BinckBank Tour 2018

FSilva

Moderador
Staff member
#2
O Matej Mohorič ontem foi um bocado passarinho, andou sempre a puxar e a fazer ataques a gastar energia e depois quando foi preciso não conseguiu apanhar o Van Der Hoor.
Mas pronto É lider da geral

 
Last edited:

Bruso

Well-Known Member
#5
Mais uma para a fuga. Estes gajos estão todos a dormir. A Katusha com o melhor sprinter em prova e nem trabalhar na perseguição.
13.8km para o risco e a fuga tem 2min de vantagem.
 

jpacheco

Moderador
Staff member
#8
Esta prova é brutal. Mais demonstra que o perfil das etapas pouco importa o que interessa é a vontade de os atletas de partir a loiça toda. está certo que aqueles km dourado ajuda a ter uma corrida agitada...toda a gente sabe que quem a ganha é sempre por poucos segundos. Acabei por não ver a etapa de ontem.., a ver se repesco isso :D
 

FSilva

Moderador
Staff member
#9
Esta prova é brutal. Mais demonstra que o perfil das etapas pouco importa o que interessa é a vontade de os atletas de partir a loiça toda. está certo que aqueles km dourado ajuda a ter uma corrida agitada...toda a gente sabe que quem a ganha é sempre por poucos segundos. Acabei por não ver a etapa de ontem.., a ver se repesco isso :D
A de ontem foi porreira. foi uma classica dentro de uma prova de etapas. com a passagem no kapelmuur
 

Bruso

Well-Known Member
#10
O Mohoric só ganhou devido à incompetência do pelotão em apanhar a fuga. Aconteceu em todas as etapas que era suposto acabar ao sprint.
Mas aí está a beleza desta prova. Uma coisa é o pelotão perseguir uma fuga em estradas largas e com rectas longas - outra é fazer a perseguição em estradas estreitas e cheias de curvas.

A etapa de ontem foi interessante. Muitos ataques de longe mas havia muitas equipas com interesses (CG e etapa) e portanto nenhum ataque vingou. No subida final só podia dar Mathews. Curioso foi ver o Mohoric a tentar meter um ritmo forte na subida final e depois arrumou para o lado e só ganhou por 4seg.

A Artic Race também foi bem interessante. Aquelas paisagens são de babar. E o Van der Poel continua a mostrar que será um caso sério. Ao contrário do Van Aert parece-me ser ciclista para as Ardenas.