Cervélo R3 Nozes edition

#1
Boas malta jovem!

Venho mostrar a minha última "obra".

Não havia nada de errado com a Scott CR1,mas o sonho de ter uma Cervélo já me perseguia há muito tempo,e depois de muito namorar,lá consegui encontrar um quadro usado,ao qual juntei a maioria dos componentes da Scott,e mais umas coisitas que fui conseguindo encontrar a preços decentes.

Para já deixo apenas uma foto e a lista actual dos componentes,mais adiante faço uma análise do conjunto e as suas diferenças (que são muitas) com a minha bike anterior.




Quadro - Cervélo R3 2014 51cm
Forqueta - 3T
Direcção - FSA
Avanço - KCNC Fly Ride 100mm 6º
Expansor - Tune GumGum
Tampa - Tune 3K
Guiador - KCNC SC Force 44cm
Fitas - Deda Traforato
Espigão - Aliexpress carbono 350mmx27.2
Aperto espigão - Cervélo
Selim - GUB
Manetes - SRAM Rival 22
Desviador trás - SRAM Rival 22 WiFli
Cassete - Shimano Ultegra 11v 11-32
Corrente - Shimano Ultegra 11v
Desviador frente - Shimano 105
Pedaleiro - Rotor 3D 50-34 172,5mm
Pedais - Ritchey Pro Micro
Travões - Planet X CNC
Rodas - New Race Comp 22
Pneus - Schwalbe Pro One Tubeless Ready
Apertos - Aliexpress titânio
Suporte de bidon - Lifeline titânio

Peso: 6,78kg


Boas pedaladas!
 
#2
Parei de ler quando vi "espigão aliexpress carbono" :rolleyes:
Agora a sério, essa é uma das pinturas que eu mais gosto na Cervélo R. Só acho é que compraste um quadro "desatualizado", mas ei, o sonho comanda a vida e o teu está realizado :)

Fico a aguardar por essa análise. Boas pedaladas!
 
#3
Peço desculpa aos mais puristas pelas chinezisses, mas o orçamento assim ordenou. Ficava aqui bem um KCNC, por exemplo, mas agradeço o conforto do carbono e não me vejo a ter problemas num espigão de 140gr com os meus 70kg. E até nem é feio!

Desactualizado? Por não ter discos,geometria,ou qualquer outra razão?
De qualquer modo, mais uma vez com o orçamento só consegui chegar a um quadro usado, e tive de procurar mais de um ano até encontrar o que queria.
 
#4
Prefiro ter um espião de aluminio que obedeça a todas as normas de segurança e de uma marca conceituada a ter uma imitação barata de carbono, so para dizer que e de carbono!!! Quem nao tem dinheiro não tem vicios... e existem muitas coisas boas no mercado a preços honestos... e a tua vida que metes em risco em cima da bicicleta com material duvidoso... de resto parabens pela aquisição do quadro... obs: com essa montagem acho um peso mto ambicioso...
 

cenazia

Well-Known Member
#8
Gosto, apenas comprava um espigão de confiança, mesmo em carbono é uma questão de estar atento a promos, por exemplo ainda há uns meses comprei um Fizik Cyrano R1 na Chain Reaction por 42€
 

gfrmartins

Well-Known Member
#9
Essa forqueta parece demasiado cortada para ti tendo em conta o selim mas posso estar enganado

Eu preferia aluminio de qualidade do que carbono dos chineses ainda por cima nesse quadro, não podes ter um Cérvelo e depois andares com contrafacção dos chineses e material de marca

Eu tentava comprar tudo da mesma marca mesmo modelo mas isso sou eu que sou estranho
 
#11
Contrafeito!!!!!!
Eu tenho um guiador feito na china e não é contrafeito, nem tem marca, nem cor, nem dizeres, nadinha a não ser uns traços no sitio do costume, é semelhante a tantos outros de alumínio ou carbono, é de btt e tem para ai uns 12000km, talvez mais, acho que até já vai na segunda bicicleta, não, não tem alumínio por dentro e nem sei o peso, 680mm sem ser cortado, já nem tampas tem

Sim, gosto de descer um pouco a bruta
 
#12
Obrigado a todos pelas opiniões.Já tinha saudades de escrever num fórum!

Tentando responder a todas as questões levantadas:

Obrigado pela "preocupação",vamos chamar-lhe assim,acerca do espigão de selim. O assunto réplicas/marca branca já foi debatido até à exaustão,eu sou contra réplicas e imitações,mas não vejo mal nestes componentes de vendedores que vendem o produto tal como ele é.
E o que este espigão é,é uma peça bastante aceitável em qualidade de construção,no que pude inspeccionar antes de o montar e durante o curto período em que o usei até agora. 140 gramas,parafusos em titânio e berço em carbono com bastante apoio. 25,61€.
Não para"dizer que é carbono",mas porque é confortável,leve,barato,tem bom aspecto e até prova em contrário,adequado ao uso que lhe dou.

A forqueta está cortada à medida do avanço,sem anilhas. O anterior dono seguiu a linha "slam that stem" ,palavra de ordem nos puristas da Cervélo,e para mim não me faz diferença. Estranhei na primeira volta a frente mais baixa que usava na Scott,mas já estou habituado e não espero desconforto de maior. As minhas voltas são geralmente curtas (sub 3h) e muito raramente rolantes. Estradas secundárias,sobe e desce,quase como btt mas no alcatrão,é o que gosto de fazer.

O quadro leva bem pneus 25mm grandes como são os Pro One,já na forqueta ficam muito justinhos em altura.

O peso pode levantar questões,mas é resultado de "suar" os pormenores. Em breve coloco a lista detalhada,e aproveito para dizer que vêem novidades a caminho...e não é um espigão de selim novo :cool:
 
#13
Sobre o espigão, já era previsível vir aí esta “polémica”, mas isto é um fórum precisamente para estas coisas, trocas de opiniões. Atenção que não te estou a condenar por usares esse espigão (até iniciei a frase seguinte com “agora a sério” para entender que estava meio a brincar antes), eu não usava nem recomendava esse espigão, mas não é por isso que não podemos ser amigos. Mas se tiveres algum azar com ele eu era dos primeiros a dizer “eu bem te avisei!” :)

Sobre o quadro “desactualizado”, disse entre aspas mas depois não me expliquei. Não é que o quadro não seja óptimo, é só que entretanto já saíram mais duas (?) gerações desse quadro. As novidades são uma nova tubagem Squoval, passagem de cabos interna (compatibilidade com Di2), nova forqueta que permite pneus de maior diâmetro.
Mas a maior parte destas coisas também é só marketing para o comum ciclista que nem Di2 está a pensar meter, ou nem sente a diferença das tubagens, ou nem a (in)estética das passagens externas dos cabos chateia.

Se olhares de longe para este modelo e para o mais recente, a geometria é praticamente igual.

Boa sorte com essa tua “menina” :)
 
#14
Obrigado @jocarreira.

De facto,o espigão está a ser o "centro das atenções",mas não queria que o tópico andasse só à volta disso,até porque esta bike tem muito mais pormenores por onde podemos pegar e discutir. Mas entretanto,se alguém souber de um espigão KCNC 27,2x350mm em preto usado a preço decente,mande a dica.
Nesta montagem,apenas o quadro,forqueta e o espigão são carbono,e ficava engraçado conseguir chegar aos 6,5kg (objectivo a médio prazo) sem usar carbono. Além de ficar com avanço,guiador e espigão da mesma marca. Só perdia no conforto,porque o KCNC pesa o mesmo,mas sendo 27,2 não é uma diferença do outro mundo.

Sim,sou um "maluquinho do peso",mas daqueles que tem de olhar para a carteira antes de cada passo,passar mais tempo do que seria desejável à procura de soluções que não comprometam a fiabilidade,o orçamento,e o objectivo da montagem.
Fica aqui um print screen da montagem actual e respectivos pesos em folha de Excel:



Está para breve a troca das rodas e outras coisitas miúdas.

De resto,o que quero mesmo é ver resolvido umas chatices de saúde para poder desfrutar desta magnífica máquina!

Boa semana a todos e boas pedaladas!
 
#16
Não pôes que a minha carteira não deixa ;)

Existem muitas rodas mais leves,mas a maioria são tubulares de carbono. Eu quero alumínio e tubeless ready. Para a semana já devem chegar umas com 1370gr que ficaram em pouco mais de 400€ (novas).
 

NULL

Well-Known Member
#17
Não pôes que a minha carteira não deixa ;)

Existem muitas rodas mais leves,mas a maioria são tubulares de carbono. Eu quero alumínio e tubeless ready. Para a semana já devem chegar umas com 1370gr que ficaram em pouco mais de 400€ (novas).
Sim sim... as minhas são carbono e tubulares.

Também tenho aqui um espigão em carbono para vender mas não pesa 140g como esse Aliexpress... pesa cerca de 215g.