MONÇÃO E MELGAÇO GRANFONDO 23 setembro de 2018

#1
Em setembro de 2018 a região do alvarinho recebe, pela primeira vez, um granfondo: ‘Monção e Melgaço Granfondo’ espera atrair cerca de 2.000 participantes e já tem confirmadas presenças internacionais. O evento ciclístico foi apresentado ontem, em Melgaço, numa cerimónia que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e que o considerou desde já como aliado número um para colocar o território, e Portugal, no mapa do turismo: «Esta prova tem tudo para mostrar o que as pessoas procuram, que é o luxo: a autenticidade!».

‘Monção e Melgaço Granfondo’ será a simbiose perfeita entre clima, paisagem e paixão pela bicicleta. Manuel Zeferino, o antigo ciclista e organizador do evento, destaca a localização geográfica, a beleza do território e a proximidade com a Galiza os indicadores chave para conquistar os amantes da modalidade: «levaremos os participantes a conhecer alguns dos locais emblemáticos da região, como a Serra da Peneda, passando por entre vinhedos e aldeias históricas como Castro Laboreiro, Santo António Val de Poldros, Lamas de Mouro, Parada do Monte, Branda da Aveleira ou Portela do Alvite».

O evento com partida e chegada em Monção e passagem por Melgaço oferece três distâncias: Granfondo com 140 km, Mediofondo com 104 km e o Minifondo, com 62 km. «Seja qual for o escolhido, há pelo menos uma certeza: a beleza das paisagens, repletas de verde e cursos de água», promete a organização. Entre outras grandes figuras do ciclismo mundial estão já confirmadas as participações do campeão do mundo de estrada, Rui Costa, do espanhol Alberto Contador, dos galegos Óscar Pereiro, que venceu a ’tour’ de França, Álvaro Pino, que conquistou a Volta a Espanha, e dos portugueses Marco Chagas e Joaquim Andrade.

«Temos a certeza de que o evento mobilizará à nossa região muitas pessoas, não só atletas, como curiosos movidos pela adrenalina do ciclismo. A prova será, com toda a certeza, um evento de grande promoção para o território e para o seu ex-libris, o Alvarinho», referiu Manoel Batista, autarca de Melgaço, considerando que «a prova será mais uma das nossas apostas para atrair visitantes ao nosso município. Melgaço é um destino de natureza por excelência, com características geográficas e geológicas que lhe concedem uma posição de destaque na região Norte de Portugal. Queremos que seja um evento de referência: ganha o território, os produtores, a economia, ganhamos todos».

‘Monção e Melgaço Granfondo’ é aberto a profissionais, amadores e sociedade civil. As inscrições, com um custo de 30 euros para atletas federados e de 35 euros para não federados, abrem no dia 29 de dezembro. Mais informações em www.moncaoemelgacogranfondo.com.

Não fosse a região uma terra de tradições e costumes, onde a gastronomia é um belo convite para visita, a prova vai abarcar um programa paralelo que inclui uma mostra de artesanato e produtos locais. Haverá ainda uma exposição de material de ciclismo, entre outras iniciativas.

A apresentação da prova decorreu no auditório da Escola Superior de Desporto e Lazer (ESDL) e teve também a presença do presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, Manuel Pinheiro, Presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), e de Jorge Magalhães, Vice-presidente da TPNP. O evento é uma organização conjunta das Câmaras Municipais de Melgaço e Monção juntamente com a Bikeservice, entidade promotora, contando com o apoio de diversas entidades.
 

GMQ

Well-Known Member
#2
O Mê amigue tem pur acase já tens o viste para dêxar este reine? Olhe que Melgace nu é no Algarve aquile fica nu camandre onde judas perdê as plainas mê amigue. Aquiele na é aí em lagues, ou Alvore pertinhe de Portimãaao. É muite quilometre para fazer mê amigue. Pensa bêm antes de te meteres nessa aventurâ. abrace:)
 

AJDantas

Well-Known Member
#13
Seus hereges a prova é na zona do Alvarinho ... as rodadas são em verde fresquinho sff :D
Deviam ser "excomungados"! :D:D:D
Vocês não digam isso em terras de alvarinho, ainda são corridos....:D:D:D

Confesso que estou tentado a inscrever-me no Minifondo :oops: (ok, venham lá os risos :D)
 

DMA

Well-Known Member
#15
Deviam ser "excomungados"! :D:D:D
Vocês não digam isso em terras de alvarinho, ainda são corridos....:D:D:D

Confesso que estou tentado a inscrever-me no Minifondo :oops: (ok, venham lá os risos :D)
Eles são excomungados por falarem de cerveja no tópico do Alvarinho e tu por falares em mini fondos :D
Vamos lá, toca a ir pro médio sff ;)
Ainda tens muuuuuuito tempo para treinar.
 

AJDantas

Well-Known Member
#16
Tu levas é com um ripeiro! :p

Inscreve-te no Médio... tens muito tempo para treinar! ;)
Eles são excomungados por falarem de cerveja no tópico do Alvarinho e tu por falares em mini fondos :D
Vamos lá, toca a ir pro médio sff ;)
Ainda tens muuuuuuito tempo para treinar.
Após este “argumentos” convincentes acho que é preferível levar uma coça no médio do que levar com um ripeiro e ser excomungado....:D
 
#20
(( Já no PortoGrandFond eu tinha visto está autentica vergonha.))


Faça uma inscrição VIP e garanta que parte na frente de um pelotão de 1000

O Montemuro Granfondo by Trek proporciona a todos os interessados a possibilidade de fazerem uma inscrição VIP no evento. Com um custo de 100 euros, este tipo de inscrição dá-lhe o passaporte para partir na frente de um imenso pelotão, desde a Box Município de Cinfães - VIP, destinada às empresas patrocinadoras.
Este ano, o número de participantes será de 1000, por isso faça a sua inscrição VIP e garanta que arranca na frente!


////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

(( Os endinheirados, ciclistas de ocasião, e de Fim-de-semana, para dizerem que estão presente espera até ao último minuto das inscrições, depois pagam 100 euros e lá vão eles para a BOX vip. (como aconteceu a muitos no Porto nem conseguiram fazer a subida antes da partida real, (mas saíram da BOX VIP))

Grandes otários

É Melhor não dizer mais nada.