vir dá para cima de 160km... ia-me ocupar imenso tempo de Sábado.

Não queres meter a bicicleta ao carro e vir dar uma volta até à lindíssima vila de Ponte de Lima? Almoçamos por lá um arroz de sarrabulho e depois segues novamente para Monção de carro... :p
 
#93
Boas,fui ontem com a mulher fazer o reconhecimento do minifondo em que ela vai participar,o percurso é espetacular,com belas paisagens e em estradas com pouco transito(que no dia de prova será fechado),a subida de Pomares é muito acessivel,convida a andamentos rápidos,tenho pena de não ter seguido para a subida rainha pois essa sim deve custar, a parte final é que achei as pendentes muito exageradas para os atletas do minifondo que por norma e como é o caso da minha esposa têm menos preparação,acho que aí a organização não esteve bem no planeamento,tudo bem que se for fácil não mete piada,mas pendentes para cima de 10% e partes com 16% e 19% na parte final do percurso vão fazer a vida negra aos menos preparados,nessa parte final tinha uma curva a descer cheia de gravilha para ajudar...
 
#95
Fiz o medio.

Belo empeno, muita gente agarrada as pernas nas várias subidas :eek:

Paisagens brutais.

O resto, já o que a BikeService nos habituou.

Passei por alguns malaguetas, tendo inclusive dado um grito de apoio a um que estava encostado numa das subidas.

Quem foi que se acuse :p
Deves ter feito confusão com o equipamento, ou algo parecido, essa malta anda para caraças :D
 

emsfc

Well-Known Member
#96
Também lá estive, fiz o Granfondo.
Em termos de organização achei só que o local do paddock não era o melhor uma vez que não tinha sombras. Tanto no secretariado de ontem como na hora a que cheguei hoje, estava uma brasa que não dava para ali estar. Quanto ao resto, cinco estrelas como é hábito!
Não me senti muito confortável no arranque. Paralelo, algumas zonas com areia, rotundas e muitos heróis que fazem tudo para ganhar algumas posições. Optei por fazer essa parte com calma o que acabou por me custar vários lugares.
Quanto ao resto da prova basicamente foi apertar nas subidas e perder o menor número de lugares possível nas descidas.
Fiz 57 à geral e 22 na categoria.
Encontrei vários Malaguetinis e mais alguns membros aqui do fórum. Deu para trocar algumas palavras com alguns deles.

Abraço
 

Wawando

Well-Known Member
#97
Também lá estive, fiz o Granfondo.
Em termos de organização achei só que o local do paddock não era o melhor uma vez que não tinha sombras. Tanto no secretariado de ontem como na hora a que cheguei hoje, estava uma brasa que não dava para ali estar. Quanto ao resto, cinco estrelas como é hábito!
Não me senti muito confortável no arranque. Paralelo, algumas zonas com areia, rotundas e muitos heróis que fazem tudo para ganhar algumas posições. Optei por fazer essa parte com calma o que acabou por me custar vários lugares.
Quanto ao resto da prova basicamente foi apertar nas subidas e perder o menor número de lugares possível nas descidas.
Fiz 57 à geral e 22 na categoria.
Encontrei vários Malaguetinis e mais alguns membros aqui do fórum. Deu para trocar algumas palavras com alguns deles.

Abraço
Curioso eu fiz 56 apanhei um empenaço, ia de europcar c jersey aberto. Andei mt c @petrix que tiveo prazer de conhecer. Gf com calor nunca mais!
 
#98
Boas,fiz o medio,até estava a correr bem apesar do calor que estava insuportável,mas se bem me lembro o "escaldão" em Vacalar no Douro foi pior, fiz a subida de Pomares na poupança,pois sabia que a subida de Val de Podros ia ser muito dura,aí fui me aguentando como podia,sempre a pedalar no meu ritmo( lento :p) mas lá cheguei acima apenas com 2 pausas á sombra para refrescar,depois do abastecimento quando já pensava que tinha acabado o martirio,eis que aparecem mais rampas a 12 e a 14%,lá fui seguindo e quando entrei na estrada nacional,passados uns kms puff! FURO,tinha boa impressão dos tubeless pois já não era o 1º furo e das outras vezes vedaram rápido sem grandes perdas de ar ou de liquido,mas não foi o caso,vedou mas depois assim que rolava começava outra vez a perder,tive ali que tempos a ver se aquilo aguentava para não ter de meter a camera de ar(talvez o meu erro),passados uns 10m e já com a ajuda do apoio neutro,lá parece que vedou,vi que a pressão não estava demasiado baixa e lá fui num andamento mais moderado,principalmente nas curvas,pois tinha medo que o pneu perdesse pressão a mais. Depois ainda parei um bocado ao lado do Ruben que tinha furado e depois nas ultimas subidas para Marim começaram as caimbrias uma logo no inicio e outra antes da camera da prozis :rolleyes:, daí foi sempre a rolar já em modo sobrevivencia até á meta, Malaguetas estive mais com Ruben e o Carlos Oliveira,outros passaram por mim, o Edson e um de Cascais que esqueci o nome,abraço e parabéns a todos!
 
#99
Fiz o mediofondo.

Prova mais dura que já fiz. Nas subidas, para além da sua própria dureza, houve zonas de MUITO calor. E mesmo depois da subida principal, os kms até ao abastecimento e mesmo os poucos kms a seguir eram sobe e desce quebra-pernas.

O paralelo nos primeiros kms não agradou nada às minhas pernas também.

Fui ultrapassado por 3 ou 4 ciclistas com equipamentos malaguetini (que me tenha apercebido).